A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Ação de Repetição do Indébito Tributário

Você está vendo uma pré-visualização

Pre-visualização do material Ação de Repetição do Indébito Tributário - página 1
Pre-visualização do material Ação de Repetição do Indébito Tributário - página 2
Pre-visualização do material Ação de Repetição do Indébito Tributário - página 3

Ação de Repetição do Indébito Tributário

Art. 168 I CTN. 
Fatos 
Direitos 
 
Modo de correção e juros: Imposto Federal (art 38§4 Lei 9250/95) 
 
Pedidos 
Valor da Causa 
Local ... Data ... 
Advogado... OAB .... 
 
Citação da parte para apresentar contraditório 
Não realização de audiência de conciliação/mediação 319 VII CPC. 
Produção de provas 319 VI CPC. 
Procedência para RESTITUIR ...., visto que, esta deverá ser 
acrescida de juros e correção monetária. 
Custas art 82 §2 CPC + Honorários art 85 §3 CPC. 
 
Inconstitucionalidade do empréstimo compulsório, uma vez que este 
tributo deve ser instituído por lei complementar e não por lei ordinária 
conforme o Art. 148, caput, da CRFB/88 
Violação ao princípio da anterioridade uma vez que o empréstimo 
compulsório referente a investimento público de caráter urgente e de 
relevante interesse nacional somente pode ser cobrado no exercício 
financeiro seguinte ao da publicação da lei , conforme o Art. 148, 
inciso II OU o Art. 150, inciso III, alínea b, ambos da CRFB/88 
@dicasjuridicas.val 
Exame XXIII. 2017 
O partido político XYZ, cuja sede está no Município Alfa (capital do Estado “X”), tem quatro 
imóveis localizados no mesmo município, dos quais um é utilizado para sua sede, um é 
utilizado para abrigar uma de suas fundações e os outros dois são alugados a particulares, 
sendo certo que o valor obtido com os aluguéis é revertido para as atividades do próprio 
partido político XYZ. O administrador de XYZ, por precaução e temendo incorrer em uma 
infração fiscal, pagou o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) 
atinente aos quatro imóveis. Poucos dias depois, descobriu que havia cometido um grande 
equívoco e procurou um escritório de advocacia. Nesse contexto, considerando que o 
administrador contratou você, como advogado(a), para patrocinar a causa do partido político 
XYZ, redija a medida judicial adequada para reaver em pecúnia (e não por meio de 
compensação) os pagamentos efetuados indevidamente. (Valor: 5,00) 
Obs.: a peça deve abranger todos os fundamentos de Direito que possam ser utilizados para 
dar respaldo à pretensão. A simples menção ou transcrição do dispositivo legal não confere 
pontuação. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Endereçamento: Douto Juízo de Direito da ... Vara (Civil/Fazenda Pública) da Comarca Alfa do 
Estado X 
Qualificação do Requerente: Partido Politico XYZ. Pessoa jurídica de direito privado, inscrito no CNPJ 
nº..., com endereço eletrônico, estabelecido .., neste ato representado por seu advogado (com 
procuração em anexo) este estabelecido ... local onde recebe intimações, vem perante Vossa 
Excelência, com fundamento no artigo Art. 165 I, CTN ajuizar, 
AÇÃO DE REPETIÇÃO DE INDÉBITO TRIBUTÁRIO. 
 
Em face do Município Alfa, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ nº, com endereço 
eletrônico neste ato representado por seu representante legal Art. 75 IIICPC. 
 
Cabimento e Tempestividade. 
Art. 165 I, CTN 
Art. 168 I CTN. 
Fatos 
Direitos 
 
 
 
 
 
 
Modo de correção e juros: (art167 §único, súmula 118, 162 STJ) 
 
Pedidos 
Valor da Causa 
Local ... Data ... 
Advogado... OAB .... 
 
Os imóveis do partido político são abrangidos por imunidade 
constitucional conforme Art. 150, inciso VI, alínea “c” e § 4º, da 
CRFB/88 
Trata-se de imposto incidente sobre o patrimônio (IPTU) relacionado 
às finalidades essenciais da instituição 
Em face da imunidade, foi indevido o pagamento do IPTU referente à 
sede do partido XYZ e à sua fundação OU aos imóveis utilizados pelo 
partido É assegurada a imunidade do IPTU a imóveis alugados a 
terceiros quando o valor dos alugueis for aplicado nas atividades 
essenciais da instituição conforme Súmula 724 do STF OU Súmula 
Vinculante nº 52 do STF 
Citação da parte para apresentar contraditório 
Não realização de audiência de conciliação/mediação 319 VII CPC. 
Produção de provas 319 VI CPC. 
Procedência para RESTITUIR ...., visto que, esta deverá ser 
acrescida de juros e correção monetária. 
Custas art 82 §2 CPC + Honorários art 85 §3 CPC. 
 
@dicasjuridicas.val 
Exame XXIV. 2018 
A indústria Alfa vende bebidas para o supermercado Beta, que, por sua vez, revende-as a consumidores finais, 
sendo certo que todas as operações ocorrem dentro dos limites do estado ABC, em cuja capital estão 
domiciliadas as duas sociedades empresárias. No estado ABC tem vigência a Lei Ordinária nº 123, que prevê a 
indústria como substituta tributária do ICMS incidente nas operações subsequentes. Em abril de 2017, o estado 
ABC exigiu de Alfa todo o tributo incidente sobre a cadeia produtiva descrita. Assim, Alfa pagou o ICMS 
incidente na operação própria (a venda que fez ao supermercado Beta) e também na operação subsequente – 
isto é, o ICMS que incidiria na operação entre o supermercado Beta e os consumidores finais. Dessa forma, 
para a verificação do valor a ser pago, o ICMS foi calculado sobre o valor presumido de venda da mercadoria 
ao consumidor final. Ocorre que, para surpresa da indústria Alfa, o supermercado Beta, que sempre vendeu as 
bebidas produzidas por Alfa pelo valor de R$ 16,00 (dezesseis reais), resolveu, diante da crise econômica, 
comercializar as bebidas por R$ 14,00 (catorze reais). Com isso, a indústria Alfa entendeu que a base de 
cálculo do imposto foi inferior àquela que havia sido presumida, razão pela qual, na prática, pagou, como 
contribuinte substituto, um valor de ICMS maior do que aquele que seria realmente devido. Diante disso, e em 
razão de a indústria Alfa e o supermercado Beta serem clientes do mesmo escritório X, as duas sociedades 
empresárias lhe expuseram os fatos narrados acima. Na qualidade de advogado(a) do escritório X, redija a 
medida judicial adequada para condenar o Estado ABC a restituir, em espécie, o valor do tributo pago a mais. 
(Valor: 5,00) 
Obs.: a peça deve abranger todos os fundamentos de Direito que possam ser utilizados para 
dar respaldo à pretensão. A simples menção ou transcrição do dispositivo legal não confere 
pontuação. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Endereçamento: Douto Juízo de Direito da ... Vara (Civil/Fazenda Pública) da Comarca da Capital 
do Estado ABC 
Qualificação do Requerente: Supermercado Beta. Pessoa jurídica de direito privado, inscrito no CNPJ 
nº..., com endereço eletrônico, estabelecido .., neste ato representado por seu advogado (com 
procuração em anexo) este estabelecido ... local onde recebe intimações, vem perante Vossa 
Excelência, com fundamento no artigo Art. 165 I, e artigo 166 ambos do CTN ajuizar, 
AÇÃO DE REPETIÇÃO DE INDÉBITO TRIBUTÁRIO. 
 
Em face do Estado ABC, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ nº, com endereço 
eletrônico neste ato representado por seu representante legal Art. 75 II CPC. 
 
Cabimento e 
Tempestividade. 
Art. 165 I, CTN 
Art. 168 I CTN. 
Legitimidade. 
 
Fatos 
Direitos 
 
 
Modo de correção e juros: 
(art167 §único, 
súmula 118, 162 STJ) 
Pedidos 
Valor da Causa 
Local ... Data ... 
Advogado... OAB .... 
O autor da ação/legitimado ativo é o supermercado Beta, que é o 
contribuinte substituído OU contribuinte de fato OU contribuinte que 
suportou o ônus financeiro do tributo na operação que causou o 
recolhimento a maior de ICMS conforme Art. 10 da LC nº 87/1996 
Demonstração do cabimento da ação de repetição do indébito conforme o 
Art. 165, inciso I, do CTN 
No caso presente, a base de cálculo do ICMS é o valor estimado de 
comercialização E/OU venda da mercadoria ao consumidor final conforme 
definido no Art. 8º da LC nº 87/1996 
No caso em exame, o valor estimado OU presumido não se verificou, pois 
a venda efetivamente praticada pelo supermercado se deu por valor 
inferior 
Trata-se de tributo indireto cuja restituição se regula pelo artigo 166 do 
CTN OU Súmula 546 do STF 
Como o fato gerador presumido não se concretizou, o autor terá direito à 
restituição do valor pago a maior OU É devida a restituição