A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
ZOOTECNIA DE RUMINANTES - MELHORAMENTO GENÉTICO

Pré-visualização | Página 1 de 1

ROTEIRO APRESENTAÇÃO – MELHORAMENTO GENÉTICO 
ZOOTECNIA DE RUMINANTES 
RUMINANTES ESCOLHIDOS 
Raça: Red Angus Raça: Girolando 5/8 
Nome: Hxc Declaration Nome: Touro Astronauta 
Tipo: Animal de corte Tipo: Produção de Leite 
 
RED ANGUS / HXC 
Características 
Originalmente escocês o Angus surgiu no Brasil por 
volta de 1906. Entre eles podemos encontrar o 
Aberdeen Angus e o Red Angus. São animais que 
fazem parte do mesmo grupo. Embora a cor vermelha 
seja um gene recessivo, o que significa que mesmo d 
um cruzamento entre vaca e touro de coloração preta 
possa vir a gerar um animal avermelhado. 
● Habilidade materna; 
● Precocidade sexual; 
● Facilidade do parto; 
● Eficiência alimentar; 
● Carne saborosa e macia. 
É uma raça de produção extrema no campo e que 
disponibiliza uma carne ótima, acompanhada de 
índice bom de marmoreio e uma capa gordurosa 
dotada de uniformidade e espessura. 
Existem ainda alguns pontos a terem melhoras, 
porém, trata-se de um animal resistente a 
carrapatos, e que se adapta ao clima brasileiro por 
meio da seletividade de animais que apresentam 
pêlos lisos e curtos, com a coloração 
avermelhada. 
SIGLAS REFERENTES AOS ÍNDICES MAIS 
IMPORTANTES NO QUE DIZ RESPEITO AO 
POTENCIAL DO ANIMAL 
PC (Peso da Carcaça): Expresso em libras, indica 
a diferença de peso da carcaça quente da 
progênie de um touro. A média esperada na raça 
é de + 0.37 o animal apresentado tem 54. 
 RCARC (Rendimento de Carcaça): Esta 
característica inclui informações de peso da 
carcaça quente, área de olho de lombo e gordura. 
Considera medidas de ultrassom in vivo e medidas 
pós-abate. A média esperada na raça é de + 0.10 
o animal apresentado tem + 0.10 
AOL (Área de Olho de Lombo): É a medida da 
área da secção transversal do músculo 
longíssimos dorsi da progênie de um touro. 
Valores mais altos estão correlacionados ao maior 
rendimento de carcaça. A média esperada na raça 
é de + 15 o animal apresentado tem 0.29 
MELHORAMENTO GENÉTICO 
Os filhos desse Taurino tendem a ser promissores. 
Com um grande ganho no peso de carcaça (PC) e 
no Marmoreio (MARM) em comparação com a 
média da raça, fazendo sua carne ser ainda mais 
nobre. Esse animal apresenta também uma 
grande capacidade de crescimento de nascimento 
a sua progênie até um ano de idade (PANO), o que 
pode garantir às próximas gerações um enorme 
ganho corporal do animal ainda jovem. 
 
GIROLANDO / TOURO ASTRONAUTA 
Características 
 
As primeiras notícias do surgimento desses 
animais datam da década de 40. Pelos anseios 
dos criadores brasileiros, começaram a praticar o 
cruzamento de Gir com o Holandês intensamente, 
procurando que as duas raças se 
complementassem com rusticidade e 
produtividade. Atualmente o Ministério da 
Agricultura, juntamente com as associações 
representativas traçaram as normas para a 
formação do Girolando - Gado Leiteiro Tropical 
(5/8 hol + 3/8 gir - Bi Mestiço) -, transformando-o 
em prioridade nacional. 
• Boa capacidade de auto-regulação da 
temperatura corporal, permitindo a produção de 
leite em alto nível, mesmo nas condições tropicais 
brasileiras. 
• Resistência ao carrapato. 
• Docilidade, o que simplifica 
significativamente o trato com os animais da raça 
girolando. 
• As fêmeas possuem o úbere bem irrigado 
e aparelho mamário bem desenvolvido. 
• Estrutura corporal compatível com o seu 
perfil reprodutivo. Apresenta estatura média e 
conformidade corporal bem estruturada, com 
musculatura e ossos fortes. 
• Excelente perfil reprodutivo e fecundidade. 
Sob condições ideais, as vacas girolando 
conseguem parir até 1 bezerro por ano. 
• A primeira cria pode ser induzida aos 30 
meses, ao passo que, o seu pico de produtividade 
ocorre até os 10 anos. Contudo, tem potencial 
ROTEIRO APRESENTAÇÃO – MELHORAMENTO GENÉTICO 
ZOOTECNIA DE RUMINANTES 
para produzir leite de modo satisfatório até, 
aproximadamente, os 15 anos. 
• São responsáveis por quase 80% do leite 
produzido no Brasil. 
Touro 
MELHORAMENTO GENÉTICO 
Possui taxa de fertilidade média e suas filhas 
produziram 1000kg de leite a mais por lactação. 
Ele tem 80% de confiabilidade, ou seja, tem 80% 
de chance de que os filhotes herdarem suas 
características genéticas. 
A desvantagem desse touro é que suas filhas 
podem receber a característica de ter o parto 
quatro dias mais tarde do que a média - Isso tem 
52% de confiabilidade