atuação doassitente social
9 pág.

atuação doassitente social


DisciplinaProjetos de Pesquisa em Contextos Específicos349 materiais541 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Serviço Social 
 
 8º Semestre
 
 Discente: Júlia Souza Apis 
 
 RA: 23930886
 ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATORIO III
 Plano de Estágio EAD -Adaptado- Covid19-Serviço Social
 EXECUÇÃO E AVALIAÇÃO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO
 \u201cEU SOU VICIADO NA MINHA FAMILIA\u201d Associação Promocional Novas Vidas Horto de Deus 
 
 
 Discente: Júlia Souza Apis 
 RA: 23930886
 
 
 ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATORIO III
 Plano de Estágio EAD -Adaptado- Covid19-Serviço Social
 EXECUÇÃO E AVALIAÇÃO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO
 \u201cEU SOU VICIADO NA MINHA FAMILIA\u201d- Associação Promocional Novas Vidas Horto de Deus 
 Relatório de Estágio apresentado,
 ao Curso de Serviço Social do
 CENTRO de Educação a Distância \u2013
 CEAD da Universidade Anhanguera UNIDERP 
 como requisito obrigatório para cumprimento
 da disciplina Estágio Supervisionado III
 Tutora à Distância: Jôsi Greffe
 Tutora Presencial: Adriana Martins
 SUMÁRIO
 
 1 Introdução.......................................................................................4
 
 2 Desenvolvimento...........................................................................4
 2.1 avaliando as ações realizadas
 2.2 Identificação da Instituição.............................................................4
 2.3 Objetivo Institucional......................................................................5
 2.4 Atuação do Serviço Social..........................................................................6
 2.5 Discrição do Público Alvo............................................................................7
 2.6 Metodologia...............................................................................................8
 2.7 Objetivo Proposto......................................................................................9
 2.8 O Agir Profissional do Assistente Social pautado na lei de regulamentação
 da profissão e no Código de Ética do Serviço Social............................................11
 3 CONSIDERAÇÕES FINAIS..................................................................................13
 
 4 REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS.........................................................................15
 
Introdução 
Este relatório Final inicialmente orienta, como acontece a avalição das ações adequadas na qual exercer o profissional do assistente social havendo como base para ações dos programas, projetos, e, atendimentos que são oferecidos dentro da Instituição aos usuários que precisam deste serviço.
Trazer ao conhecimento de todos a apresentação da Associação Promocional Novas Vidas Horto de Deus, e indicar suas ações, descrevendo no âmbito institucional, como é realizado o atendimento ao público, descrevendo suas demandas. Particularmente sua concepção irá direcionar á política voltada da reinserção do dependente químico e alcoólatra para sociedade, e nesse cenário irá destacar o compromisso da Associação Promocional Novas Vidas Horto de Deus, o papel dos profissionais responsáveis para que os direitos da reinserção dos ex dependentes químicos e alcoólatras para sociedade sejam alcançados, e estes venham ser beneficiados com todos os projetos realizados na instituição. Levando em consideração que neste trabalho ficará o desejo do contato direto com os ex dependentes químicos e alcoólatras, onde iria realizar e aplicar o projeto de intervenção, não foi possível esta aplicação devido ao triste cenário de pandemia, vivido no Brasil e no mundo.
Abordaremos ainda a forma de agir do assistente social dentro da instituição, embasado na lei de regulamentação da profissão com sua temática histórica, e ainda com código de ética do Serviço Social, que ampliam essa atuação
Avalição das ações de projetos, programas, atendimentos do Serviço Social
A conquista do Estatuto da política publica pela área da assistência social , em 15 de Outubro de 2004,através da Resolução nº145 do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS),reafirma os termos da responsabilidade publica do Estado para com os segmentos sociais ,em situação de vulnerabilidade numa perspectiva de garantia de diretos e reconhecimento da sua condição de cidadania. Em consonância com o disposto na LOAS, capítulo II, seção I, artigo 4º, a Política Nacional de Assistência Social (PNAS), rege-se pelos seguintes princípios democráticos:
1.Supremacia do atendimento às necessidades sociais sobre as exigências de rentabilidade econômica;
2.Universalização dos direitos sociais, a fim de tomar o destinatário da ação assistencial alcançável pelas demais políticas públicas;
3.Respeito à dignidade do cidadão, à sua autonomia e ao seu direito a benefícios e serviços de qualidade, bem como à convivência familiar e comunitária, vedando-se qualquer comprovação vexatória de necessidade;
4.Igualdade de diretos no acesso ao atendimento, sem discriminação de qualquer natureza, garantindo-se equivalência às populações urbanas e rurais.
5.Divulgação ampla dos benefícios, serviços, programas e projetos assistenciais, bem como oferecidos pelo poder público e dos critérios para a sua concessão. (Brasil, MDS, 2004,p.26). 
Baseadas nestes princípios as competências especificas dos(as) assistentes sociais no âmbito da política de assistência social, conforme os parâmetros estabelecidos para a atuação profissional para esta área, abrange diversas dimensões interventivas, complementares e indissociáveis. Uma dimensão que engloba as abordagens individuais, familiares e grupais na perspectiva de atendimento às necessidades básicas e acesso a direitos, uma dimensão de intervenção coletiva junto a movimentos sociais, na perspectiva da socialização da informação, mobilização e organização social e construção de estratégias para fomentar a participação , uma dimensão de gerenciamento,, planejamento e execução direta de bens e serviços, uma dimensão que se materializa na realização sistemática de estudos e pesquisas sobre as reais condições de vida e demandas da classe trabalhadora, e possam alimentar o processo de formulação implementação monitoramento da politica de assistência social, uma dimensão pedagógica-interpretativa e socializadora de informações e saberes no campo dos direitos, da legislação social e das politicas publicas .(CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL,2010,p.18-19).
Contextualização e Identificação Institucional:
 A Associação Promocional Novas Vidas Horto de Deus, está situada na Estrada. Municipal. Monte Alto - Água Limpa- s/n, Monte Alto - SP, 15910-000. É entidade filantrópica não governamental, fundada em 28 de novembro de 1991 com a finalidade de: prevenção