A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
SISTEMA TEGUMENTAR

Pré-visualização | Página 1 de 2

1 
SISTEMA TEGUMENTAR Revisão – Histologia 
 
Sistema 
tegumentar 
 
O tegumento protege o corpo e ajuda a manter a temperatura 
corporal. O tegumento é com 
 
 
Tecido epitelial 
 
Constituído por células poliédricas (muitas faces), justapostas e com 
pouca matriz extracelular, geralmente estão aderidas firmemente 
umas às outras por junções intercelulares. 
 
Especialização da superfície basolateral: 
➺ Interdigitações: auxiliam na coesão e comunicação entre as 
células. Esta adesão é devido as 
glicoproteínas chamadas caderinas. 
 
➺ Junções de oclusão: podem ser 
de: adesão (hemidesmossomos, 
desmossomos, zonulas de adesão), 
impermeáveis/ vedação (previne o 
fluxo de material intracelular) e 
comunicação (junções gap). 
 
 
Especialização da superfície apical: 
➺ Microvilosidades: projeções em 
forma de dedos, podendo ser longas ou curtas. Presente no intestino 
delgado e nos túbulos proximais dos rins. 
 
➺ Estereocílios: microvilos longos e ramificados. Aumentam a área 
de superfície da célula. Presentes no epidídimo e ducto deferente. 
 
➺ Cílios: prolongamentos móveis, com movimento de vai e vem. 
Encontrados na traqueia. 
 
➺ Flagelos: semelhantes aos cílios, mas são mais longos e únicos. 
Encontrados nos espermatozoides. 
 
Os epitélios podem ser de: 
 
➀ Revestimento: as células recobrem a superfície externa do corpo 
ou cavidades internas. Os epitélios de revestimento podem ser 
simples (uma só camada de células), estratificado (mais de uma 
camada). 
 
Podem ser classificados de acordo com a forma das células, em: 
➺ Pavimentoso: células achatadas com núcleos alongados. Pode ser 
encontrado em vasos (endotélio) ou revestindo cavidades grandes e 
recobrindo estes órgãos (mesotélio) 
 
➺ Estratificado: 
- Cúbico (ductos excretores), 
- Prismático/transição (epitélio que pode ser distendido, encontrado 
na bexiga e ureter) 
- Pavimentoso (forma várias camadas, revestem cavidades úmidas, 
sujeitas a atrito e forças mecânicas). 
 
➺ Pseudoestratificado: formado por apenas uma camada de 
células, mas os núcleos são vistos em diferentes alturas do epitélio, 
dando a impressão de várias camadas. 
 
➁ Glandular: células que secretam, sintetizam, armazenam e 
eliminam proteínas (pâncreas), lipídios (adrenal e glândulas sebáceas) 
ou carboidratos e proteínas (glândulas salivares). As glândulas 
mamárias secretam proteínas, lipídios e carboidratos. 
 
 Tipos de glândulas: 
➺ Glândulas unicelulares (células caliciformes) 
 
➺ Multicelulares: ácinos serosos ou túbulo mucoso. Os ácinos são 
pequenas porções secretoras formadas por células colunares, com 
lúmen reduzido e arredondadas. Os túbulos mucosos, são alongados, 
tubulares e as vezes únicos, tem lúmen dilatado, as células são largas, 
citoplasma pouco corado. 
 
➺ Glândulas exócrinas: ligadas ao epitélio de origem. 
 
➺ Glândulas endócrinas: não tem ductos, suas secreções são 
lançadas no sangue e transportadas até o seu local de ação. 
- Merócrinas: a secreção é 
acumulada em grãos de 
secreção e liberada pela célula 
por exocitose. Ex: pâncreas. 
- Holócrinas: a secreção é 
eliminada junto com a célula. 
Ex: glândulas sebáceas. 
- Apócrinas: a secreção é 
eliminada com pequenas 
porções do citoplasma. Ex: 
glândula mamária. 
 
TECIDO CÉLULAS MATRIZ 
EXTRACELULAR 
FUNÇÃO 
Nervoso Longos 
prolongamentos 
pouca Transmissão 
impulsos nervosos 
Epitelial Poliédricas 
justapostas 
pouca Revestimento da 
superfície ou de 
cavidades 
Muscular Alongadas 
contráteis 
moderada Movimento 
Conjuntivo Vários tipos, fixas e 
migratórias 
abundante Apoio e proteção 
2 
SISTEMA TEGUMENTAR Revisão – Histologia 
 
 
 
 
 
 
Número de camada de 
células 
Forma das células Localização Função 
Simples 
 (1 camada) 
Pavimentoso 
 
Revestimento de vasos 
(endotélio), revestimento 
cavidade pericárdica, pleura e 
peritoneo (mesotélio). 
Proteção das vísceras (mesotélio), transporte 
ativo por pinocitose e secreção de moléculas. 
Cúbico 
 
Revestimento externo do 
ovário, ductos excretores, 
glândulas e folículos 
tireoideanos. 
Revestimento, secreção. 
Prismático 
 
Revestimento do lúmen do 
intestino e vesícula biliar. 
Proteção, lubrificação, absorção, secreção. 
Pseudoestratificado 
(células com núcleos em 
diferentes alturas, 
apoiadas na lamina basal) 
Prismático 
 
Revestimento da traqueia, 
brônquios e cavidade nasal. 
Proteção, secreção, transporte pr cílios de 
partículas aderidas ao muco nas passagens 
respiratórias. 
Estratificado 
(mais de uma camada) 
Pavimentoso queratinizado 
(superfície seca) 
 
 
Epiderme Proteção, previne a perda de água. 
Pavimentoso não queratinizado 
(superfície úmida) 
Boca, esôfago, vagina, canal 
anal. 
Proteção, previne a perda de água. 
Cúbico
 
 
Glândulas sudoríparas, folículos 
ovarianos em crescimento. 
Proteção, secreção. 
Transição 
 
 
Bexiga, ureter, cálices renais. Proteção, distensibilidade. 
Prismático/colunar Membrana conjuntiva do olho. Proteção. 
3 
SISTEMA TEGUMENTAR Revisão – Histologia 
 
 
 
Tecido conjuntivo 
Células do tecido conjuntivo: 
Macrófagos: realizam a pinocitose e fagocitose, são derivados de 
células precursoras da medula óssea. 
Os monócitos cruzam a parede das vênulas e capilares e penetram 
no tecido conjuntivo, onde amadurecem e se tornam macrófagos. 
Sendo assim, os monócitos e os macrófagos são a mesma célula, mas 
em estágios diferentes de maturação. 
 
Tipo celular Localização Função 
Monócito 
 
Sangue Precursor dos 
macrófagos 
Macrófago Tecido 
conjuntivo e 
órgãos 
linfoides 
Fagocitose, 
secreção de 
citocinas e 
antígenos 
Célula de Kupffer Fígado Fagocitose, 
secreção de 
citocinas e 
antígenos 
Micróglia SNC e SNP Fagocitose, 
secreção de 
citocinas e 
antígenos (vigia 
do sistema 
nervoso) 
Célula de Langerhans Pele Apresentação 
e 
processamento 
de antígeno 
Célula dentrítica 
 
Linfonodo Apresentação 
e 
processamento 
de antígeno 
Osteoclasto Osso (fusão 
de vários 
macrófagos) 
Digestão do 
osso 
 
 
Fibras: os três principais tipos de fibras presentes no tecido 
conjuntivo são as colágenas, reticulares e as elásticas. As colágenas 
e reticulraes são formadas pela proteína colágeno e as elásticas são 
compostas por elastina. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tecido conjuntivo propriamente dito: 
➺ Tecido conjuntivo frouxo: preenche os espações entre as células 
musculares, forma camadas ao redor dos vasos sanguíneos, 
encontrado em estruturas sujeitas a atritos pequenos e pressão; 
como a derme, hipoderme, membranas que revestem o peritônio e 
a pleura. 
As células mais numerosas são os fibroblastos e os macrófagos, tem 
colágeno e elastina. Sua consistência é delicada, flexível, bem 
vascularizada e sem muita resistência a trações. 
 
➺ Tecido conjuntivo denso: oferece resistência e proteção aos 
tecidos, é menos flexível e mais resistente que o tecido conjuntivo 
frouxo. 
Tecido denso não modelado: as fibras colágenas são organizadas em 
feixes sem uma orientação definida. 
 
➺ Tecido denso modelado: tem feixes de colágeno e fibroblastos, 
conecta os músculos estriados aos ossos, formando os tendões 
(inextensíveis). 
 
➺ Tecido elástico: feixes espessos de fibras elásticas, presente 
nos ligamentos amarelos da coluna vertebral e no ligamento 
suspensor do pênis. 
 
➺ Tecido reticular: rede tridimensional que suporta as células de 
alguns órgãos, prove uma estrutura especial para órgãos linfoides e 
hematopoiéticos (medula óssea, linfonodos e nódulos linfáticos e baço).