A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
EXERCÍCIOS DE MECÂNICA - FÍSICA

Pré-visualização | Página 1 de 7

exercíciOs cOMpleMeNtares
10 Exercícios Complementares
	 1	 (Favip-PE)	Um	automóvel	realiza	uma	viagem	da	cidade	A	até	a	
cidade	C,	passando	pela	cidade	B.	A	viagem	é	feita	em	três	etapas,	sem	
intervalo	de	tempo	entre	elas	e	sempre	ao	longo	do	mesmo	sentido	de	
uma	rodovia	retilínea.	Na	primeira	etapa,	da	cidade	A	à	cidade	B,	o	auto-
móvel	percorre	120	km	em	duas	horas.	Na	segunda	etapa,	ele	permanece	
parado	na	cidade B	durante	duas	horas.	Na	terceira	etapa,	o	percurso	da	
cidade	B	à	cidade	C,	com	200	km	de	comprimento,	é	realizado	em	quatro	
horas.	A	velocidade	média	do	automóvel	na	viagem	completa	é	de:
a)	 40	km/h	 c)	 60	km/h	 e)	 80	km/h
b)	 50	km/h	 d)	 70	km/h
	 2	 (PUC-MG)	Um	objeto	desloca-se	em	movimento	retilíneo	unifor-
me	durante	30	s.	A	figura	representa	o	gráfico	da	posição	(s)	do	objeto	
em	função	do	tempo	(t).
20
5
10
15
4 6 8 10
s (m)
t (s)
A	distância	percorrida	pelo	objeto	ao	final	de	30	s	será,	em	metros,	de:
a)	 35	 b)	 40	 c)	 20	 d)	 30
	 3	 (UFPI)	Dois	veículos	trafegam	por	uma	avenida	cujo	limite	má-
ximo	de	velocidade	é	70	km/h.	Quando	estão	a	150	m	de	um	radar	fixo,	
um	dos	veículos	está	a	90	km/h	e	seu	condutor	aplica	uma	desaceleração	
de	1,5	m/s2;	o	condutor	do	outro	veículo,	que	está	a	50	km/h	com	uma	
aceleração	também	de	1,5	m/s2,	continua	no	mesmo	ritmo.	Analise	as	
afirmativas	seguintes	e	julgue	(V	ou	F).
I.	 Os	dois	veículos	são	multados	pelo	radar	fixo.
II.	 O	veículo	cujo	condutor	desacelerou	passa	primeiro	pelo	radar.
III.	 Ambos	os	veículos	passam	pelo	radar	com	a	velocidade	de	60	km/h.
IV.	 	O	 veículo	 cujo	 condutor	 manteve	 sua	 aceleração	 é	 multado	 pelo	
radar	fixo.
	 4	 (PUC-RS,	adaptada)	Um	motorista,	dirigindo	um	carro,	vê	um	
obstáculo	e	pisa	no	freio.	A	distância	percorrida	pelo	veículo	até	parar	
é	determinada	pelas	condições	do	veículo,	da	pista,	dos	pneus,	pela	
velocidade	e	pelo	tempo	de	reação	do	motorista	(aproximadamente	
igual	a	1	segundo).	Durante	esse	tempo,	o	carro	percorre,	com	velocidade	
constante,	certa	distância	antes	de	começar	a	reduzir	a	velocidade,	isto	é,	
antes	de	efetivamente	começar	a	frear.	A	distância	total	percorrida	pelo	
veículo	até	parar	é	a	soma	da	distância	percorrida	em	1	segundo	(tempo	
de	reação)	com	a	distância	percorrida	durante	a	frenagem.	O	movimento	
é	aproximadamente	retilíneo	uniformemente	desacelerado.	A	tabela	a	
seguir	contém	os	dados	da	distância	total	percorrida	por	um	carro	até	parar,		
em	pista	seca	e	em	pista	molhada	(considerando-se	pista	de	asfalto).
Distância	total	(m)
Velocidade	(km/h) Pista	seca Pista	molhada
10 3,5 4
50 29 42
90 74 113
130 138 279
Durante	a	frenagem	para	um	carro	a	50	km/h	(14	m/s)	em	pista	molha-
da,	a	desaceleração	vale,	aproximadamente,	em	m/s2:
a)	 2,3	 b)	 3,5	 c)	 5,8	 d)	 6,0
	 5	 (UFRN)	A	cidade	de	João	Câmara,	a	80	km	de	Natal,	no	Rio	Grande	
do	Norte	(RN),	tem	sido	o	epicentro	(ponto	da	superfície	terrestre	atingido	
em	primeiro	lugar,	e	com	mais	intensidade,	pelas	ondas	sísmicas)	de	alguns	
terremotos	ocorridos	nesse	estado.	O	departamento	de	física	da	UFRN	tem	
um	grupo	de	pesquisadores	que	trabalham	na	área	de	sismologia,	utilizando	
um	sismógrafo	instalado	nas	suas	dependências,	para	detecção	de	terre-
motos.	Num	terremoto,	em	geral,	duas	ondas,	denominadas	primária	(P)	e	
secundária	(S),	percorrem	o	interior	da	Terra	com	velocidades	diferentes.
Admita	que	as	informações	contidas	no	gráfico	são	referentes	a	um	dos	
terremotos	ocorridos	no	RN.	Considere	ainda	que	a	origem	dos	eixos	
da	figura	é	coincidente	com	a	posição	da	cidade	de	João	Câmara.
4 8 12 16 20 24 280
20
40
60
80
100
Distância (km)
P
S
Natal
Tempo (s)
João
Câmara
Dados referentes às ondas P e S, associados a um terremoto 
ocorrido no Rio Grande do Norte.
Diante	 das	 informações	 contidas	 no	 gráfico,	 é	 correto	 afirmar	 que	 a	
onda	mais	rápida	e	a	diferença	de	tempo	de	chegada	das	ondas	P	e	S 
no	sismógrafo	da	UFRN,	em	Natal,	correspondem,	respectivamente:
a)	 à	onda	S	e	4	segundos.	 c)	 à	onda	P	e	16	segundos.
b)	 à	onda	P	e	8	segundos.	 d)	 à	onda	S	e	24	segundos.
	 6	 (UERJ)	Um	foguete	persegue	um	avião,	ambos	com	velocida-
des	constantes	e	mesma	direção.	Enquanto	o	foguete	percorre	4,0	km,	o	
avião	percorre	apenas	1,0	km.	Admita	que,	em	um	instante	t1,	a	distância	
entre	eles	é	de	4,0	km	e	que,	no	instante	t2,	o	foguete	alcança	o	avião.	
No	intervalo	de	tempo	t2	–	t1,	a	distância	percorrida	pelo	foguete,	em	
quilômetros,	corresponde	aproximadamente	a:
a)	 4,7	 b)	 5,3	 c)	 6,2	 d)	 8,6
	 7	 (U.	Caxias	do	Sul-RS)	Um	automóvel	em	movimento	retilíneo	varia	
sua	velocidade	em	relação	ao	tempo,	de	acordo	com	o	gráfico	abaixo.
Com	base	nessas	informações	e	
nos	dados	do	gráfico,	é	correto	
afirmar	que:
a)	 de	5	s	a	20	s	o	automóvel	de-
sacelera	à	razão	de	1	m/s2.
b)	 a	velocidade	média	do	au-
tomóvel	de	0	a	20	s	é	de	
6,5	m/s.
c)	 em	20	s	o	automóvel	percor-
re	240	m.
d)	 a	equação	horária	da	velocidade,	pelo	SI,	de	0	a	5	s	é	x	=	4	+	2t.
e)	 de	5	s	a	20	s	o	automóvel	tem	movimento	regressivo.
	 8	 (UFPE)	Um	motorista	dirige	um	carro	com	velocidade	constante	de	
80	km/h,	em	linha	reta,	quando	percebe	uma	“lombada”	eletrônica	indican-
do	a	velocidade	máxima	permitida	de	40	km/h.	O	motorista	aciona	os	freios,	
v (m/s)
t (s)0
4
8
12
5 10 15 20
001-024_ENEM_TFvol01_P3.indd 10 14/03/11 10:20
AULAS DE
11Exercícios Complementares
imprimindo	uma	desaceleração	constante,	para	obedecer	à	sinalização	e	
passar	pela	“lombada”	com	a	velocidade	máxima	permitida.	Observando-
-se	a	velocidade	do	carro	em	função	do	tempo,	desde	o	instante	em	que	
os	freios	foram	acionados	até	o	instante	de	passagem	pela	“lombada”,	po-
demos	traçar	o	gráfico	a	seguir.	Determine	a	distância	percorrida	entre	
o	instante t	=	0,	em	que	os	freios	foram	acionados,	e	o	instante	t	=	3,0	s,	
em	que	o	carro	ultrapassa	a	“lombada”.		Dê	sua	resposta	em	metros.
v (km/h)
t (s)0,0
0
40
80
1,0 2,0 3,0
	 9	 (UFSC)	Dois	trens	partem,	em	horários	diferentes,	de	duas	cidades	
situadas	nas	extremidades	de	uma	ferrovia,	deslocando-se	em	sentidos	con-
trários.	O	trem	azul	parte	da	cidade	A	com	destino	à	cidade	B,	e	o	trem	verde	
da	cidade	B	com	destino	à	cidade	A.	O	gráfico	representa	as	posições	dos	
dois	trens	em	função	do	horário,	tendo	como	origem	a	cidade	A	(d	=	0).
d (km)
2 4 6 10 12 14 16 180 8
720
Trem verde Trem azul
t (h)
Considerando	a	situação	descrita	e	as	informações	do	gráfico,	assinale	
a(s)	proposição(ões)	correta(s):
(01)	 A	distância	entre	as	duas	cidades	é	de	720	km.
(02)	 Os	trens	gastam	o	mesmo	tempo	no	percurso:	12	h.
(04)	 A	velocidade	média	dos	trens	é	de	60	km/h.
(08)	 O	trem	azul	partiu	às	4	h	da	cidade	A.
(16)	 Os	dois	trens	se	encontram	às	11	h.
(32)	 O	tempo	de	percurso	do	trem	verde	é	de	18	h.
Dê	a	soma	dos	números	dos	itens	corretos.
	 10	 (Mackenzie-SP)	Dois	automóveis,	A	e	B,	movimentam-se	sobre	
uma	mesma	trajetória	retilínea,	com	suas	velocidades	variando	com	o		
tempo	de	acordo	com	o	gráfico	ao	lado.
Sabe-se	 que	 esses	 móveis	 se	 encon-
tram	no	instante	10	s.	A	distância	entre	
eles,	no	instante	inicial	(t	=	0	s),	era	de:
a)	 575	m	
b)	 425	m
c)	 375	m	
d)	 275	m
e)	 200	m
	 11	 (Esamc-AL)	Considere	um	automóvel	que	faz	uma	viagem	em	
4	horas	e	a	sua	velocidade	escalar	varia,	aproximadamente,	segundo	
o	gráfico	ao	lado.	A	velocidade	
escalar	média,	em	km/h,	da	via-
gem	foi	de:
a)	 35	
b)	 40	
c)	 45		
d)	 55	
e)	 60
	 12	 (UFPE)	 Uma	 partícula	 executa	 um	 movimento	 uniformemente	
variado	ao	longo	de	uma	linha	reta.	A	partir	da	representação	gráfica	da	
posição	x	da	partícula,	em	função	do	tempo,	apresentada	a	seguir,	identi-
fique	o	gráfico	que	descreveria	corretamente	a	velocidade	v	da	partícula,	
em	função	do	tempo.
a)	 v (t)
tt0
0
	 d)	 v (t )
tt0
0
b)	 v (t )
t
t0
0
	 e)	 v (t )
t
t0
0
c)	 v (t )
tt0
0
	
	 13	 (Inatel-MG)	Um	barco	tenta	atravessar	um	rio	com	1,0	km	de	
largura.	A	correnteza	do	rio	é	paralela	às	margens	retilíneas	e	tem	
velocidade	constante	de	módulo	4,0	km/h.	 A	 velocidade	 do	 barco,	
em	relação