A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Estudo dirigido semiologia veterínaria

Pré-visualização | Página 1 de 1

Natasha Gabrieli Lucavei 
2020/1 
ESTUDO DIRIGIDO – SEMIOLOGIA DE PEQUENOS 
ANIMAIS 
 
1) O que é diagnóstico? Quais os 3 principais passos para obtenção 
do diagnóstico? 
Diagnóstico é o ato de conhecer, discernir, reconhecer determinada 
enfermidade pelas manifestações clínicas e prever evolução e 
prognóstico. Os três passos principais para se chegar ao diagnostico são 
anamnese, exame físico e exames complementares. 
2) O que é prognóstico? Quais as classificações de prognóstico e o 
que significam cada uma delas? 
Prognóstico é a previsão da evolução da doença e suas possíveis 
consequências. Basicamente sob 3 aspectos (perspectiva de salvar a 
vida, recuperar saúde ou curar doença, manter capacidade funcional do 
órgão acometido), pode ser favorável; desfavorável; duvidoso, reservado 
ou incerto. 
3) Quais os 5 métodos de exploração clínica? 
Inspeção, palpação, auscutação, percussão, olfação. 
4) Qual a função do exame complementar? Cite 3 tipos de exames 
complementares. 
Exames complementares aumentam a possibilidade de identificar com 
rapidez e eficiência o diagnostico do animal. Servem para auxiliar o 
exame clínico, confirmando ou não a ocorrência ou causa da doença. Ex: 
exame de sangue; punção exploratória; biópsia. 
5) Qual a diferença entre exame clínico e exame físico? 
Exame clínico reúne todas as informações necessárias para 
estabelecimento de diagnostico. Exame físico faz parte do exame clínico, 
serve para coletar informações. 
6) Quais os passos do exame clínico? 
Identificação do animal (macho ou fêmea ; idade), Anamnese, Exame 
físico (geral e específico), Exames complementares (por exemplo 
laboratoriais), Diagnóstico e prognóstico, Tratamento. 
7) Qual a importância da anamnese? Quais os passos para 
realização da anamnese? 
A anamnese é responsável por 50% do diagnóstico, sendo os exames 
(físico e complementar), muitas das vezes apenas confirmatórios. Os 
passos são: Fonte e confiabilidade  Queixa principal  História médica 
recente  Comportamento dos órgãos  História médica pregressa  
História ambiental e de manejo  História familiar ou do rebanho 
8) Qual a diferença entre contenção física e química? 
A contenção física serve para procedimentos simples, e que não causem 
tanta dor, e seu objetivo é dar segurança ao animal e ao veterinário. A 
contenção química serve para procedimentos mais invasivos, que 
possam causar dor extrema como cirurgias, e é feita através de 
fármacos. 
9) Quais as vias de administração usadas na contenção química e 
em quais casos a contenção química é indicada? 
A contenção química é indicada quando envolve dor. As vias de adm 
usadas para contenção química podem ser: Oral, parentais (IV, IM e SC), 
inalatória ou tópica.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.