Buscar

QUESTÕES CASCATA DE COAGULAÇÃO E HEMOSTASIA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

–
 
 1 
 
s 
1. Na coagulação sanguínea, o sangue perde sua característica fluída e torna-se uma massa 
sólida (coágulo). Marque a alternativa que indica corretamente o nome do elemento sanguíneo 
ligado a esse processo: 
a) Hemácias. 
b) Eritrócitos. 
c) Plaquetas. 
d) Leucócitos. 
e) Linfócitos. 
2. A hemofilia é uma condição genética que afeta a coagulação do sangue, o que pode provocar 
sangramentos prolongados na pessoa com esse tipo de problema. A forma mais comum de 
hemofilia é o tipo A, que afeta o fator de coagulação: 
 
a) III. 
 
b) IV. 
 
c) V. 
 
d) VII. 
 
e) VIII. 
 
3. No modelo conhecido como cascata de coagulação, a ativação do fator X e sua combinação 
com fosfolipídios e com o fator V – formando, assim, o complexo ativador da protrombina – 
ocorrem em qual via? 
 
a) Via extrínseca. 
 
b) Via direta. 
 
c) Via intrínseca. 
 
d) Via indireta. 
 
e) Via comum. 
 
 
 
 
 
Leia o QR Code para ter acesso ao 
resumo sobre Cascata da Coagulação! 
–
 
 2 
 
4. Atualmente, a coagulação é explicada com base em superfícies celulares que ocorrem em quatro 
fases. Indique o nome da fase em que há a liberação de anticoagulantes naturais que impedem 
todo o fechamento do vaso sanguíneo com a coagulação. 
 
a) Iniciação. 
 
b) Alongamento. 
 
c) Amplificação. 
 
d) Propagação. 
 
e) Finalização. 
 
5. (Unesp) Uma das mais importantes propriedades do sangue é sua capacidade de se coagular, o 
que evita a sua perda excessiva quando um vaso é lesado. Assim que o sangue começa a sair 
do vaso lesado, na região do corte: 
 
a) As hemácias e os glóbulos brancos formam um coágulo que retém as plaquetas, paralisando a 
hemorragia. 
 
b) As hemácias formam um coágulo que retém a fibrina e a trombina, paralisando a hemorragia. 
 
c) As plaquetas aderem-se às paredes do vaso e retêm os glóbulos sanguíneos. 
 
d) A protrombina converte-se em trombina, que se adere às paredes do vaso e retém os glóbulos 
sanguíneos. 
 
e) O fibrinogênio converte-se em fibrina, que se adere às paredes do vaso e retém os glóbulos 
sanguíneos. 
 
6. A ativação da cascata de coagulação é a terceira etapa do processo hemostático normal. A 
respeito da cascata de coagulação, assinale a alternativa correta. 
 
a) A cascata intrínseca é ativada pelo fator tecidual (tromboplastina). 
b) Não há interconexão entre as vias intrínseca e extrínseca da cascata de coagulação. 
c) A trombose ocorre por um mecanismo diverso da cascata de coagulação. 
d) A trombina exerce efeito sobre a vasculatura e inflamação locais, aumentando a extensão do 
processo hemostático. 
e) A cascata de coagulação desencadeia uma cascata fibrinolítica, que limita o tamanho do coágulo 
final 
 
7. A doença de Von Willebrand combina a presença da anormalidade da função plaquetária com 
a deficiência da atividade de um fator da coagulação. Este fator é o : 
a) V 
b) VIII 
c) IX 
d) VII 
 
 
 
–
 
 3 
 
 
8. Paciente com tempo de Protombina normal (TP) e tempo de tromblastine parcial ativado (PTTa) 
submetido a teste de mistura (diluição do plasma ao paciente com igual volume de “pool” de 
plasma normal) cujo resultado foi o PTTa não corrigido sugere: 
 
a) Deficiência de um dos fatores da via intrínseca da coagulação. 
b) Presença de anticoagulante lúpico ou inibidor de fator da coagulação. 
c) Deficiência da Proteína C, S ou Antitrombina. 
d) Presença de plaquetopenia. 
 
9. Em qual das alternativas abaixo encontramos somente fatores da coagulação vitamina K 
dependentes? 
 
a) II , V , VIII , IX 
b) V , VII , IX , X 
c) V , X , XII , XIII 
d) II , VII , IX , X 
 
10. No dia 04 de janeiro é celebrado o Dia do Hemofílico. A hemofilia é uma doença hemorrágica, 
caracterizada pela ausência de determinadas proteínas no sangue responsáveis pelo processo 
de coagulação. Sobre o processo de coagulação, é correto afirmar que: 
 
a) o fator tecidual tromboplastina é o ativador da via intrínseca da cascata de coagulação. 
b) a trombina converte o fibrinogênio solúvel do plasma em fibrina. 
c) na cascata de coagulação não há interconexão entre as vias extrínseca e intrínseca. 
d) a via extrínseca da cascata de coagulação é iniciada pela ativação do fator XII, cininogênio e 
calicreína do tecido lesado. 
e) a geração de plasmina nos sítios de lesão potencializa a formação do trombo. 
 
11. Os testes de coagulação são de grande importância clínica para a avaliação de distúrbios 
hemorrágicos e para a avaliação hemostática, principalmente em casos pré-operatórios. Além 
disso, podem detectar deficiências plaquetárias, problemas vasculares e presença de inibidores 
específicos e inespecíficos da coagulação. Dentre os testes realizados, têm-se o TAP e KPTT, que 
avaliam, respectivamente: 
 
A via intrínseca da cascata de coagulação e via extrínseca da cascata de coagulação. 
B via de maturação plaquetária e via extrínseca da cascata de coagulação. 
C via extrínseca da cascata de coagulação e via intrínseca da cascata de coagulação. 
D via intrínseca da cascata de coagulação e via de maturação plaquetária. 
E via de maturação de plaquetas e via de resistência capilar. 
 
12. O exame complementar que possibilita a avaliação da via extrínseca da coagulação é: 
 
A) tempo de protrombina (TP). 
B) tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA). 
C) tempo de trombina (TT). 
D) tempo de sangramento (TS). 
E) contagem de plaquetas. 
 
 
–
 
 4 
 
13. Os testes de TAP (tempo de ativação da protrombina), TTPA (tempo de protrombina parcial-
ativada) e TC (tempo de coagulação) avaliam quais vias da cascata de coagulação, 
respectivamente? 
 
A Extrínseca, intrínseca e intrínseca. 
B Intrínseca, intrínseca e extrínseca. 
C Intrínseca, extrínseca e intrínseca. 
D Extrínseca, extrínseca e intrínseca. 
 
14. A hemostasia tem por objetivo: 
 
a) Interromper o sangramento exclusivamente pela ativação dos fatores de coagulação. 
b) Interromper o sangramento exclusivamente por meio do estágio inicial de adesão (adesão 
plaqueta-endotélio). 
c) Interromper sangramentos provenientes de lesão vascular. 
d) Impedir a circulação sanguínea por meio da formação de trombos. 
 
15. Sobre o fator tecidual: 
 
a) É uma proteína de membrana que funciona como receptor para o fator VII da coagulação. 
b) É uma proteína que não depende de lesão vascular para se expor e desencadear o 
processo de coagulação. 
c) No início da via extrínseca da cascata de coagulação o fator tecidual liga-se ao fator Va. 
d) Esta presente exclusivamente nas células endoteliais vasculares. 
 
16. Com relação a trombina podemos afirmar: 
 
a) Com a formação do complexo “protrombinase” (fator Va/fator Xa) ocorre a conversão de 
trombina em protrombina. 
b) A protrombina é convertida em trombina pela ação da fibrina. 
c) A trombina é originada pelo plasminogênio, atuando na fibrinólise. 
d) Com a formação do complexo “protrombina” (fator Va/fator Xa) ocorre conversão da 
protrombina em trombina. 
 
17. Em relação a antitrombina podemos afirmar que: 
 
a) Trata-se de um inibidor primário específico apenas para a trombina. 
b) Tem efeito inibitório sobre os fatores de coagulação da via extrínseca e da via comum. 
c) É um inibidor primário da trombina, além de ter efeito inibitório sobre os fatores IXa, Xa e XIa. 
d) Inibe a coagulação clivando e inativando a trombina e os fator es de coagulação VIIa e 
VIIIa. 
 
18. A fibrinólise é definida como: 
 
a) Desagregação da fibrina mediada pela plasmina (enzima produzida a partir do fibrinogênio). 
b) Desagregação da fibrina mediada pelo plasminogênio. 
c) Agregação da fibrina mediada pela plasmina (enzima produzida a partir do fibrinogênio. 
d) Agregação da fibrina mediada pelo plasminogênio. 
 
 
 
 
–
 
 5 
 
19. A proteína do plasma denominada fator anti-hemofílico é o: 
 
a) Fator XII. 
b) Fator VIII. 
c) Fator II. 
d) Fator IIa. 
 
20. A adesão das plaquetas auma superfície exposta no tecido conjuntivo em grande parte 
se faz através de uma proteína plasmática secretada pelas células endoteliais e pelas 
plaquetas como intermediárias. Esta proteína é chamada: 
 
a) Fator de Von Willebrand (fvW). 
b) Fibrinogênio. 
c) Fibrina. 
d) Tromboplastina sódica. 
 
21. O sistema fibrinolítico é o principal efetor da: 
 
a) Formação do coágulo. 
b) Agregação plaquetária. 
c) Hemólise. 
d) Remoção do coágulo. 
 
22. Dentre os distúrbios da coagulação que apresentam tempo de protrombina (TAP) normal 
e tempo de tromboplastina parcial ativada (PTT) aumentado, não está a: 
 
a) Deficiência de fator VIII. 
b) Deficiência de fator IX. 
c) Deficiência de fator XI. 
d) Deficiência de fator VII. 
e) Deficiência de fator XII. 
 
23. As plaquetas são fragmentos celulares produz idos por células que estão presentes na 
medula óssea vermelha. Essas células são chamadas de: 
 
a) Leucócitos. 
b) Megacariócitos. 
c) Plasmócitos. 
d) Eritroblastos. 
 
24. Quando ocorre lesão vascular sou exposto para o interior da luz do vaso sanguíneo. 
Tenho afinidade por um fator de coagulação cuja função é avaliada apenas pelo TAP. 
Possibilito a existência da via extrínseca. Eu sou o(a): 
 
a) Fator VII. 
b) Trombina. 
c) Fibrina. 
d) Fator tecidual. 
 
 
 
–
 
 6 
 
25. O sangue é formado por plasma e alguns tipos celulares, como hemácias, leucócitos e plaquetas. 
Entretanto, muitos autores não consideram as plaquetas como células, uma vez que elas são: 
 
a) fragmentos de megacariócitos. 
b) fragmentos de monócitos. 
c) fragmentos de hemácias. 
d) fragmentos de leucócitos. 
e) fragmentos de megamacrófagos. 
 
26. A hemostasia pode ser definida como o equilíbrio entre a hemorragia e a trombose, ou seja, o 
sangue deve correr no sistema circulatório de maneira fluida. O sangue não pode extravasar, o 
que caracterizaria uma hemorragia, e não pode coagular, o que caracterizaria um trombo. 
Para verificação dessa, realiza-se rotineiramente o coagulograma, exame de triagem baseado 
em provas cujo objetivo consiste em evidenciar problemas relacionados aos mecanismos 
vasculares, extravasculares e intravasculares da coagulação. Com relação aos testes utilizados 
para a avaliação da hemostasia e analisando as informações contidas na tabela apresentada, 
assinale a alternativa correta. 
 
a) A: tempo de coagulação. B: tempo de sangramento. C: medida de retração do coágulo. D: 
prova do laço. 
b) A: tempo de protrombina. B: tempo de tromboplastina parcial ativado. C: medida de retração 
do coágulo. D: tempo de coagulação. 
c) A: tempo de sangramento. B: prova do laço. C: medida de retração do coágulo. D: 
determinação do tempo de protromplastina parcial ativado. 
d) A: prova de resistência capilar. B: tempo de sangramento. C: medida de retração do coágulo. 
D: prova do laço. 
e) A: tempo de sangramento. B: tempo de coagulação. C: medida de retração do coágulo. D: 
determinação do tempo de protrombina. 
 
 
 
 
 
 
 
 
–
 
 7 
 
27. Hemostasia é uma série de reações fisiológicas e bioquímicas, que ocorrem em imediata resposta 
à lesão de um vaso sanguíneo, com o objetivo de deter a hemorragia. Para que isso ocorra, é 
necessária a interação entre plaquetas, proteínas da coagulação e sistema fibrinolítico. 
Analisando as afirmativas abaixo, é INCORRETO afirmar que: 
 
a) as plaquetas são fragmentos citoplasmáticos dos megacariócitos da medula óssea. 
b) a Hemostasia é regulada por mecanismos vasculares, extravasculares e intravasculares. 
c) para que a coagulação ocorra de forma adequada, é necessária a ação de vários fatores, como 
o cálcio denominado fator III da coagulação. 
d) na lesão vascular, as células endoteliais secretam o fator tecidual (FT) e o fator de Von Willebrand 
que atuam no processo de coagulação sanguínea. 
e) a trombina catalisa a proteólise do Fibrinogênio em monômeros de Fibrina. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
–
 
 8 
 
Gabarito 
1. Alternativa “c”. As plaquetas são os elementos do sangue relacionados ao processo de 
coagulação sanguínea. As hemácias, ou eritrócitos, transportam o oxigênio, e os leucócitos 
estão relacionados à defesa do organismo. Linfócitos são um tipo de leucócito. 
2. Alternativa “e”. O Fator VIII é deficiente em pessoas com hemofilia A. No caso da hemofilia 
de tipo B, a deficiência é no fator IX. 
3. Alternativa “e”. É na via comum que se forma o complexo ativador de protrombina. Esse 
complexo é responsável pela ativação da protrombina em trombina, que, por sua vez, 
converte o fibrinogênio em fibrina. 
4. Alternativa “e”. Na finalização, o processo de coagulação é contido a fim de limitar a área 
de coagulação e, assim, impedir que o vaso seja completamente fechado (oclusão 
trombótica). 
5. Alternativa “e”. A fibrina é uma proteína fibrosa que garante a formação do coágulo. 
6. Alternativa E 
7. Alternativa B 
8. - 
9. B 
10. B 
11. C 
12. A 
13. A 
14. C 
15. A 
16. D 
17. C 
18. B 
19. B 
20. A 
21. D 
22. D 
23. B 
24. A 
25. Alternativa “a”. As plaquetas são fragmentos citoplasmáticos de células gigantes 
denominadas megacariócitos. 
26. E 
27. C

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes