A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Estágios do Luto

Pré-visualização | Página 1 de 1

O luto refere-se a um conjunto de reações emocionais
e psicológicas decorrentes de uma perda de algo ou
alguém por quem se tinha grande estima. 
Quanto maior o vínculo com o objeto ou pessoa que
perdeu, mais será o sofrimento.
Cada pessoa sentirá e demonstrará as suas emoções e
sentimentos individualmente, sem haver um
comportamento determinado para todas as pessoas.
Segundo Freud (2013), no processo de luto, a pessoa
passa por período de tristeza e sofrimento profundo,
demonstrando desinteresse quem qualquer atividade e
incapacidade.
Melanie Klein afirma que para o sujeito, a perda também
pode ser de forma simbólica. 
Elisabeth Kluber-Ross criou um modelo do luto que se
divide em cinco estágios.
Nem todas as pessoas manifestam os cinco estágios na
mesma ordem, mas experimentam pelo menos dois dos
cinco estágios. 
 
Estágios do Luto
Jéssica Alves- Psicologia
Negação: o indivíduo
nega a realidade da
perda. “Isto não está
acontecendo comigo”.
1º
Raiva: o indivíduo
expressa revolta
sobre a perda. 
2º
3º
5º 4º
 Barganha: o
indivíduo começa a
propor trocas ou
mudanças no intuito
de reverter a
situação de perda.
Depressão: o indivíduo se
sente impotente diante da
perda, com isso, apresenta os
sentimentos de tristeza,
melancolia, culpa, intenso
desânimo e desesperança. 
Aceitação: neste estágio, o
indivíduo já está ciente da
realidade da perda,
podendo compreender o
que aconteceu de fato e
estando pronto para aceitar
e “seguir em frente”.