A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Tecido Conjuntivo II

Pré-visualização | Página 1 de 1

Tecido Conjuntivo II 
	
Ø Fibras:	colágenas,	reticulares	e	elásticas	(oxitalanicas,	elauninicas,	elásticas)	
	
Ø As	células	do	tecido	conjuntivo	podem	ser	residentes	ou	errantes	
1.	Células	residentes:																														2.	Células	errantes	
		 •	Fibroblastos																																												•	Linfócitos	
•	Condrócitos																																													•	Plasmócitos	
		 •	Osteócitos																																																•	Neutrófilos	
		 •	Macrófagos																																														•	Eosinófilos	
		 •	Adipócitos																																																•	Basófilos	
		 •	Mastócitos																																																•	Monócitos		
•	Células-tronco	adultas.	
	
	
v Tecido	elástico:	
•	A	moléculas	de	elastina	são	unidas	por	pontes	covalentes	que	geram	uma	rede	
interconectada	e	extensível	
•	O	tecido	elástico	é	composto	por	feixes	espessos	e	paralelos	de	fibras	elásticas.	
•	O	espaço	entre	as	fibras	é	ocupado	por	fibras	delgadas	de	colágeno	e	fibrócitos.	
-		Onde	é	encontrado:	
§ Ligamento	da	nuca	
§ Ligamento	suspensor	do	pênis	
§ Ligamento	amarelo	
§ Nas	artérias	elásticas,	o	componente	elástico	encontra-se	na	forma	de	
lamelas	fenestradas	
	
v Tecido	reticular:	
•	Encontrado	nos	órgãos	linfoides:	baço,	linfonodos,	medula	
•	Rede	tridimensional	que	suporta	as	células	de	alguns	órgãos.	
•	É	constituído	por	fibras	reticulares	intimamente	associadas	
•	Fibroblastos	especializados	chamados	de	células	reticulares	
•	Encontrado	nos	órgãos	linfoides	e	hematopoiéticos	(medula	óssea,	linfonodos	e	
nódulos	linfáticos	e	baço)	
•	As	células	reticulares	estão	dispersas	ao	longo	da	matriz	e	cobrem	
parcialmente,	com	seus	prolongamentos	citoplasmáticos,	as	fibras	reticulares	e	a	
substância	fundamental;	
•	Ao	lado	das	células	reticulares	encontram-se	células	do	sistema	fagocitário	
mononuclear	que	estão	estrategicamente	dispersas	ao	longo	das	trabéculas.	
								 	
	
v Tecido	mucoso:		
•	Preponderância	de	matriz	fundamental	composta	predominantemente	de	ácido	
hialurônico	com	pouquíssimas	fibras.	
•	As	principais	células	desse	tecido	são	os	fibroblastos.	
•	Principal	componente	do	cordão	umbilical,	no	qual	é	referido	como	geleia	de	
Wharton.	
•	No	adulto,	é	restrito	à	polpa	jovem	dos	dentes	
								 		 	
	
	
	
	
	
	
	
v Tecido	adiposo:		
•	Em	pessoas	de	peso	normal,	o	tecido	adiposo	representa	de	20	a	25%	do	peso	
corporal	na	mulher	e	de	15	a	20%	no	homem.	
•	Funções:		
				-	O	tecido	adiposo	é	o	maior	depósito	corporal	de	energia,	sob	a	forma	de	
triglicerídeos.	
				-	As	células	hepáticas	e	o	músculo	esquelético	também	acumulam	energia,	mas	
sob	a	forma	de	glicogênio	
				-	O	isolamento	térmico	do	organismo	
•	Ha	dois	tipos	de	tecido	adiposo:	
			-	O	tecido	adiposo	branco/unilocular:	predominante	nos	adultos	
			-	O	tecido	adiposo	pardo/multilocular:	é	encontrado	em	grandes	quantidades	
durante	a	vida	fetal.	
	
Ø Tecido	adiposo	unilocular:	
•	A	cor	do	tecido	unilocular	varia	entre	o	branco	e	o	amarelo-escuro,	
dependendo	da	dieta.	
•	Essa	coloração	deve-se	principalmente	ao	acúmulo	de	carotenos	dissolvidos	
nas	gotículas	de	gordura.	
•	Praticamente	todo	o	tecido	adiposo	encontrado	em	humanos	adultos	é	do	tipo	
unilocular;	
•	Esse	tecido	forma	o	panículo	adiposo,	camada	disposta	sob	a	pele;	
•	Hormônios	sexuais	e	pelos	hormônios	produzidos	pela	camada	cortical	da	
glândula	adrenal	
•	As	células	adiposas	uniloculares	são	grandes,	50	a	150	μm	de	diâmetro;	
•	Quando	isoladas,	essas	células	são	esféricas,	tornando-se	poliédricas	no	tecido	
adiposo	pela	compressão	recíproca;	
•	As	gotículas	lipídicas	são	desprovidas	de	membrana	envolvente.	Cada	célula	
adiposa	é	envolvida	por	uma	lâmina	basal;	
•	O	tecido	unilocular	apresenta	septos	de	conjuntivo,	que	contêm	vasos	e	nervos.	
Desses	septos	partem	fibras	reticulares	(colágeno	III);	
•	A	vascularização	do	tecido	adiposo	é	muito	abundante	quando	se	considera	a	
pequena	quantidade	de	citoplasma	funcionante;	
•	Principal	função	é	de	reserva	energética,	isolante	térmica	e	produção	de	
hormônios.	
Os	adipócitos	sintetizam	e	secretam	ativamente	adipocinas,	um	grupo	de	
substâncias	biologicamente	ativas,	que	incluem	hormônios,	fatores	de	
crescimento	e	citocinas	.	Além	disto,	também	secreta	as	a	lipase	lipoproteica.	
As	gotículas	lipídicas	são	inicialmente	separadas	umas	das	outras,	porém	muitas	
se	fundem,	formando	a	gotícula	única	característica	da	célula	adiposa	unilocular	
	 								 	
v Tecido	adiposo	multilocular:		
•	A	cor	se	deve	à	vascularização	abundante	e	às	numerosas	mitocôndrias	
encontradas	em	suas	células.	
•	Por	serem	ricas	em	citocromos,	as	mitocôndrias	têm	cor	avermelhada.	
•	Distribuição	limitada,	localizando-se	em	áreas	determinadas;	
•	Numerosas	fibras	nervosas	simpáticas	noradrenérgicas	não	mielinizadas	
estão	presentes	entre	os	adipócitos.	
•	As	células	do	tecido	adiposo	multilocular	são	menores	do	que	as	do	tecido	
adiposo	unilocular	e	têm	forma	poligonal.	
•	O	citoplasma	é	carregado	de	gotículas	lipídicas	de	vários	tamanhos	e	contém	
numerosas	mitocôndrias;	
•	No	tecido	adiposo	multilocular,	as	células	tomam	um	arranjo	epitelioide,	
formando	massas	compactas	em	associação	com	capilares	sanguíneos.	
•	Um	complexo	de	Golgi	pequeno	e	apenas	pequenas	quantidades	de	RER	e	REL.	
•	O	tecido	adiposo	pardo	é	subdividido	em	lóbulos	por	septos	de	tecido	
conjuntivo.