A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Mercado Perfeitamente Competitivo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Mercado Perfeitamente Competitivo
Teoria da Firma
Produção
Como as empresas tomam decisões
Custos
Minimização dos custos
Lucros
Maximização dos lucros
Quanto deve ser produzido?
Mercado Perfeitamente Competitivo
Teoria dos Preços
Um mercado perfeitamente competitivo possui muitos compradores e vendedores, de tal modo que nenhum comprador ou vendedor pode, individualmente, influir no preço.
O modelo de competição perfeita baseia-se em três pressupostos básicos:
As empresas são tomadoras de preços;
Homogeneidade do produto;
Livre entrada e saída de empresas.
FONTE: CAMARGO
Agentes Tomadores de Preços
Empresas que não têm influência sobre o preço de mercado e, portanto, tomam o preço como dado.
Vendedores e compradores, individualmente não tem influência sobre o preço de mercado.
Cada empresa vende uma pequena parte da produção do mercado.
Cada consumidor compra uma porção muito pequena da produção.
Produtos Homogêneos
A obrigação de aceitar os preços como dados usualmente ocorre em mercados nos quais as empresas produzem produtos idênticos ou quase idênticos.
O produtos de todas as empresas são substitutos perfeitos entre si, isto é, são homogêneos.
Bens substitutos: um aumento no preço de um, gera um aumento na quantidade demandada de outro
Livre entrada e saída no mercado
Não há custos especiais que tornam difícil para uma nova empresa entrar em um setor e produzir ou sair dele se não conseguir obter lucros.
Os consumidores podem mudar facilmente para uma empresa rival se o fornecedor usual aumentar o preço.
Compradores podem facilmente mudar de fornecedor.
Empresas podem facilmente entrar e sair do mercado
Maximização de lucros
Receita marginal e custo marginal esta associado à produção de uma unidade a mais de produto.
Determinação do nível de produção
Nível de produção: 
Receita Total: 
Custo Total: 
O lucro da empresa, , é a diferença entre receita e custo:
Logo o lucro 
Maximização de lucros
Nível de preço: ()
 – Lucro Negativo
O lucro aumenta com a expansão da produção
Nível de preço: ()
Lucro crescente
Nível de preço: ()
Nível máximo de lucro
0
U$/ano
Produção () (unidades por ano)
A
B
Por que o custo é positivo
quando ?
Maximização de lucros
O lucro, , é maximizado no ponto em que um incremento adicional no nível de produção mantém o lucro inalterado
 é a receita marginal
 é o custo marginal
O lucro é maximizado: 
De modo que 
Demanda e receita marginal para uma empresa competitiva
Aceitação de preços
R(q) é uma linha reta
O preço do produto é dado pelo mercado, e ela escolhe seu nível de produção assumindo que o preço de mercado não será afetado por sua escolha.
Produção e a Demanda de mercado (Q e D)
Produção e a Demanda da empresa (q e d)
Demanda e receita marginal para uma empresa competitiva
100
200
U$ 4
Preço
q
Produção
d
Demanda pelo Produto
Empresa
D
2000
U$ 4
Demanda pelo Mercado
Setor
Q
Produção
Preço
Em (a), a curva de demanda com a qual a firma se defronta é perfeitamente elástica, mesmo que a curva de demanda de mercado em (b) tenha inclinação descendente.
Curva de demanda enfrentada por uma empresa competitiva
Maximização de lucros por empresas competitivas
O produtor individual vende todas as suas unidades de produto por U$ 4,00, independente de seu nível de produção.
Caso ele cobre um preço mais elevado, suas vendas cairão.
Uma empresa perfeitamente competitiva deve escolher seu nível de produção de tal forma que seu custo marginal seja igual ao preço:
REFERÊNCIAS
Pindyck, Robert S. Microeconomia; tradução Daniel Vieira, revisão técnica Edgard Merlo, Julio Pires. – 8. ed. – São Paulo : Pearson Education do Brasil, 2013.
CAMARGO, RENATA F. Dificuldades na precificação de serviços? Saiba como definir preços para os serviços da sua empresa. Publicado dia 27/02/2018. Disponível em: <https://www.treasy.com.br/blog/precificacao-de-servicos/>. Acessado em: 01/04/2021.