A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Semiologia Dermatologica

Pré-visualização | Página 1 de 2

DERMATO 
A principal função da pele é revestimento e proteção, mas não é só isso. A pele excreta sódio, 
potássio, água, bicarbonato, funciona na termorregulação(homestasia) , sudorese, reserva 
energética (gordura), além de questões hormonais (hormônios maturados não pele), imunológica 
(células de langerhans captam e processam antígenos, apresentam ao sistema imunológico, 
alergia etc) e vitamina D 
Existem três camadas da pele, a mais externa é a epiderme, mais resistente, fazendo caracter 
impermeável da pele, na epiderme ainda tem os melanócitos que faz o pigmento da pele, logo 
abaixo vem a derme onde tem bastante matriz extracelular, colágeno, mantém a elasticidade da 
pele, tem muitos vasos, muitas terminações nervosas e abaixo a hipodérme, que é 
principalmente tecido adiposo, reserva energética e isolamento térmico. 
 
Queimadura profunda tende a doer menos, já destruiu as terminações nervosas. 
A queimadura de 3º grau não dói, não tem terminação nervosa nenhuma. 
Anamnese 
 Idade, sexo, etnia (algumas são mais comuns em negros outras em brancos) 
 Procedência geográfica (se o cara é de salvador e não viajou, não vou suspeitar de 
leishmaniose) 
 Estação do ano (algumas coisas são mais comuns no verão devido a fotoesposicao, na 
primavera é mais comum processos alérgicos) psoríase melhora c sol por exemplo 
 Ocupação 
 Nível sócio-econômico (hanseniase é mais comum em nível socioeconômico baixo) 
pediculose/piolho 
 Antecedentes patológicos 
 
Anamnese dermatológica: 
 Morfologia da lesão (forma da lesão, se é redonda, em estrela) 
 Tempo de evolução (se é aguda (ate 4 semanas) ou crônica (não é de hoje - 3 meses) ) 
“uma doença crônica pode cursar com lesões agudas”. 
 Início dos sinais e sintomas 
 Época de aparecimento 
 Distribuição (focal/só em um lugar ou segmento/braço inteiro, etc/corpo todo) 
 Organização (se ficam juntas, faz faixa, etc) 
 Maneira de progressão (algumas começam de fora p dentro, de baixo p cima, de cima p 
baixo) 
 Fatores de piora 
 Fatores de melhora 
 Desencadeantes 
 Sintomas associados (coceira/prurido, febre, dor de cabeça.... perguntar outros sintomas 
que não tem necessariamente a ver com a creca) 
 
 
Exame físico: 
 Paciente despido 
 Local bem iluminado 
 Inspeção pele e mucosas (se aperta some? Pega uma lâmina, coloca em cima, aperta e 
vê, serve copo de vidro ou qualquer coisa transparente) 
 Palpacao 
 Exame físico geral (SEMPRE) 
 Coloração (palidez, hiperemia, cianose, icterícia (amarelada, acúmulo de bile ou 
hemólise) x carotenose (pigmento amarelo alaranjado que pode ser depositado por 
alimentos, cenoura por exemplo, excesso de vitamina A na dieta) 
 Lesão acima ou abaixo do sulco nasolabial? 
 Umidade (seca ou úmida) 
 Textura (pele fina, normal, áspera, enrugada) 
 Espessura (normal, atrófica/ repuxada, espessada) 
 Sensibilidade (dolorosa, tátil , térmica (pega algo gelado e coloca na lesão ou até hás-te 
do esteto e vê se ele sente) 
 Elasticidade e mobilidade (esclerodermia a pele fica dura) 
 Turgor - capacidade de voltar rápido, no idoso é diminuído, tem a ver com 
hidratação(normal, diminuído) 
 Temperatura (local, se tem calor local) 
 
Pele áspera, enrrugada, 
provavelmente espessa, 
elasticidade reduzida. Possível 
paciente com mais idade ou não 
com muita fotoexposicao. 
Ocupação diz muito, as vezes é 
um trabalhador rural, essa é uma 
pele muito fotoexposta. 
 
Lesões elementares 
 AVALIAR : 
- Forma 
- Bordas 
- Cor 
- Localização 
- Superfície 
Primárias: não é precedida de outra alteração cutânea (já é daquele jeito, não tem nada que vira 
aquilo) 
Secundárias: evolução das lesões primárias 
 
Lesões elementares: 
 
g 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lesões elementares primárias 
Mancha: alterações planas e impalpáveis, resultado da alteração da coloração da pele: 
 Pigmentares : acrônicas, hipocromicas ou hipercromicas 
 Vasculares: desaparece a digitopressao . Ex: eritema e telangiectasia 
 Hemorrágicas: não desaparece a digitopressao . Ex: petequia e equimose 
 Deposição pigmentar: bilirrubina, hemossiderina, corpo estranho (tatuagem) Mácula até 
1cm X mancha > 1cm 
Primárias: 
 Mácula/Mancha 
 Pápula 
 Placa 
 Nódulo 
 Vesícula 
 Bolha 
 Pústula 
 Abscesso 
Secundárias: 
 Escama 
 Crosta 
 Escara 
 Erosão/Escoriação 
 Fissura 
 Fístula 
 Úlcera 
 Liquenificação 
 Atrofia 
 Cicatriz 
Lesões palpáveis, elevadas e sólidas: 
 Pápulas : até 1 cm (um carocinho pequeno) 
 Placa > ou igual 1cm (relevo grande, por coalescência de pápulas) 
 Nódulo >1cm, mais profunda e firme que pápulas além de maior, é o que difere eles 
 Urtica: lesão eritematoedematosa (coceira) 
 Vegetação: lesão elevada, pediculada ou não, de superfície irregular (verruga) 
 
Elevações superficiais e circunscritas da pele, formadas por uma coleção líquida ou 
prulenta: 
-Vesícula: até 1cm (bolha pequena) 
-Bolha: >1cm 
-Pústula: conteúdo purulento (conteúdo inflamado tipo espinha) 
Elevação dermo-hipodérmica : Abscesso 
Lesões elementares secundárias 
Perda de superfície cutânea 
 Erosão: perda de epiderme superficial, não sangrante (quando bolha rompe, não causa 
cicatriz, tipo herpes labial) 
 Úlcera: perda até da derme, resulta uma cicatriz 
 Fissura: fenda linear na pele (rachadura) fungo, friera entre os dedos, mão ou pé de 
trabalhador rural 
Material sobre a superfície cutânea: 
 Crosta: resíduo ressecado da serosidsde, sangue ou pus 
 Escama: lâmina epidérmica desprendida (despela) ex: pitiríase 
 Escara: tecido necrótico (úlcera com conteúdo necrótico) 
Outras: 
 Fístula: caminho que abre que não deveria existir. 
 Liquenificação: espessamento da pele, com acentuação das estrias 
 Atrofia: pele fina,lisa,translúcida e pregueada 
 Cicatriz: reposição de tecido destruído por tecido fibroso 
- Atrófica : deprimida 
- Hipertrofica: não ultrapassa os limites da ferida 
- Queloidiana : ultrapassa o limite da cicatriz 
 
Lesões Primárias : 
 
1- mancha acromica, mais comum em negros 
2- mancha hipercrômica 
 
1- mancha hipercromica de base eritomatosa 
2- mancha vascular, hipercromica, eritomatosa, com um vasinho ali, pequenas pápulas. 
 
1- peteques devido à fragilidade vascular, púrpura palpável 
2-são ecmoses, se apertar não some 
 
Podia dizer que é mancha, mas se tocar tem relevo, é placa, a segunda com algumas crostas de 
descamação. Ao lado tá entre pápula e nódulo, mas provavelmente um nódulo, provável 
carcinoma basocelar (principal câncer de pele). 
 
1- tem umas placas que se juntam formando placonas (urtica) provavelmente comeu algo que 
desencadeou reações alérgica 
2- lesão vegetante, vegetação 
 
1- dedo vesículas, abaixo bolha 
2- pápulas e pústulas (acne) 
3- abcesso 
Lesões Secundárias: 
 
1- várias vesículas, algumas com erosão e outras com formação de crostas (herpes no estágio 
mais avançado) 
2- úlcera mais profunda, querendo virar escara 
3- mão com fissura 
 
1- mancha hipercromica crostosa 
2- placa, típica escamação (psoríase) 
3- úlcera com conteúdo necrótico (escara) 
 
 
1- pele liquenificada, relacionada a lesões crônicas 
2- cicatriz atrofica com Acromia/sem pigmentação (pensa logo em vitiligo ou cicatriz) 
 
1- atrofia hipertrofica 
2- cicatriz queloidiana 
 
 
 
 
REVISÃO 
 
1-circinada - mancha hipercromica, se for menor mácula 
2- pápula 
3-placa com escamas 
4-nódulo (carcinoma basocelular) 
5-urtica (calombos alérgicos) 
6-vesículas