Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Histologia - Vasos Sanguíneos

Pré-visualização | Página 1 de 2

Sistema Cardiovascular Fláuber Sousa - Med - 79 – UFCG 
Histologia – Vasos da Circulação 
O sistema de vasos será composto pelos vasos sanguíneos e vasos linfáticos. 
Sistema Circulatório Sanguíneo 
• Os vasos sanguíneos se organizam em Grande Circulação (Macrocirculação) e Pequena 
Circulação (Microcirculação); 
• Macrocirculação: a principal função dos vasos da Grande Circulação é conduzir o fluxo 
sanguíneo: 
o Grandes Arteríolas; 
o Arteríolas Musculares (Médio Porte) e Elásticas (Grande Porte); 
o Veias Musculares. 
• Microcirculação: a principal função é realizar a troca de nutrientes, excreta e gases com o 
tecido: 
o Pequenas Arteríolas; 
o Capilares; 
o Vênulas pós-capilares. 
• A composição dos capilares, tanto nas vênulas 
quanto nas arteríolas, é constituído por 
Endotélio – endotélio sempre possue Epitélio 
Simples Pavimentoso. Ou seja, todo 
revestimento do sistema cardiovascular é 
sempre do tipo Simples Pavimentoso. 
• Por ser Simples Pavimentoso, observa-se 
núcleos achatados. No entanto, as arteríolas 
possuem grande quantidade de fibras elásticas e 
musculares que provocam maior pressão no 
capilar, empurrando o núcleo para o centro do 
vaso e auxiliando na rapidez da condução do 
fluxo sanguíneo 
 O padrão do fluxo sanguíneo é quase sempre: Artéria que diminui de tamanho e se 
ramifica em arteríolas e depois se ramifica em capilares que se anastomosam para formar uma 
vênula e depois em veia. No entanto, em alguns locais, a pressão vascular é alta, nas quais existem 
uma arteríola (pré capilar) que se ramifica nos capilares e esses se unem em uma nova arteríola 
(pós capilar). Essa formação está presente nos glomérulos renais. 
Núcleo do 
Endotélio 
Arteríola 
Pré capilar 
Arteríola 
Pós capilar 
 Pergunta de Prova: A grande maioria das estruturas vão possuir no sentido 
unidirecional uma arteríola, ramificação em capilares e depois uma anastomose para que forme a 
vênula pós capilar. Verdadeiro ou Falso? 
 R: Verdadeiro. A grande maioria possui essa conformação, mas nem todos os fluxos 
são obrigatoriamente: Artéria/Arteríola/Capilar/Vênula/Veia 
 Pergunta de Prova: Existe, nos glomérulos renais, uma entrada por arteríola, 
ramificação em capilares sanguíneos e uma vênula pós capilar. Verdadeiro ou Falso? 
 R: Falso. Os glomérulos renais são um tipo de exceção de fluxo sanguíneo no qual há: 
Arteríola (pré capilar) se ramificando em capilar e esse se anastomosando para formar uma nova 
Arteríola (Pós capilar) e não uma vênula. 
 
• Os capilares sanguíneos são muito finos e sua circunferência 
pode ser composta por até uma célula endotelial, mas na 
maioria das vezes vemos três e no máximo sete células. 
• As células endoteliais dos capilares possuem poucas organelas 
e prolongamentos de membranas para o interior do vaso que faz 
com que os nutrientes passem por pinocitose e por fenestras do 
capilar. 
• Ao redor do endotélio existe a lâmina própria e células 
chamadas Pericitos que defendem ou ajudam na regeneração 
do capilar. 
Tipos de Capilares Sanguíneos 
• Contínuos; 
• Fenestrados com Diafragma; 
• Fenestrados sem Diafragma; 
• Descontínuos (Sinusoides). 
Capilar Sanguíneo Contínuo 
• Não há fenestras nesse tipo de capilar; 
• Os nutrientes passam para os tecidos por 
pinocitose, por isso as células desse 
endotélio possuem muitas vesículas de 
pinocitose; 
• São comuns em células exócrinas. 
Capilar Sanguíneos Fenestrado 
Ambos os fenestrados possuem células com 
poros, ou seja, no interior da célula existem poros 
que facilitam a passagem de nutrientes. 
Possui célula com muitas especializações de 
membranas, nas quais as células estão totalmente 
em contato uma com outra. 
• Com Diafragma 
o Possui uma estrutura mais espeça a 
baixo da lâmina própria; 
o Há maior seletividade/filtração do que 
passa do vaso para o tecido, ou seja, 
nem tudo passa; 
o Estão presentes nas glândulas 
endócrinas, intestino e rim. 
 
Contínuo 
Fenestrado 
Sinusoide 
• Sem Diafragma 
o Não possui uma estrutura muito espeça a baixo da lâmina própria; 
o Possui uma maior troca de substâncias do vaso e tecido, ou seja, menor 
seletividade/filtração; 
o Estão nos glomérulos renais. 
Capilares Sanguíneos Sinusoides 
• Possui poucas especializações de membranas; 
• As células são afastadas umas das outras provocando espaços grandes; 
• Podem passar hemácias por esses espaços; 
• Estão muito localizados no fígado e baço. 
Pergunta de Prova: É comum identificar capilares Sinusoides nos glomérulos renais. 
Verdadeiro ou Falso? 
R: Falso. Capilar sinusoide é o mesmo que capilar descontínuo que são comuns em órgão 
que fazem lise de hemácias, por exemplo, baço e fígado. 
As arteríolas podem formar glomérulos, podem se anastomosar com outras vasos ou possuir 
esfíncter capilares. 
Classificação de Permeabilidade dos Vasos Sanguíneos 
• Passagem Muito Grande – Sinusoides 
• Passagem Grande – Fenestrado Sem Diafragma 
• Passagem Média – Fenestrado com Diafragma 
• Passagem Muito Baixa – Contínuo 
Funções do Endotélio 
• Possui enzimas que convertem Angiotensina I em Angiotensina II; 
• O endotélio produz bradicinina, serotonina, prostaglandinas, norepinefrina, trombina ou 
induz a produção; 
• Fazem a lipólise de lipoproteínas para transportar Triacilgliceróis (TAG) e colesterol; 
• Produção de fatores vasoativos (endotelinas) e vasoconstritivos; 
• Participam da regulação da pressão vascular. 
Vasos Sanguíneos de Maior Calibre 
• Quanto maior o calibre, maior será a 
organização das estruturas em volta ao 
endotélio e lâmina própria. 
• Túnicas de Revestimento: 
o Íntima (camada mucosa): mais 
interna e possui Epitélio Simples 
Pavimentoso e lâmina própria com 
ou sem fibras elásticas que estarão 
presentes no subendotélio. 
o Média: varia muito quanto a 
composição, mas pode ter ou não 
grande quantidade de tecido 
muscular liso ou fibras elásticas. 
Possui grande quantidade de 
Colágeno tipo III. 
o Adventícia: mais externa e, geralmente, possui colágeno tipo I e é mais lisa. Nessa 
túnica, alguns vasos possuem vasos menores que irrigam ele próprio, nomeamos 
esses vasos pequenos de vasa vasorum (vem dos mesentérios) – vaso dos vasos. 
 
Arteríolas 
• Os núcleos do endotélio das arteríolas ficam 
voltados para o interior do vaso (pula para o 
interior), pois redor do endotélio existe 
musculo liso e fibras elásticas que 
comprimem o endotélio para o interior do 
vaso. 
• Possui mais músculos do que fibras 
elásticas. 
• Não possui lâmina elástica interna 
 
Artérias de Médio Calibre (Musculares) 
• Na túnica íntima possui lâmina 
elástica interna 
• Na túnica média possui grande 
quantidade de tecido muscular 
liso 
• A túnica adventícia é rica em 
tecido conjuntivo e vaso vasa 
vasorum 
Essas Artérias também podem ser 
chamadas de Artérias Musculares, pois 
possuem mais fibras musculares e 
menos elásticas em comparação as 
Artérias de Grande Calibre. 
 
 
 
 
Artérias de Grande Calibre (Elásticas) 
• Na túnica íntima há fibras elásticas 
internas 
• Na túnica média há grande quantidade 
de fibras elásticas junto com as fibras 
musculares 
• Na túnica adventícia há vasa vasorum 
 
Pergunta de Prova: Artérias de grande 
calibre é o mesmo que artéria muscular, 
verdadeiro ou falso? 
R: Falso, artéria de médio calibre é o 
mesmo de artéria muscular. Artéria de grande 
calibre é o mesmo de artéria muscular, porque 
as artérias de grande calibre possuem grande 
quantidade de fibras elásticas; 
 
 
 
Gráfico Sobre Características dos Vasos Sanguíneos (Cobra Muito) 
• TEM QUE DECORAR O GRÁFICO! 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
• Nas artérias de grande calibre que também é chamada de artéria elástica haverá muito 
material elástico; 
• Em vasos condutores (todos, exceto o capilar que é um vaso de troca) a permeabilidade é 
muito baixa; 
• Artéria de Médio calibre tem mais músculos que a Artéria de Grande Calibre e Capilares. 
• A pressão vascular nas
Página12