A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
22 pág.
ESTÁGIO GRAZIELLE

Pré-visualização | Página 1 de 5

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO
8
RELATÓRIO DESCRITIVO-ANALÍTICO DE ATIVIDADES LETIVAS CURSO: PEDAGOGIA
Nome do(a) aluno(a)
SUA CIDADE
2020
Seu nome completo
9
RELATÓRIO DESCRITIVO-ANALÍTICO DE ATIVIDADES LETIVAS
Trabalho Apresentado como requisito parcial da Disciplina de Estágio Curricular Supervisionado do Curso de: Pedagogia.
SUA CIDADE
2020
SUMÁRIO
1. Introdução------------------------------------------------------------------------------------------------------------3 2. Relatório descritivo analítico sobre a concepção cidadania e democracia dentro da escola---------4 3. Relatório descritivo analítico sobre o uso da linguagem do professor como instrumento
 importante da formação humana--------------------------------------------------------------------------------7 
4. Relatório descritivo analitico sobre o fracasso e sucesso escolar na concepção do estado,
 da escola e da família------------------------------------------------------------------------------------------------8 
5. Relatório descritivo analitico sobre o papel da mediação do professor na relação entre escola e currículo (observar o projeto político pedagógico)------------------------------------------------------------9
6. Relatório descritivo analitico sobre a relação entre objetivos do ensino e a seleção de conteudos significativos nas categorias: conceitual, procedimental e atitudinal--------------------------------------12 
7. Análise e reflexão sobre o comportamento ético profissional------------------------------------------------13
8. Considerações finais-------------------------------------------------------------------------------------------------19
9. Referências bibliográficas-------------------------------------------------------------------------------------------21
10
1- INTRODUÇÃO 
Esse trabalho apresenta reflexões sobre a prática educativa vivenciada durante as atividades do Estágio Curricular Supervisionado no âmbito escolar no curso de Pedagogia. Em relação aos procedimentos metodológicos, utilizaremos de relatórios fundamentados pelos documentos norteadores do Ministério da Educação se tratar de um período de Pandemia da CONVID 19 e conforme preconizado na Portaria 544 de
11	junho de 2020 publicada pelo MEC que dispõe sobre a organização do Ensino e seus estágios. As literaturas alinhadas as aulas teóricas e EAD nos fez vislumbrar os limites para a implementação plena da gestão democrática na escola.
O Estágio Supervisionado segue como componente curricular para cumprimento da carga horária de estágio, em que houve a pesquisa de diversas literaturas como também a vídeos de sites confiáveis, para melhor compreender a realidade de uma escola.
Segundo o Art.21 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) nº 9.394/96, o Ensino Fundamental compõe o nível de escolaridade, denominado de Educação Básica, o qual compreende: a. a Educação Infantil (creches e pré-escolas); b. o Ensino Fundamental (1º ao 9º ano) e c. o Ensino Médio (ofertado em 3(três) anos, finaliza a Educação Básica). Em cumprimento a LDB 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Base da Educação), conforme estabelece em seu art. 82, diz que “os sistemas de ensino estabelecerãonormas para realização dos estágios dos alunos regularmente matriculados no ensino médio ou superior em sua jurisdição”.
Dessa forma, constata-se que o estágio supervisionado, faz parte da nossa formação educacional, sendo garantido por lei. Assim, o estágio supervisionado faz parte da formação acadêmica, partindo de um referencial teórico, para uma confirmação na prática em uma sala de aula.
Desse modo, o período destinado ao estágio serve de base para o aluno, refletir se realmente, é aquilo que quer para sua futura profissão, pois é no estágio que se descobre as grandezas de ser professor.
2. RELATÓRIO DESCRITIVO ANALÍTICO SOBRE A CONCEPÇÃO CIDADANIA E DEMOCRACIA DENTRO DA ESCOLA.
A democracia e o estado de direito, conferem aos cidadãos direitos e obrigações, que fazem parte de sua ordem jurídica e política. Em uma sociedade democrática, o conceito de cidadania está intimamente relacionado aos direitos humanos, pois, teoricamente, o conceito de cidadania pode ser invocado em face de qualquer violação inerente aos direitos humanos.
A escola não pode ficar sem democracia e cidadania. Temos que usar os métodos como um espaço educacional do fato de que os alunos do ensino de aprendizagem, os alunos terão o conhecimento acumulado na história e tomarão práticas sociais concretas como ponto de partida, visando a realidade da humanização e viabilização, coexistência justa, duradoura e sustentável, as escolas não podem ser construídas.
A escola pode ajudar a analisar as atividades diárias e a realidade concreta da experiência da comunidade, ela entende a realidade mais direta como uma manifestação das contradições da macroestrutura. Este processo tornará possível estabelecer uma explicação dos elementos de raciocínio sobre essas contradições, bem como sua transformação, sugestões e possibilidades de transformação superar. A escola pode ser importante mediadora do conhecimento de que a comunidade necessita, construindo uma realidade mais humana para sobrevivência. Como disse Paulo Freire, o conhecimento não é neutro, ele tem funções sociais. Do ponto de vista da libertação, ele deve fazer uma compreensão mais crítica da realidade que experimentou, para entendê-lo mais profundamente, temos condições de agir melhorar.
Nesse sentido, o ponto de partida do processo a construção do conhecimento será prática e realidade social concreta onde aconteceu. A partir da análise desta prática e realidade está inserido e estabelecendo um novo nível de compreensão, eles entendem sua complexidade histórica de uma perspectiva política, sociedade, economia e cultura, organização e transformação social.
		Se almejarmos a formação de temas históricos, podemos responder às mudanças que torne se um defensor da democracia conviva com a justiça social, unidade e desenvolvimento sustentável, a educação que promovemos nas escolas. As precisa expandir seu desempenho muito além da satisfação, exame vestibular ou mercado de trabalho, porque é concebido e vivido na cidade uma origem social capitalista baseada na dominação e exploração. O papel das escolas cívicas e democráticas é criar boas condições de vida.
12
3. RELATÓRIO DESCRITIVO ANALÍTICO SOBRE O USO DA LINGUAGEM DO PROFESSOR COMO INSTRUMENTO IMPORTANTE DA FORMAÇÃO HUMANA.
A importância da linguagem é precisamente que ela torna o processo educacional mais eficaz, pois fornece aos alunos ambientes e momentos mais emocionantes.
A parte mais importante do cérebro humano é o centro da linguagem. O idioma ou palavra é distinto outros animais. De muitas perspectivas, podemos dizer que somos humanos porque falamos. Então o centro de linguagem em nosso cérebro marca o verdadeiro começo e faça-nos superiores a outros animais.
A linguagem é o sistema de representação de objetos e ideias que comunique se através de nossos pensamentos, sentimentos e intimidade. É através dele que entendemos e comunicamos os símbolos e conceitos que aprendemos.
Por meio dessas situações dinâmicas, os alunos podem não apenas desenvolver, mas também explorar suas próprias ferramentas de comunicação e sociais.
Portanto, para o desenvolvimento da linguagem, é fundamental que os professores criem uma situação e promovam atividades que estimulem essa habilidade por meio da participação dos educandos.
		
Segundo a pesquisa de Vanoye (2007), a linguagem é um sistema de símbolos socializados, que obviamente se refere à função de comunicação da linguagem. Para o autor, a linguagem deve ser entendida como uma coleção cujos elementos são determinados em sua inter-relação, ou seja, o significado do termo é uma função do contexto em que ocorre e os recursos utilizados para sua expressão. Dessa forma, na educação inicial dos educadores,