A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Os 7 passos de Como fazer Diagnóstico

Pré-visualização | Página 1 de 1

Larissa Melo 
 
Os 7 passos de Como Fazer o Diagnóstico 
Anotações da Aula 2: Semana da Semiologia Ministrada pelo Dr. Jorge Luiz 
Passo 1 - Aproximação 
Apresentação e “quebra de gelo” 
Ganha confiança e reduz ansiedade do 
paciente 
Passo 2 - Acolhimento 
Escuta ativa + perguntas 
Libera o paciente para falar livremente 
Passo 3 – A suposição 
Hipótese diagnóstica plausível 
Reconhecimento de padrões 
Passo 4 – Verificação 
Checagem da HD e dos diagnósticos 
diferenciais 
Aprofundamento dos caracteres 
semiológicos das queixas 
Entendimento preciso da cronologia da 
patologia 
Situações associadas e não associadas 
Esboço da anamnese final 
Sintomas que sejam muito 
característicos da hipótese diagnóstica 
são os próximos a serem perguntados 
para aumentar a probabilidade do 
diagnóstico 
Passo 5 – O toque 
Exame físico focado em sinais e 
manobras adequadas 
Busca alterações com alta sensibilidade 
para as HDs 
Busca alterações com alta 
especificidade para as HDs 
Busca alterações com alta sensibilidade 
para os Diagnósticos Diferenciais 
Complemento da anamnese 
Passo 6 – O resumo 
Integração dos dados de anamneses e 
exame físico 
Elenca as hipóteses por ordem de 
prioridade 
Pesa prós e contras de cada uma dessas 
hipóteses 
Passo 7 – A decisão 
Ponto alto com fechamento do ato 
É quando irá decidir qual hipótese ao 
paciente, seus motivos e qual conduta 
tomará 
Habilidades codependentes – 
conhecimento médico – com senso – 
boa relação médico paciente (empatia e 
comunicação) 
 
 
Em Síntese os passos resultarão 
em: 
Planejamento terapêutico adequado 
Indicações cirúrgicas corretas 
Risco nulo de acionamento jurídico 
Paciente Satisfeito 
Confia na consulta realizada