A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
questionario 2

Você está vendo uma pré-visualização

Pre-visualização do material questionario 2 - página 1
Pre-visualização do material questionario 2 - página 2
Pre-visualização do material questionario 2 - página 3

questionario 2

 Pergunta 1 
0,1 em 0,1 pontos 
 
Em nossas pesquisas descobrimos que há várias abordagens 
para o estudo dos mecanismos através dos quais os DSS 
provocam as iniquidades de saúde. Escolha a alternativa que 
não corresponde a esta afirmativa: 
 
Respostas: a. 
Os “aspectos físico-materiais” na produção da 
saúde e da doença, entendendo que as 
diferenças de renda influenciam a saúde pela 
escassez de recursos dos indivíduos e pela 
ausência de investimentos em infraestrutura 
comunitária (educação, transporte, 
saneamento, habitação, serviços de saúde 
etc.), decorrentes de processos econômicos e 
de decisões políticas 
 
b. 
Os “fatores psicossociais”, explorando as 
relações entre percepções de desigualdades 
sociais, mecanismos psicobiológicos e 
situação de saúde, com base no conceito de 
que as percepções e as experiências de 
pessoas em sociedades desiguais provocam 
estresse e prejuízos à saúde 
 
c. 
Os enfoques focados na mudança de plano 
orçamentário ligados as ideologias políticas 
dos países que tem suas empresas 
multinacionais no Brasil 
 
d. 
Os enfoques “ecos sociais” e os chamados 
“enfoques multiníveis” buscam integrar as 
abordagens individuais e grupais, sociais e 
biológicas numa perspectiva dinâmica, 
histórica e ecológica 
 
e. 
Os enfoques que buscam analisar as 
 
relações entre a saúde das populações, as 
desigualdades nas condições de vida e o 
grau de desenvolvimento da de vínculos e 
associações entre indivíduos e grupos 
Feedback 
da 
resposta: 
Unidade II, p. 74/75. 
Em nossas pesquisas descobrimos que há 
várias abordagens para o estudo dos 
mecanismos através dos quais os DSS 
provocam as iniquidades de saúde, tais 
como: 
Os “aspectos físico-materiais” na produção 
da saúde e da doença, entendendo que as 
diferenças de renda influenciam a saúde pela 
escassez de recursos dos indivíduos e pela 
ausência de investimentos em infraestrutura 
comunitária (educação, transporte, 
saneamento, habitação, serviços de saúde 
etc.), decorrentes de processos econômicos 
e de decisões políticas. 
Os “fatores psicossociais”, explorando as 
relações entre percepções de desigualdades 
sociais, mecanismos psicobiológicos e 
situação de saúde, com base no conceito de 
que as percepções e as experiências de 
pessoas em sociedades desiguais provocam 
estresse e prejuízos à saúde. 
Os enfoques “ecos sociais” e os chamados 
“enfoques multiníveis” buscam integrar as 
abordagens individuais e grupais, sociais e 
biológicas numa perspectiva dinâmica, 
histórica e ecológica. 
Os enfoques que buscam analisar as 
relações entre a saúde das populações, as 
desigualdades nas condições de vida e o 
grau de desenvolvimento da de vínculos e 
associações entre indivíduos e grupos 
 
 Pergunta 2 
0,1 em 0,1 pontos 
 
No que tange ao cenário da reprodução social no país 
 
(OLIVEIRA, 2015), podemos destacar algumas reflexões que 
futuramente podem interferir na gestão da saúde pública no 
Brasil, é incorreto dizer que: 
Respostas: a. 
Curva de taxa de dependência entre 43,78% 
(ano 2015) e 39,52% (ano 2030) queda do 
grau de dependência da população ativa 
produtiva e, queda da taxa de dependência 
entre crianças / adolescentes, na medida em 
que se tornam adultos produtivos, até 2050 
 
b. 
Taxa de dependência total, sendo que o país 
vive a dimensão entre o índice 54,93% (ano 
2000) e 55,74% (ano 2050), o chamado de 
“Bônus Demográfico”, ou seja, o período mais 
favorável da estrutura etária para o 
crescimento econômico”. Novas projeções 
populacionais divulgadas pelo Instituto 
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 
mostram que esse fenômeno demográfico 
chega ao fim cinco anos mais cedo do que o 
previsto, segundo avaliação de economistas 
 
c. 
Taxa de dependência Idosa: Aspecto 
pessimista é o avanço dos índices de 
dependência (9,07% / ano 2000 a 40,82% / 
ano 2050) da população envelhecida e a que 
envelhece 
 
d. 
O alto custo de vida dos cidadãos de terceira 
idade é consequência direta da falta de 
políticas públicas para a população idosa. 
Alguns itens que elevam a taxa de inflação 
para os cidadãos de terceira idade, de acordo 
com levantamento feito pela Fundação 
Getúlio Vargas, são os que mais sofrem no 
bolso os efeitos da inflação 
 
 
e. 
O alto custo de vida dos cidadãos de terceira 
idade é consequência direta da falta de 
políticas públicas para a população idosa. 
Alguns itens que elevam a taxa de inflação 
para os cidadãos de terceira idade, 
especificamente aos sexos masculinos de 
acordo com levantamento feito pela 
Fundação Getúlio Vargas 
Feedback 
da 
resposta: 
Unidade II, p. 60/61. 
No que tange ao cenário da reprodução 
social no pais (OLIVEIRA, 2015), podemos 
destacar algumas reflexões que futuramente 
podem interferir na gestão da saúde pública 
no Brasil (Anexo 2): Curva de taxa de 
dependência entre 43,78% (ano 2015) e 
39,52% (ano 2030) queda do grau de 
dependência da população ativa produtiva e, 
queda da taxa de dependência entre 
crianças / adolescentes, na medida em que 
se tornam adultos produtivos, até 2050. 
Taxa de dependência total, sendo que o país 
vive a dimensão entre o índice 54,93% (ano 
2000) e 55,74% (ano 2050), o chamado de 
“Bônus Demográfico”, ou seja, o período 
mais favorável da estrutura etária para o 
crescimento econômico”. Novas projeções 
populacionais divulgadas pelo Instituto 
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 
mostram que esse fenômeno demográfico 
chega ao fim cinco anos mais cedo do que o 
previsto, segundo avaliação de economistas. 
Taxa de dependência Idosa: Aspecto 
pessimista é o avanço dos índices de 
dependência (9,07% / ano 2000 a 40,82% / 
ano 2050) da população envelhecida e a que 
envelhece 
 
 Pergunta 3 
0,1 em 0,1 pontos 
 
O sistema de saúde do Canadá é informalmente chamado de 
Medicare, cada uma das províncias e territórios possuem seu 
sistema e suas regras específicas. As províncias e territórios 
fornecem cobertura para certos grupos (idosos, crianças e 
residentes de baixa renda) de serviços de saúde que 
geralmente não são cobertos pelo sistema de saúde financiado 
publicamente. Dessa maneira, podemos entender como 
alternativa incorreta: 
 
Respostas: a. 
Esses benefícios de saúde suplementares 
geralmente incluem medicamentos prescritos 
fora dos hospitais, cuidados dentários, 
cuidados com a visão, equipamentos médicos 
e aparelhos (como próteses e cadeiras de 
rodas) e os serviços de outros profissionais 
de saúde, como fisioterapeutas. O nível de 
cobertura varia de província para província 
 
b. 
Aqueles que não se qualificam para estes 
benefícios complementares sob planos 
governamentais pagam por esses serviços 
diretamente ou através de planos de seguro 
de saúde privados. Muitos canadenses 
através de seus empregadores ou por conta 
própria estão cobertos por seguro de saúde 
privado e o nível de cobertura fornecida varia 
de acordo com o plano adquirido de acordo 
com o chamado "Obamacare" 
 
c. 
Médico de família é uma especialidade 
médica caracterizada pela atenção integral à 
saúde ou atenção básica à saúde 
 
d. 
Uma das características que me fez entender 
o porquê do sistema de saúde daqui 
funcionar bem é que os médicos são 
trabalhadores independentes, não 
empregados do governo. O Canadá tem um 
 
sistema de saúde financiado publicamente, 
mas a grande maioria dos médicos não 
trabalham para o governo 
 
e. 
Os médicos trabalham por conta própria, o 
que significa que eles podem determinar suas 
próprias horas e local de trabalho, além de 
serem responsáveis por pagar seus 
empregados, pelo espaço que atuam 
(consultório) e outras despesas gerais 
Feedback 
da 
resposta: 
Unidade II, p. 70. 
No Canadá… O sistema de saúde 
canadense foi construído em torno do 
princípio de equidade, no qual todos os 
cidadãos recebem os serviços médicos e 
hospitalares necessários (universalidade) e 
são atendidos igualmente (equidade). 
O sistema de saúde do Canadá é 
informalmente chamado