A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
DISTÚRBIOS DE CRESCIMENTO E DIFERENCIAÇÃO CELULAR

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 
 
Patologia 
 
 
 DISTÚRBIOS DE CRESCIMENTO E 
..... DIFERENCIAÇÃO CELULAR 
 Priscila Maria Rodrigues Araújo/3° Período 
O crescimento celular está associado à 
multiplicação das células, sendo responsável 
por formar conjuntos celulares que vão 
compor os indivíduos. 
Já a diferenciação celular é uma espécie de 
especialização morfológica e funcional das 
células, dessa maneira ocorre a formação de 
tecidos e órgãos, permitindo o 
desenvolvimento do organismo. 
 Alterações celulares 
 Alteração do volume celular 
- Hipertrofia 
 Aumento do tamanho das células, e 
consequentemente do órgão relacionado. 
Tem como causas a estimulação hormonal e 
o aumento da demanda funcional, podendo 
ser: 
Fisiológica: como na gravidez, com o 
aumento do músculo liso para a acomodação 
do útero aumentado. 
Patológica: um exemplo é a hipertrofia do 
músculo cardíaco em razão da hipertensão ou 
da aterosclerose. 
- Hipotrofia 
Redução do volume celular por desuso ou 
perda de componentes estruturais, associado 
a redução do funcionamento normal da célula. 
 Atrofia senil (redução da atividade 
metabólica em razão do 
envelhecimento do organismo); 
 Atrofia por desuso; 
 Atrofia hipoalimentar (decorre do 
uso das proteínas musculares como 
fonte de energia pelo esgotamento 
de outras reservas) 
Além desses exemplos de hipotrofia, essa 
também pode estar associada a perda de 
inervação ou a perda da estimulação 
endócrina. 
 Alteração da taxa de divisão celular 
- Hiperplasia 
Aumento do número de células de um tecido 
ou órgão, acontecendo apenas em células 
lábeis e estáveis 
Fisiológica: hiperplasia hormonal; 
proliferação do epitélio glandular da mama 
durante a gravidez, útero na gravides por 
exemplo. 
Patológica: hiperplasia endometrial (pelo 
excesso de estímulo estrogênico), tireoidiana, 
são alguns exemplos. 
- Hipoplasia 
Diminuição do número de células, podendo 
ser: 
Fisiológica: como por exemplo a involução do 
timo na puberdade 
Patológica: como a hipoplasia da medula 
óssea causada por agentes tóxicos ou 
infecções 
 Alteração da diferenciação celular 
- Metaplasia 
Alteração reversível onde um tipo celular A é 
substituído por células B da mesma linhagem, 
já que a B será mais resistente à estímulos 
nocivos (isso não significa que ela tem melhor 
funcionalidade) 
Sendo então, uma reprogramação de células 
tronco que se diferenciam em células de 
outros tipos de tecidos, causada por estímulos 
agressores. 
A irritação crônica causada pela fumaça do 
cigarro pode legar a um quadro de metaplasia 
 
2 
 
 Alteração do crescimento e 
diferenciação celular 
- Displasia 
É caracterizada pelo crescimento e pela 
diferenciação das células, podendo ou não 
ocasionar um câncer. 
Nas displasia observa-se células com 
tamanhos e outras características alteradas, 
resultando, assim, em um desenvolvimento 
anormal dos tecidos. 
Alguns exemplos de displasia são 
 Displasia ectodérmica: o crescimento 
dos tecidos derivados da ectoderma é 
comprometido (alterações nos cabelos, 
dentes, unhas e glândulas) 
 Displasia fibrosa: substituição do osso 
normal por tecido conjuntivo fibroso. 
 
- Anaplasia 
É caracterizada por uma intensa proliferação 
celular e transformação de células e dos 
núcleos diferenciadas em indiferenciadas. 
A partir disso observa-se 
 Pleomorfismo celular – formas e 
tamanhos das células tornam-se 
variados 
 Núcleos hipercromáticos 
 Mitoses atípicas 
 Formação de células tumorais 
gigantes.