Buscar

1° SIMULADO - ABORD SOCIOPS DA VIOL E DO CRIME

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

1° SIMULADO 
ABORDAGEM SOCIOPSICOLÓGICA DA VIOLÊNCIA E DO CRIME 
1º 
O(A) _________ é um elemento(a) fundamental na sociedade atual. Ele emerge da conscientização 
de que devemos conviver apoiados em _________ que passam a valer como ______. Aponte a 
alternativa que enumera corretamente os espaços: 
 
 
Sociologia, valores e sentimentos. 
 
Psicologia, sentidos e ideias. 
 
Psicologia, regras e sentimentos. 
 Direito, regras e leis. 
 
Sociologia, regras e leis. 
 
2° 
O tema da violência tem sido uma constante nas discussões sobre o Brasil em oposição a um senso 
comum de que se trata de um povo pacífico, alegre e feliz, ¿abençoado por Deus¿. A violência 
assume diferentes formas na vida cotidiana: física, doméstica, moral. São manifestações dessas 
formas, respectivamente: 
 
 
furto de carros; conflitos entre gangues; desavença entre vizinhos. 
 
desrespeito a determinações constitucionais; uso de algemas na prisão de acusados de 
crimes do colarinho branco; assassinato de homossexuais. 
 ação de policiais, milícias e traficantes em comunidades de periferias; assassinato de 
mulheres; assédio no trabalho e nos transportes. 
 
pátrio poder; estelionato; perseguição a religiões de matriz africana por fundamentalistas. 
 
abuso sexual a menores; acidentes de trânsito com eventuais mortes; impunidade a 
crimes de corrupção. 
 
3° 
Com relação a notificações sobre violência perpetrada contra homossexuais, a Secretaria de Direitos 
Humanos da Presidência da República recebeu, no ano de 2011, 1159 notificações e no ano de 
2012, 3017. Esses dados nos tornam o país campeão deste tipo de violência no mundo. O aumento 
dos casos de violência decorrente do preconceito tem impressionado os especialistas da área de 
segurança pública. Este tipo de ação pode ser compreendida como: 
 
 Uma ação pautada numa lógica preconceituosa, típica de uma sociedade que foi 
construída num molde patriarcal. 
 
Uma ação que consagra a validade de um comportamento moral coletivo. 
 
Uma ação legítima por parte dos agressores tendo em vista que os homossexuais 
ofendem a moral e os bons costumes. 
 
Uma ação pautada num valor coletivo, em que toda a sociedade se reconhece. 
 
Um tipo de atitude capaz de transformar a realidade desses grupos. 
 
4° 
Michel Foucault estabeleceu uma teoria na qual o fenômeno da violência estaria intrinsecamente 
ligado a própria existência do Estado. Nesse sentido, o Estado seria o maior promotor da violência 
na sociedade já que ele não inclui a maioria dos indivíduos em suas políticas públicas e aprisiona 
numa legislação penal os ditos ¿marginais¿. Segundo essa teoria, podemos afirmar que: 
 
 
O homem foi feito para viver no isolamento, não cabendo falarmos em vida coletiva. 
 
A ideia do criminoso é completamente acertada e a sociedade deve aumentar a punição 
sobre estes. 
 Os ¿marginais¿ são uma produção da própria sociedade e ela deve levar em conta essa 
questão na prevenção de futuras práticas criminosas. 
 
O estudo da sociologia da violência não percebe a influência do Estado como produtor de 
desigualdades. 
 
Políticas públicas não reduzem a criminalidade posto que existem indivíduos que são 
fadados ao fracasso no convívio social. 
 
5° 
¿Às vezes, há uma falsa posição que relaciona a questão criminal com a miséria e a pobreza. Os 
mais conservadores fazem essa associação, e isso fica equacionado de uma forma quase ofensiva à 
pobreza. É como se a pobreza produzisse a criminalidade.¿ (Vera Malaguti Batista) No que diz 
respeito à criminalização da pobreza, podemos dizer que: 
 
 A ideia de criminalização parte do pressuposto de que onde há pobreza é mais factível 
que impere o crime. 
 
Pobreza, miséria e exclusão são fatores que sempre geram aumento nos índices 
criminais. 
 
A criminalização da pobreza é uma estratégia direcionada aos pobres no sentido de 
melhorarem as suas condições de vida. 
 
A criminalização da pobreza não encontra lugar no Brasil tendo em vista que temos 
melhorado significativamente os índices sociais. 
 
Criminalização da pobreza é o mesmo que dizer que o fato das pessoas serem 
empobrecidas é um crime. 
 
6º 
O discurso sobre violência praticado no Brasil é uma das ferramentas da mídia para a veiculação de 
periódicos e programas televisivos. NÃO podemos pensar que este discurso é: 
 
 
Amparado em valores enraizados nas famílias e demais instituições do nosso país. 
 Pauta-se numa relação realizadora da transformação social pensada para as camadas mais 
empobrecidas da sociedade. 
 
Hegemônico no que diz respeito a imensa maioria dos canais de informação disponíveis 
para a sociedade. 
 
Legitimado pelas políticas públicas que são empregadas pelo Estado na defesa dos seus 
interesses. 
 
7° 
O conceito de homofobia pode ser entendido num debate de violência de gênero pois: 
 
 
Não está vinculado a uma abordagem histórica cultural no sentido da manifestação da 
sexualidade. 
 
Manifesta uma ideia de que os indivíduos devem ser compreendidos segundo as suas 
especificidades. 
 Consagra uma prática discriminadora em relação aos homossexuais em virtude da opção 
sexual. 
 
É a consagração da maneira correta de viver a realidade, tendo em vista o fato de que o 
comportamento homossexual é patológico. 
 
8º 
Sobre a temática violência e escola, podemos afirmar que: 
 
 
A violência na escola está vinculada a experiências pedagógicas. 
 
Não há formas de realização concretas da violência no âmbito escolar. 
 
Não podemos fazer generalizações sobre a prática da violência que é feita na escola por 
insuficiência de dados. 
 A violência na escola é aquela que ocorre no ambiente escolar sem estar vinculada a 
práticas pedagógicas. 
 
9º 
Marque a alternativa que contém somente medidas sócio-educativas aplicáveis aos adolescentes em 
conflito com a lei: 
 
 
Advertência, reparação de danos e prisão. 
 Advertência, prestação de serviços à comunidade e internação. 
 
Advertência, liberdade assistida e prisão. 
 
Banimento, expulsão e prisão. 
 
10º 
Os conflitos de interesse em uma sociedade são originadores de uma legislação que visa a efetivar a 
paz social entre os indivíduos. Nesse sentido, podemos dizer que: 
 
 
O Direito capacita uma parcela da população para agir segundo as regras que não deveriam 
ser acatadas por todos. 
 
A legislação sobre o trânsito favorece determinada parcela social em detrimento da 
coletividade. 
 Na abordagem dos conflitos que surgem no trânsito, o Direito estabelece uma forma de 
conduta que deve ser seguida por todos. 
 
A legislação sobre o trânsito remonta ao século XV, quando as cortes se movimentavam em 
carruagens.

Outros materiais