A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Gerenciamento de Resíduos - Biossegurança 2

Pré-visualização | Página 1 de 1

Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde
RESÍDUOS -> São as partes que sobram de processos derivados das atividades humanas e animal e de processos produtivos. Na área de saúde, são denominados de Resíduos de Serviço de Saúde (RSS).
PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUS EM SERVIÇOS DE SAÚDE (PGRSS) -> Conjunto de procedimentos de gestão com o objetivo de minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados um encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente.
· Serviços Geradores de RSS = todos os serviços relacionados com a saúde humana ou animal; laboratórios analíticos de produtos para saúde; necrotérios, serviços de medicina legal e funerárias; drogarias e farmácias; estabelecimento de ensino e pesquisa na área de saúde; centros de controle de zoonoses; importadores de produtos farmacêuticos; unidades móveis de atendimento á saúde; serviços de acupuntura; serviços de tatuagem e salão de beleza.
SEQUÊNCIA DE AÇÃO 
1. Segregação -> Separação dos resíduos de acordo com seus tipos. 
2. Identificação -> Colocação de imagens e textos de fácil visualização informando qual o tipo de lixo.
3. Acondicionamento -> Forma como o dentista vai guardar o resíduo no momento que ele é gerado, próximo a fonte de geração.
4. Transporte -> Internamente até o local de armazenamento. Coletores específicos com tampa e rodízio e as pessoas que realizam o transporte devem estar paramentadas com os EPIs.
5. Armazenamento -> Pode ser interno ou externo (fechado para impedir a entrada de animais e insetos).
6. Tratamento 
7. Armazenamento -> Tambores fechados, com a identificação com o tipo de resíduo
8. Coleta e Transporte 
9. Disposição Final -> Envio para o aterro sanitário ou incineração.
GERENCIAMENTO
GRUPO A = Resíduos que apresentam risco potencial à saúde pública e ao meio ambiente devido à presença de Agentes Biológicos. Ex. luvas, gorros, máscaras, gaze, órgãos e tecidos.
· Acondicionado em saco plástico branco leitoso, com a inscrição de resíduo infectante. Não é necessário nenhum tratamento desse grupo. O saco plástico deve estar acondicionado em um coletor, lixeira, com tampa e deve ser acionada com os pés ou sensor., também precisa ter a inscrição de resíduo infectante. Pode permanecer até 48 horas ou até 2/3 do coletor.
GRUPO B = Resíduos contendo Substâncias Químicas que podem apresentar risco à saúde pública ou ao meio ambiente, dependendo de suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e toxicidade. Ex.: efluentes processadores de imagem, películas radiográficas, medicamentos, resíduos de amálgama.
· Pode ser reutilizado, recuperado, reciclado ou tratado dependendo da natureza do resíduo. Acondicionamento específico conforme a natureza (ex. corrosivo, tóxico) e deve estar presente no coletor.
· Revelador – neutralização 
· Fixador – recuperação da prata
· Radiografias
· Resíduos de amálgama – recipiente de plástico/acrílico com água (não pode ser de vidro)
GRUPO C = Rejeitos Radioativos. São materiais radioativos ou contaminados com radionuclídeos, provenientes de laboratórios de análises clínicas, serviços de medicina nuclear e radioterapia. Não são gerados na prática odontológica.
GRUPO D = Resíduos que não apresentem risco biológico, químico ou radiológico à saúde ou ao meio ambiente, podem ser equiparados aos resíduos domiciliares. Ex. resíduos provenientes das áreas administrativas.
· Acondicionamento em lixeira com tampa, não acionada pelas mãos e saco preto ou azul, não precisando de identificação.
GRUPO E = Materiais Perfurocortantes ou Escarificantes. Ex. agulhas, ampolas de vidro, brocas, limas odontológicas, pontas diamantadas, lâminas de bisturi. 
· Acondicionamento em recipientes rígidos, caixa amarela, não devendo ultrapassar ¾ do volume. Pode ser de papelão ou plástico. Precisa estar fixo no consultório.
OBS.: Seringa de plástico não deve ser retirado, descartadas junto.