A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Resumão de Crase

Pré-visualização | Página 1 de 1

RESUMÃO DE CRASE 
 
É a fusão de preposição "a" e do artigo definido feminino "a". Para indicar a crase, o "a" recebe o 
"acento grave”. Ela se dá pela regência verbal (quando completa o verbo), pela regência nominal 
(quando completa substantivo, adjetivo ou advérbio) e também ocorre em locuções adverbiais, 
prepositivas e conjuntivas. 
 
➥ Casos proibidos: 
● Antes de masculino ​ = Andamos ​a​ ​cavalo​ ontem. 
● Antes de plural (a + plural) ​ = Refiro-me​ ​a​ ​mulheres​ jovens. 
● Antes de pronomes ​ = Diga ​a ​ ​ela ​ e ​a​ ​ele​ tudo que sabe. 
● Antes de verbo ​ = Ficou​ ​a ​ ​ver​ navios ontem ​a​ ​partir​ das 18h. 
● Antes de artigos indefinidos ​ (um - uma) = Vou ​a​ ​uma​ festa e depois ​a​ ​um​ jogo. 
● Após preposições ​ (para - durante - com - sobre - após - desde…) = Vamos ​para ​ ​a​ ​festa. 
● Após daqui e daí ​ = ​Daqui​ ​a​ 3h, eu viajarei. 
● Entre palavras repetidas ​ = Ficou ​cara​ ​a ​ ​cara ​ com o ladrão. 
 
➥ Facultativos: 
● Nomes de mulheres ​ = Refiro-me ​a​ ​(à​) ​Joana​. 
● Pronomes adjetivos (sua - tua - minha - nossa - vossa) ​= Vou ​a ​ ​(à)​ ​sua​ ​loja ​. 
● Após preposição “até" ​= Vou ​até​ ​a​ ​(à ​) praia. 
 
😜​ ​Contexto da frase ou quando o verbo apresentar duas regências: 
● Ele agradou ​a ​ ​(à ​) esposa. (Fazer carinho ou satisfazer.) 
● Ele bateu ​a​ ​(à)​ porta. (Fechar com violência ou chamar de forma educada.) 
 
➥ Obrigatórios: 
1.​ Nas locuções adverbiais ​ = à noite, à direita, às vezes, às claras, às pressas… 
● Chego ​ à​ noite. / Virou ​à​ direita. / ​Às​ vezes estudo. / Saiu ​às​ pressas. 
2.​ Nas locuções prepositivas ​ = à espera de, à procura de, à beira de... 
● Estou ​ à ​ espera de você. / Mora ​à​ beira do rio. / Está ​à​ procura de você. 
3.​ Nas locuções conjuntivas ​= à proporção que, à medida que... 
● Aprendo ​ à ​ proporção que estudo. / ​À​ medida que estudo, aprendo mais. 
4.​ Nas locuções adverbiais de horas, quando não vierem após preposição: 
● Chegou ​às ​ 14h da tarde. 
5.​ Quando houver a expressão "à moda de”, mesmo que subentendida: 
● Cortou o cabelo ​à ​ moda de Ronaldinho. 
● Cortou o cabelo ​ à ​Ronaldinho. 
6.​ Nas palavras femininas quando forem objeto indireto ou complemento nominal: 
● Diga ​à ​ menina que terei obediência ​à ​ professora. 
● Refiro-me ​à ​ mulher da sua família.  
 
 
 
 
 
 PORTUGUESPLAY.COM.BR ​RESUMÃO DE PORTUGUÊS - 47