A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Febre Aftosa

Pré-visualização | Página 1 de 1

Febre Aftosa
O que é?
A febre aftosa é uma enfermidade
altamente contagiosa que ataca
todos os animais ungulados,
principalmente os bovinos, caprinos,
ovinos e suínos.
Transmissão
Por meio de contato direto com o
fluido presente nas vesículas, leite,
saliva e fezes de animais
contaminados. Ocorre também de
forma mecânica por meio de
equipamentos, caminhões, feiras e
currais.
Sinais clínicos
Bovinos - Febre, inquietação,
salivação, dificuldade de mastigar e
engolir alimentos, tremores, queda
da produção de leite, dor nos tetos
ao ordenhar ou amamentar,
ferimentos nos pés e manqueira.
Ovinos e Caprinos – Febre, severa
laminite, afetando uma ou mais
patas, manqueira, tendência a deitar
e não querer levantar, maior
mortalidade nos animais jovens.
Sinais clínicos na boca são menos
frequentes.
Suínos – Febre, laminite aguda,
inquietação, dificuldade de mastigar
e engolir alimentos.
Diagnóstico
A confirmação da doença é realizada
por meio de testes sorológicos como
o ELISA.
Tratamento
- O tratamento é contra-indicado,
sendo o sacrifício-sanitário como a
medida de controle principal para
evitar a difusão da doença.
- Segundo o MAPA ovinos não devem
ser vacinados por se tratarem de
animais sentinelas.
Controle e Prevenção
- Vacinação regular do gado de 6 em
6 meses a partir do 3° mês de idade.
- Ao comprar novos animais, exija
que os mesmos estejam vacinados.
- Alojamentos limpos e ventilados,
sendo feita a desinfecção
regularmente.
- Pasteurização ou fervura do leite
destinado à alimentação humana ou
animal.