A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Sistema Reprodutor Fêmea

Pré-visualização | Página 1 de 2

Sistem� Reprodutor Feminin�   
É composto por ovários, tuba 
uterina, útero, vagina, vestíbulo da 
vagina e vulva. Tendo as funções de 
produzir hormônios da reprodução, 
gametas (óvulos), recebe células 
reprodutivas do macho, fornece local 
para fertilização do óvulo e ambiente 
propício para o desenvolvimento e 
crescimento do embrião e nutre o 
neonato. 
Ovários 
É um órgão responsável pela produção dos 
gametas femininos (gônadas). Está localizado 
na parte dorsal da cavidade abdominal caudal 
aos rins. O seu formato varia de espécie 
para espécie: 
● Vaca e cadela: amêndoa 
● Égua: grão 
● Porca: cacho de uva 
 
Na sua superfície externa possui 
folículos em desenvolvimento, porém na 
égua esses folículos estão localizados 
na parte interna dos ovários. 
Os ovários têm funções de ovogênese 
que é a produção de óvulos (são 
produzidos nos folículos), ao 
nascimento os ovários já estão com 
todos os ovócitos produzidos. Quando 
o ovócito é maturado se transforma em 
óvulo, nem todos os ovócitos são 
maturados. 
Os ovários são responsáveis pela 
produção de hormônios estrógenos 
(produzidos nos folículos e realizam 
mudanças comportamentais e físicas) 
e progestágenos (produzidos no corpo 
lúteo e prepara o útero para o óvulo 
fertilizado). 
A estrutura ovariana é dividida em 
cortical/córtex (folículos em 
desenvolvimento) e medular/medula 
(vasos sanguíneos, linfáticos e 
nervos). 
OBS: Na égua essas estruturas se 
encontram invertidas e a ovulação 
ocorre apenas na fossa ovulatória. 
Ciclo ovariano : Folículos em 
desenvolvimento → Maturação do 
folículo → Folículo se rompe liberando 
o óvulo → Cavidade se enche de 
sangue e começa a proliferação 
celular → Forma-se o corpo lúteo. 
O corpo lúteo é uma estrutura 
transitória e fonte importante de 
progesterona, quando regridem são 
substituídos por tecido cicatricial 
formando o Corpo Albicans . 
FreeText
@vettstudy.g
 
Tuba Uterina 
São tubos contorcidos que se 
estendem dos ovários até o útero. 
Conduz o óvulo ao corno uterino (local 
que ocorre a fertilização). 
É dividida em três porções: infundíbulo, 
ampola, istmo. 
Infundíbulo : possui uma forma de funil, 
captura o óvulo através das fímbrias 
(projeções musculares em forma de um 
dedo), nele se localiza o óstio da tuba 
uterina que é onde o óvulo entra na 
tuba. 
Ampola : é uma porção dilatada onde 
ocorre a fertilização. 
Istmo : porção de transição do útero. 
 
Útero 
É um órgão oco, onde ocorre o 
desenvolvimento pré-natal do embrião 
e forma parte da placenta. 
É dividido em três partes: cornos, 
corpo e cervix. 
Cornos : onde ocorre o 
desenvolvimento do embrião 
Corpo : seu tamanho é pequeno à 
intermediário, liga o corno a cérvix. 
Cérvix : é a porção final que se 
comunica com a vagina. 
 
Tipos de útero: bicornual, simples e 
duplo 
Bicornual : formado por um útero com 
um corpo, dois cornos proeminentes e 
uma cérvix. Típico em: cadela, vaca, 
gata, égua. Septado: porca 
Simples : útero com o corpo 
proeminente e uma cérvix. Presente 
nos primatas. 
Duplo : útero com dois corpos, dois 
cornos e duas cérvix. Presentes nos 
lagomorfos (coelho e lebre). 
 
FreeText
@vettstudy.g
Cérvix 
Forma um esfíncter muscular que indica 
quando está no cio. 
Aberto : está no cio e o parto 
Fechado : normal 
Em ruminantes e suínos possui anéis 
circulares já em éguas e cadelas é 
relativamente liso. 
Projeta-se na vagina, formando 2 
fundos cegos denominados fórnix . 
 
Vagina 
Canal elástico muscular, interposto 
entre o útero e o vestíbulo, é o canal do 
nascimento. 
Receptáculo para o órgão reprodutor 
masculino. 
É revestido de glândulas mucosas que 
são responsáveis pela lubrificação no 
acasalamento. 
 
 
 
 
Vestíbulo 
Localizado entre a vagina e a genitália 
externa , local de desembocadura da 
uretra, funcionalmente com o trato 
urinário e reprodutor, é demarcado 
pelo hímen e o óstio uretral externo. 
Possui glândulas vestibulares que 
secretam uma mucosa que lubrifica a 
passagem do coito e ao parto. 
 
Vulva 
Genitália externa da fêmea, inclui os 
lábios direito e esquerdo. Possui 
comissura dorsal e ventral (comissura 
ventral é mais pendulosa e esconde o 
clitoris) 
Clitoris possui tecido erétil homológa 
ao pênis do macho e é bem suprido de 
terminações nervosas sensitivas. 
 
FreeText
@vettstudy.g
Glândulas Mamárias 
Glândulas secretoras de leite, 
localizadas na região abdominal, 
torácica ou inguinal, o número de 
glândulas varia de acordo com as 
espécies: 
● Gata, cadela e porca : diversos 
pares de glândulas 
● Égua e ruminantes : glândulas 
parcialmente fundidas na região 
púbica formando o úbere. 
 
Ligamento do Trato Reprodutor 
Feminino 
Ligamento largo do útero : originário no 
peritônio, fixa o aparelho reprodutor 
feminino na cavidade abdominal e 
pélvica. É formado pela junção dos 
seguintes ligamentos: mesovário 
(reveste os ovários), mesossalpinge 
(reveste as tubas uterinas) e 
mesométrio (reveste o útero). 
OBS : o mesovário + mesossalpinge 
formam a bolsa ovariana. 
Placenta 
Estrutura formada pela união de 
membranas fetais com tecido materno 
do endométrio. Sua função é 
respiração, nutrição, remoção de 
materiais residuais e produção de 
progesterona e relaxina. 
Membranas Placentárias 
Córion : forma a placenta. É a camada 
mais externa que está com contato 
direto com endométrio. Suas funções 
são: proteção térmica, proteção contra 
patógenos e juntamente com alantóide 
auxilia nas trocas gasosas. 
Alantóide : aderido ao córion, forma a 
placenta. Sua função é remover as 
excretas produzidas pelo metabolismo 
do embrião. 
Âmnio : membrana mais interna repleta 
de líquido. Suas funções são produção 
do líquido amniótico, evita o 
ressecamento do embrião e protege 
contra choques mecânicos. 
Saco Vitelino : presente nos peixes, 
répteis, aves e mamíferos (menos 
desenvolvido). Sua função é armazenar 
reservas nutritivas durante o 
desenvolvimento do embrião. 
Tipos de Placenta 
Placenta difusa : o córion está aderido 
em qualquer local