A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Prótese fixa - Introdução a prótese fixa

Pré-visualização | Página 1 de 1

Prótese fixa
Introdução a prótese fixa 
Resumo prótese fixa – Vanessa Wunsch
● Terminologias:
Na prótese sobre dentes, deve-se trabalhar, a forma, a cor a semelhança com o homologo 
Podem ser: 
· Fragmentos de cerâmicas – Facetas, lentes de contato
· Prótese parcial fixa – Substitui um dente ausente
São restaurações protéticas que ficam e não são removidas pelo paciente, substituem um ou mais dentes ausentes. São também chamados de ponte. 
→ Com relação a carga mastigatória.
Prótese dentosuportada – Cimentada sobre o dente transmite força para o osso através do LP
Prótese mucosuportada – A carga passa para o osso através da mucosa (prótese total) 
Prótese sentomucosuportada – Prótese parcial removível 
Coroa
Restaurações cimentada que recobre ou reveste a superfície externa da coroa clinica 
Deve reproduzir a anatomia e a morfologia dos contornos das porções coronárias do dente quando desempenha sua função. Deve garantir sua função e estética. 
Cuidado com o órgão pulpar e o periodonto. 
Coroa total 
Recobre toda a coroa clinica e suas perdas. Pode ser inteiramente feita de uma liga de ouro e outro metal que não sofra a corrosão, de cerâmica fundida sobre o metal, de material totalmente cerâmico, de resina e metal ou apenas resina. 
Coroa parcial 
Recobre apenas partes da coroa dental. 
● Restaurações intra coronárias fundidas:
Se ajustam aos contornos anatômicos internos da coroa clinica. Restaurações expulsivas. 
Inlay
Restaurações em dente unitário por lesão próximo-oclusal ou gengival com extensão mínima ou moderada. Pode ser liga de ouro ou metal cerâmico. É uma MOD clássica e não pega nenhuma cúspides
Onlay
Útil para tratar dentes posteriores com lesão mais extensas. É uma MOD que recobre algumas cúspides 
Overlay
MOD que recobre todas as cúspides, mas não a cervical
Faceta
Camada de porcelana da região vestibular em dentes de bom estado e que exijam mais estética. Invade um pouco a proximal para cimentar e esconder.
É constituída de uma fina camada de porcelana de cerâmica funfida ligada a face vestibular do dente com uma resina apropriada. 
A adesão é o processo mais importante 
Lentes de contato
Recontorno, forma (É uma faceta bem mais fininha) 
● Estruturas da prótese fixa. 
Ponte fixa
A prótese fica permanentemente ligada a dentes remanescentes e substitui ao mesmo tempo, um ou mais dentes ausentes.
Pilar
Dente que ser de inserção e suporte. Sustenta a prótese, absorve a carga mastigatória. A coroa do pilar tem que ser preparada. Limite até 2 ou 3 dentes 
Pôntico
Dente artificial que fica suspenso entre os pilares e fica no lugar do espaço vazio, do dente ausente 
Retentores
Restaurações extracoronárias cimentadas aos pilares preparados que ficam ligados ao pôntico 
Conectores
Ligam os pônticos aos retentores. Ficam na interproximal e soldam. E podem ser rígidos ou não rígidos 
 (
Pôntico
) (
Retentor
) (
Pilar preparado 
)
A carga aumenta a cada aumento de espaço 
● As restaurações protéticas podem ser:
Unitária 
Coroas dentárias individuais. Vai estar em cima de um dente 
Múltiplas
Não são cimentados individualmente. Não consegue passar o fio dental (ponte) 
O preparo com finalidade protética tem que se observar a quantidade de estrutura dental. A estrutura dentária vai ser desgastada, diminuído a forma do dente para criar espaço para o material restaurador.