A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
RESUMÃO DA SEMIOLOGIA GERAL

Pré-visualização | Página 1 de 4

RESUMÃO DA SEMIOLOGIA GERAL
Parte 1 - Roteiros Sistematizados do Exame Físico
- Semiotécnica + Redação do Exame Normal e do Anormal mais frequente
Nota: Anotações de aula, aprendizado de Semiotécnicas, Dicas, Manobras,
Posicionamentos no Leito, Cuidados e Pudor com o Paciente, Fisiopatologia de
Doenças, Perguntas adequadas para a investigação clínica (Anamnese)
Parte 2 - Roteiro Sistematizado de Anamnese
Parte 1
1.1 Ectoscopia (+ Sinais Vitais)
PROCEDIMENTOS INICIAIS
- lavar as mãos
- lado direito do leito
- apresentar-se e avisar o paciente em TODOS os procedimentos que for fazer com ele
SINAIS VITAIS
- PA
*se inviável no lado esquerdo, faz em MS direito; se inviável, MMII
*primeira consulta faz-se em ambos os lados
*verificação de pulso radial, se inviável, usar braquial
- FP, FR, TAX, MEDIDAS (cefálica, abdominal, altura, quadril)/PESO/IMC, FC (faz no
cardiológico)
ESTADO GERAL
- avaliar icterícia, hidratação, padrão respiratório, cianose, astenia, fascie, lesões
elementares
- BEG, REG, MEG
NÍVEL DE CONSCIÊNCIA
- Paciente consciente, lúcido e orientado no tempo e espaço
- Criança: atenta
*Perguntas: nome, idade, data/hora, onde você está, há quanto tempo está aqui, cálculo
matemático simples
- Glasgow
FALA E LINGUAGEM
- eulalia (paciente eulálico)
- dislalia, disfonia, disartria, disfasia...
ESTADO NUTRICIONAL
- linha da palma da mão clareada
- palato mole esbranquiçado
- eunutrido
- sobrepeso/obeso
Classificações da obesidade de acordo com o IMC (peso/altura2):
• Sobrepeso: 25 a 29,9 kg/m2
• Obesidade classe 1: 30 a 34,9 kg/m2
• Obesidade classe 11: 35 a 39,9 kg/m2
• Obesidade classe 111: > 40 kg/m2 (obesidade mórbida).
- desnutrido
*grau 1 = 10%
*grau 2 = 25%
*grau 3 = acima de 40% de déficit de peso
DESENVOLVIMENTO FÍSICO
*proporcionalidade entre sistema ósseo e muscular
- Paciente eutrófico
• Desenvolvimento normal (eutrófico)
· Fazer essa avaliação para criança
• Hiperdesenvolvimento
• Hipodesenvolvimento
• Hábito grácil
• Infantilismo.
* aproveita para avaliar MUSCULATURA: hipertrofia, atrofia/hipotrofia
*avaliar:
- Peso: obesidade, sobrepeso, subnutrido, desnutrido
- Musculatura: hipotrófica na desnutrição
- Panículo adiposo: escasso na desnutrição, farto na obesidde
- Desenvolvimento físico:
- Estado geral
- Pele, pelos e olhos: pele seca e rugosa na desnutrição, cabelos e pelos finos,
secos e quebradiços; conjuntivas secas, pouca lágrima, baixa na sensibilidade à luz,
fotofobia
DESENVOLVIMENTO FÍSICO
*proporcionalidade entre sistema ósseo e muscular
- Paciente eutrófico
• Desenvolvimento normal = (eutrófico)
· Fazer essa avaliação para criança
• Hiperdesenvolvimento/Gigantismo
• Hipodesenvolvimento
• Hábito grácil
• Infantilismo.
*aproveitar para avaliar MUSCULATURA:
- INSPEÇÃO E PALPAÇÃO
- Trofismo (massa muscular)
*Normal, hiper ou hipotrófica
- Tonicidade (estado de semicontração própria do musculo normal)
*Tônus normal, hipertônico (espasticidade, rigidez), hipotônico ou
flácido
FÁCIES
- Hipocrática
- Mixedematosa
- Basedowiana
- Leonina
- Adenoidiana
- Renal
- Parkinsoniana
- Acromegálica
- Cushingóide/Lua cheia
- Mongolóide
- Depressiva
- Pseudobulbar
- Paralisia facial periférica
- Miastênica
- Deficiente mental
- Etílica
- Esclerodermica
FÁCIES
ATITUDE E POSIÇÃO PREFERIDA NO LEITO
- atitude atípica
- atitude voluntária
*ortopneica, genupeitoral, cócoras, parksoniana, decúbitos
- atitude involuntária
*passiva, ortótono, opistótono, emprostótono, pleurostótono, posição em gatilho,
torcicolo, mão pendula da paralisia radial
HIDRATAÇÃO
- paciente hidratado (ou desidratado)
- turgor da pele (Supraclavicular e bicipital), elasticidade da pele, umidade da pele
- brilho dos olhos
- esclera, lábios, mucosa bucal
- ponta e dorso da língua
- fontanela em crianças -> desidratação tem depressão nas fontanelas
- diminuição abrupta de peso
*grau 1 = 5%
*grau 2 = 5 a 10%
*grau 3 = acima de 10%
- puxar as pálpebras e olhar pra baixo e pra cima
*aproveita pra avaliar também icterícia e palidez
- abatimento, oligúria, excitação psíquica, olhos afundados (enoftalmia) e hipotônicos, sede
(DESIDRATAÇÃO)
PELE, MUCOSAS E FÂNEROS
- Sem alterações em mucosas e fâneros; implantação do cabelo e sobrancelhas normal;
sem lesões elementares de pele
- cicatrizes: forma, cor, tamanho, localização
- abaulamento e retração
- mancha/mácula
• Coloração, Continuidade ou integridade, Umidade, Textura, Espessura, Temperatura,
Elasticidade, Mobilidade, Turgor, Sensibilidade, Lesões elementares.
*situações em que se observa em outras etapas do exame físico
TECIDO CELULAR SUBCUTÂNEO E PANÍCULO ADIPOSO
- Avaliar região external, temporal, crista ilíaca
- Serve como parâmetro para avaliar o estado nutricional
*tecido gorduroso subcutâneo
ICTERÍCIA
- Classificação em 4 cruzes de acordo com:
● + = Esclera.
● ++ = Esclera e Frênulo da Língua.
● +++ = Esclera, Frênulo da Língua, Gengivas, Palato e Palma das mãos e dos pés.
● ++++ = Corpo todo (Descobrir o corpo para olhar).
MOVIMENTOS INVOLUNTÁRIOS
- ausência de movimentos involuntários
- incluir os movimentos involuntários em EXAME NEUROLÓGICO
• Tremores
• Movimentos coreicos ( coreia)
• Movimentos atetósicos (atetose)
• Hemibalismo
• Mioclonias
• Mioquinias
• Asterix (Flapping)
• Tiques
• Convulsões
• Tetania
• Fasciculações
• Discinesias orofaciais
• Distonias.
MARCHAS
· TABÉTICA
Causas: lesões nos cordões posteriores da medula ou ataxias
espinocerebelares (lesões cerebelares sem refinamento do movimento ->
espinha não manda feedback do movimento para o cerebelo corrigi-lo)
Características: elevação dos pés mais que o necessário; subir uma escada
imaginária; batida violenta dos calcanhares no chão;
· PEQUENOS PASSOS/PARKINSONIANA
Causas: parkinson
Características: mãos e braços semifletidas (velociraptor) com tremores nas
mãos, cabeça projetada pra frente, tronco proeminente (cifose) e projetado para
frente, passos curtos, joelhos semifletidos, dificuldade de mudar de direção
· PARÉTICA (Escavante ou de Galinha)
Causas: comum em polineuropatias periféricas
Características: fraqueza muscular, arrasta ponta dos pés, pés caem na
marcha, fraqueza tibial anterior
· CEREBELAR (do Ébrio)
Causas: lesão da linha média do cerebelo
Características: parece que está ébrio (bêbado), pernas abertas
(alargamento do polígono de sustentação, dificuldade em seguir em linha reta
(desequilíbrio))
· ESPÁSTICA (em tesoura)
Causas: paralisia cerebral, lesão piramidal bilateral e ELA
Características: tônus aumentado (pernas endurecidas – espasmo), adução
das coxas (pé de curupira invertido), quase sem fletir os joelhos
· HEMIPLÉGICA (Ceifante)
Causas: AVC, problemas na decuçassao
Características: espasticidade de MI, projetados rigidamente sem flexão do
joelho, sem flexão da articulação tíbio-társica, movimento bascular (balança –
pendulo) da bacia, perna é lançada em bloco, MS imóvel em flexão e adução
ENFISEMA SUBCUTÂNEO
· Colocar apenas em casos graves, que for visível.
LINFONODOS
· Apenas inspecionar linfonodos aumentados.
· Palpar e caracterizar no exame de cabeça e pescoço.
- Normal – Ausência de linfadenomegalias.
BIOTIPO
· Longilíneo: pescoço longo e delgado, tórax afilado e chato, membros alongados
com predomínio sobre o tronco, musculatura delgada e panículo adiposo pouco
desenvolvido e tendência para estatura elevada.
· Brevilíneo: pescoço curto e grosso, tórax alargado e volumoso, membros curtos
em relação ao corpo, musculatura desenvolvida e panículo adiposo espesso e
tendência para baixa estatura.
· Mediolíneo: equilíbrio entre membros e troncos.
POSTURA
Boa postura:
o Cabeça ereta ou ligeiramente inclinada para diante
o Peito erguido, fazendo adiantar ao máximo essa parte
do corpo
o Abdome inferior achatado ou levemente retraído
o Curvas posteriores nos limites normais
Postura sofrível:
o Cabeça levemente inclinada para diante
o Peito achatado
o Abdome algo protruso, passando a ser a parte mais
saliente do corpo
o Curvas posteriores exageradas
Má postura:
o Cabeça acentuadamente inclinada para diante
o