Buscar

AP1 Adol Juv - CINDY BATISTA DA ROSA NEVES - 17216080124- SANTA MARIA MADALENA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

(
UNIVERSIDADE FEDERAL DO
ESTADO DO RIO DE JANEIRO
)
	Nome: Cindy Batista da Rosa Neves
	Matrícula: 17216080124
	Polo: Santa Maria Madalena
Adolescência e Juventude
Coordenador: Prof. Dr. Francisco Ramos de Farias
AP1 – 2020/1
Orientações: 
Esta avaliação é composta de cinco questões; três objetivas e duas discursivas.
Devido à impossibilidade de deslocamento para a realização de forma presencial, você deverá digitar suas respostas neste mesmo exemplar, e postar na plataforma.
Nas questões objetivas, indique a letra da resposta no local indicado, sendo que, nas questões de VERDADEIRO ou FALSO, apenas preencha os parênteses.
Nas questões discursivas, digite seus argumentos com base no material das aulas, obedecendo às normas da ABNT. A formatação deverá ser em espaço 1,5 entrelinhas e fonte Arial 12. Serão também consideradas na correção: clareza, coerência e objetividade.
Caso sejam localizadas respostas discursivas iguais, e alunos diferentes, todos terão a questão anulada. 
· QUESTÕES OBJETIVAS:
Questão 1 (0,5 cada acerto. Total: 3,0):
Conforme abordado na Aula 1, o conceito de infância é uma produção bem recente. Contudo, a ideia de infância como uma etapa diferenciada da vida adulta somente se consolidou no século XX. Assinale as respostas verdadeiras (V) ou falsas (F) a respeito dessa etapa do desenvolvimento humano: 
( V ) As teorias que explicam o desenvolvimento infantil, em especial o período da infância, fundamentavam-se, especialmente, nas descobertas científicas acerca dos processos de transformações biológicas, como, por exemplo o crescimento físico; 
( V ) As mudanças na estrutura da família e as transformações sociais, aliadas ao progresso decorrente da fundação da ciência moderna, são passos decisivos, tanto para uma concepção de família não mais atrelada apenas ao domínio do sagrado, pois a ciência já faz suas intervenções, quanto no que concerne ao ser criança que, também, passa a ser gerenciado pelo domínio do saber científico.
( V ) No século XX, pelo fato de as escolas serem, originalmente, grandes internatos, a criança foi vítima de um processo de enclausuramento. Cabe salientar que a preparação técnica pela educação era destinada apenas a alguns setores da sociedade. 
( V ) O habitante do meio rural e as mulheres raramente frequentavam a escola. Sendo assim, a produção da infância é um fenômeno que guarda diferenças em relação ao sexo, à condição social e ao meio geográfico.
( V ) O conceito de infância, como uma fase diferenciada da vida, somente pôde vir a lume após o Renascimento. Até então, se compreendia a criança como um “pequeno homem” que, com o tempo, amadureceria.
( V ) Philippe Ariès assinala que a produção do conceito de infância, como etapa diferenciada da vida, somente ocorreu por volta do século XVII, quando foi estabelecida uma idade para o desmame, momento em que os meninos eram retirados de suas famílias para aprenderem um ofício com um adulto, e as meninas ficavam encarregadas dos afazeres domésticos.
Questão 2 (1,0):
Granville Stanley Hall (1844-1924), psicólogo americano, foi quem pela primeira vez dedicou-se a um estudo científico sobre os aspectos psicológicos da adolescência. Suas primeiras ideias eram as de que a adolescência é uma etapa do desenvolvimento envolta em perigos e dificuldades, não obstante, em seu modo de pensar, essas dificuldades fossem naturais, próprias de uma fase da vida. Stanley Hall defendeu enfaticamente o prolongamento da infância, dada a constatação de que os jovens chegavam muito cedo às fábricas, às ruas, às prisões e à vida sexual. Seus apelos fizeram eco às autoridades no campo da educação, que resultaram na escolarização obrigatória dos adolescentes, tal como acontecia com as crianças. Podemos afirmar que, com suas ideias, inaugurou-se a tendência que empurra a adolescência para o final da escolaridade obrigatória, que, no contexto atual, dificilmente se completa antes dos vinte anos com a profissionalização de nível superior. 
Assinale a questão incorreta quanto às descobertas que podemos apreender dos estudos de Hall:
( A ) Ele expôs o problema de uma ciência que até então não era focalizada, além de ter dirigido severas críticas aos estudos da Psicologia realizados em gabinetes, enfatizando uma Psicologia de campo.
( B ) Ele defendeu que quanto mais cedo a criança se inserir no mundo do trabalho, mais preparada estará para enfrentar os perigos e dificuldades da adolescência.
( C ) Ele advertiu que os jovens precisam de proteção por muito mais tempo do que os adultos julgam necessário.
( D ) Ele atribuiu o fracasso escolar de grandes gênios na adolescência, ao sistema escolar, por ser incapaz de aceitar a inteligência e a imaginação de homens raros na história da humanidade.
RESPOSTA: LETRA B
Questão 3 (0,20 cada acerto. Total: 2,0):
Leia atentamente as deduções acerca do Complexo de Édipo, e marque (V) paraVERDADEIRO e (F) para FALSO, de acordo com a interpretação das ideias freudianas:
( V ) Os seres que, geneticamente, se expressam, em termos fenotípicos, como machos e fêmeas, nem sempre correspondem, do ponto de vista cultural, às categorias masculino e feminino. 
( V ) O Complexo de Édipo é a travessia realizada pela cria humana, com vistas à passagem da condição natureza à condição cultura, cuja finalidade consiste na estruturação do psiquismo. 
( F ) Os determinantes do encontro de natureza sexual, entre os seres humanos, são exclusivamente decorrentes da presença e incremento de fatores hormonais. 
( V ) A sexualidade se estrutura, de certo modo, a partir de determinantes culturais, pelo fato de ter como personagens centrais do drama edípico, as figuras materna e paterna. 
( F ) A solução do Complexo de Édipo para o menino consiste em manter o amor incestuoso pelo personagem materno, reafirmando com o mesmo o laço identificatório. 
( V ) As teorias sexuais infantis representam o ponto de partida para a criança desenvolver ficções acerca da sexualidade em função da curiosidade sexual. 
( F ) A operação psíquica denominada de castração, matriz central do Complexo de Édipo, consiste na confirmação, por parte da criança, da existência de seres humanos objetivamente mutilados. 
( V ) As categorias masculino e feminino são diretamente produzidas pela matriz de natureza biológica, independendo completamente das influências culturais. 
( V ) A dissolução do Complexo de Édipo na menina acontece em decorrência do deslocamento da orientação amorosa da mãe para o pai, porém com ulterior retorno à personagem materna para construir a identidade do ser mulher. 
( F ) Até praticamente o final do século XIX, pensava-se que a reprodução e a sexualidade eram processos distintos, ambos de natureza cultural. 
· QUESTÕES DISCURSIVAS:
Questão 4 (0,5 cada acerto. Total: 2,0):
A adolescência é um tema bastante controvertido no cenário das práticas educativas, entre outras, por ser caracterizada como uma fase de transição. Porém a ideia de fase de transição tem acepção própria no tocante à definição da adolescência. Sendo assim podemos entender a fase de transição como a continuidade do período da infância, visto que é comum o adolescente conservar certos traços infantis mesclados com características do adulto. Analise cuidadosamente essa passagem e responda: 
a) A afirmação está correta? 
RESPOSTA: Não
b)Justifique sua resposta com um argumento teórico fundamentado no material didático (aulas 1 e 2): 
RESPOSTA: “A adolescência é uma etapa da vida que marca a passagem da infância para a vida adulta. Trata-se, portanto, de uma fase de transição e nisso residem todas as peculiaridades desse momento da vida. Sem dúvida, espera-se que o adolescente já tenha absorvido a experiência da vida infantil de forma satisfatória, para que possa transitar nas difíceis trilhas para a vida adulta. Sendo assim, há o desafio de deixar de lado os recursos da vida infantil, bem como o de enfrentar as novidades relativas à vida do adulto, como a realização sexual e a escolhaprofissional. Mas o que é, sobretudo, impactante para o adolescente consiste no fato de que ele toma ciência de que deve produzir para garantir sua sobrevivência. Aliado a essa conscientização, tem lugar o aprendizado relativo à resistência à frustração, principalmente no contexto de determinadas realizações. Trata-se de uma situação inevitável, numa travessia a ser administrada pelo próprio adolescente.” (CEDERJ, aula 1, P.30) 
c) Transcreva alguma imprecisão na passagem, caso exista: 
RESPOSTA: A adolescência não é a fase de transição como a continuidade do período da infância, mas sim uma transição para a vida adulta, entrando numa nova fase com grandes mudanças e responsabilidades.
d) A ideia de transição que dizer necessariamente mudança, não somente corporal com a puberdade, mas também psíquica. 
RESPOSTA: O processo de transição requer muitas mudanças na vida de qualquer pessoa, principalmente para um adolescente, pois nessa nova fase começa haver mudanças no corpo, como o aparecimento dos pelos pubianos em ambos os sexos, como também crescem algumas partes do corpo. Além dessas mudanças há também a mudança do comportamento, pensamento e forma de agir em determinadas situações do cotidiano. Assim, se pode afirmar que há mudanças psíquicas e biológicas.
Questão 5 (2,0):
A adolescência é a transição entre a infância e a vida adulta, etapa do desenvolvimento psicológico na qual o ser humano vê-se diante da possibilidade de tomar duas decisões importantes: a escolha de um objeto de amor, fora do universo das figuras parentais e uma escolha profissional. Esses dois tipos de escolha, na verdade são grandes pressões enfrentadas e dependem, fundamentalmente, da ajuda e orientação de mediadores. Sem dúvida a ação dos agentes de socialização da escola são importantes. Com base nessas informações, podemos afirmar que“a adolescência não é um mero aperfeiçoamento da infância; tampouco uma modalidade de preparo para a vida adulta”.
Comente essa afirmação, num texto em torno de 10 linhas, considerando: 1) a forma de elaboração da perda da infância; 2) os desafios e os riscos ante a assunção de novas posturas; 3) o pertencimento a grupos, além da família; 4) as caraterísticas próprias da adolescência não encontradas na infância, nem na vida adulta. 
RESPOSTA: 
Existem diversos fatores que nos levam a observar o comportamento de uma criança, como as vestis, lugares que desejam estarem, grupos de amigos, mudanças físicas em seu corpo, etc. Assim, essas mudanças levam o mesmo a ter que tomar decisões que acabam por gerar algumas pressões que poderão influenciar na postura a ser tomada por este adolescente.
Entretanto o adolescente passa a frequentar alguns grupos externos ao da família, cabendo aos pais mostrar que independente de qualquer situação, eles estão ali para ajudar.
Apesar de muitos fatores, hoje já adultos podemos observar aquilo que foi essencial para a nossa formação, para sermos o que somos. Claro que tudo isso teve a interferência da família, por meio de longas conversas apoio nas decisões que foram tomadas e no convívio com os grupos de amigos.

Outros materiais