A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
289 pág.
BUSINESS INTELLIGENCE COM POWER BI

Pré-visualização | Página 6 de 10

tabela onde são armazenados o que de fato 
ocorreu - característica quantitativa .
• Ex.: tabela contabilizando todas as vendas diariamente. 
• Boa prática: Colocar um f na frente do nome da tabela (fVendas)
• Tabela Dimensão: 
• tabelas com valores únicos (chave primária);
• dão características a tabela fato - característica descritiva. 
• Ex.: tabela descritiva com o valor unitário de cada produto. 
• Boa prática: Colocar um d na frente do nome da tabela (dProduto e dCliente).
EXERCÍCIO RELACIONAMENTO
EXERCÍCIO RELACIONAMENTO
• Neste exercício serão utilizada três tabelas: Produtos, Vendas e 
Clientes
• A tabela Produto contem o valor de cada produto.
• A tabela Clientes contem a lista de clientes com a localização.
• A tabela Vendas registra a quantidade vendida de cada produto 
diariamente.
RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS
• Para criar os relacionamentos, verifique qual campo as tabelas têm em
comum. Clique neste campo e arraste para o campo da outra tabela.
• O relacionamento do tipo 1:N é o mais utilizado, onde 1 é referente a
tabela onde o dado aparece uma única vez e N onde o dado se repete.
• Ex.: A tabela dProduto e a tabela fVendas possuem o campo Produto
em comum. Na tabela dProduto, cada produto é registrado apenas
uma única vez. Já na tabela fVendas, o mesmo produto pode aparecer
em várias linhas, pois podem haver diferentes vendas do mesmo
produto.
RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS
EXERCÍCIO RELACIONAMENTO
• Calcular o total de vendas utilizando SUMX: quantidade * vlr
unitário.
• Como o valor que está na tabela dProduto, utilizaremos a função 
RELATED para conseguir realizar o cálculo utilizando uma coluna de 
outra tabela.
• Função RELATED: retornar os valores de uma coluna de outra tabela.
=RELATED(Coluna)
EXERCÍCIO RELACIONAMENTO
• Criar um cartão com a medida Valor Total Vendas
• Criar um gráfico de colunas com Produto e Valor Total Vendas
• Criar um gráfico de barras com Clientes e Valor Total Vendas
• Criar um mapa com UF,País e Valor Total Vendas.
• Se os relacionamentos não forem feitos, não é possível calcular a 
medida e os gráficos não mostram os valores corretos.
IMPORTÂNCIA DA TABELA DIMENSÃO
RELACIONANDO TABELAS FATO
fornecedor revendedor
Desafio: Calcular o estoque do revendedor
IMPORTÂNCIA DA TABELA DIMENSÃO
RELACIONANDO TABELAS FATO
fFornecedor fVendasRevendedor
EXERCÍCIO ESTOQUE
• Obter os dados das planilhas 
Fornecedor e Revendedor.
• Criar uma tabela dProduto, com 
valores únicos de produto, a partir 
da tabela Fornecedor.
• Clicar com o botão direito sobre a 
coluna Produto Fornecedor e 
escolher a opção “Adicionar como 
Nova Consulta”.
EXERCÍCIO ESTOQUE
• Renomear a lista criada para dProduto.
• Com a nova lista selecionada, Clicar em Remover Duplicatas na guia 
Transformar.
• Depois clicar em Converter “Para a Tabela”
EXERCÍCIO ESTOQUE
• Renomear a coluna para Produto e Alterar o tipo para Texto.
• Clicar em “Fechar e Aplicar”.
EXERCÍCIO ESTOQUE
• Renomear a coluna para Produto e Alterar o tipo para Texto.
• Clicar em “Fechar e Aplicar”.
• Fazer o relacionamento entre as tabelas.
EXERCÍCIO ESTOQUE
• Vamos agora criar as nossas medidas.
• Inserir as medidas em uma matriz.
Tabela dCalendário
fTemperaturas fVendas
Tabela dCalendário
fTemperaturas fVendas
dCalendario
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
OBJETIVOS:
• Criar um Fluxo de Caixa para verificar o saldo entre entradas e saídas.
CONHECIMENTOS:
• Tabela dCalendário e sua importância.
• Linguagem M.
• Inserir colunas de Ano, Mês e Nome Mês a partir de uma Data.
• Extrair caracteres (Coluna Mês Abrev)
• Coluna de Exemplo e Coluna Personalizada (Coluna Mês-Ano)
• Classificar coluna mês e Coluna Mês-Ano
• Funções DAX: SUM, CALCULATE.
• Formatação Condicional
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA 
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Importe a base de Fluxo de Dados do Excel em Obter Dados e clique em Editar.
• O primeiro passo será conferir se a formatação das colunas está correta.
• Alterar o Nome da tabela para fFluxo
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Análises temporais são muito utilizadas nos projetos de BI, porém para utilizar as
funções DAX de tempo, precisamos de uma tabela Calendário.
• Com essa tabela, onde os valores das datas são únicos, conseguimos utilizar
essas funções para realizar cálculos temporais e também relacionar mais de uma
tabela que possua data. Ex.: Tabela de Metas e Tabela de Vendas.
• A tabela Calendário possui uma estrutura de datas únicas e colunas de mês, ano,
trimestre, etc é uma tabela dimensão.
• Para criar uma tabela dCalendário, vamos criar uma consulta nula e utilizar o
Power Query.
• Ir em Obter Dados → Consulta Nula
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Neste nosso exemplo, vamos criar uma lista que vai da data mais antiga da 
tabela fFluxo até a data mais atual da tabela fFluxo.
• Vamos utilizar então como fonte a coluna Data Lançamento da tabela fFluxo.
• Digite na barra de fórmulas: = fFluxo [Data Lançamento]
• Para gerar as datas, vamos utilizar a função List.Dates
=List.Dates( Data_Inicial, Quantidade de Datas, Intervalo entre Datas)
Atenção pois as funções em Linguagem M são case sensitive.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Clique em fx na barra de fórmulas para criar a função.
• A data inicial será a data mais antiga da tabela Fluxo: List.Min(Fonte)
• A quantidade de datas será feita através de um cálculo entre a data inicial e 
final da tabela Fluxo: Number.From(List.Max(Fonte)-List.Min(Fonte))+1
• O intervalo entre datas será de 1 dia: #duration(1,0,0,0)
• A função completa será:
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Vamos agora transformar essa lista em tabela para podermos montar a 
calendário. É necessário fazer essa conversão, pois no formato lista não é 
possível adicionar outras colunas.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Renomear a coluna gerada como Data e alterar 
o tipo de dado para Data.
• Renomeie também o nome da tabela para 
dCalendário.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Vamos agora montar a tabela dCalendario, criando outras colunas.
• Iremos agora extrair da coluna data as informações de Ano, Mês e Mês Nome.
• Para isso, selecione a coluna Data e na Aba Adicionar Colunas, escolha a opção 
Data.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Escolha a opção ANO, para criar uma coluna somente com o ano referente a data.
• Faça o mesmo, para criar o Mês (Mês de 1 a 12) e Mês Nome (Janeiro a Dezembro).
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Observe que as três colunas foram inseridas.
• Para simplificar o mês para 3 caracteres (Ex.: Janeiro – Jan), utilizaremos a opção 
Extrair que está na Aba Transformar. Relembrando que, utilizando a aba 
transformar, a transformação é feita na própria coluna. Se fosse necessário 
manter uma coluna com o nome completo do Mês (Janeiro) e o nome simplificado 
do Mês (Jan), teríamos que usar a opção Extrair da Aba Adicionar Coluna.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Escolha a opção Extrair → “Primeiros Caracteres”
• Renomeia a coluna para Mês e renomeie também a coluna Mês para Mês Num, 
para facilitar a identificação.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Clique em Fechar e Aplicar, para começar a desenvolver o
relatório.
• Vamos agora relacionar as duas tabelas.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• O objetivo do fluxo de caixa é verificar se o seu saldo está positivo ou negativo,
fazendo um comparativo entre Entradas e Saídas.
• Observando a base de dados, é possível notar que na coluna Tipo Movimentação,
temos a descrição se o valor do lançamento é uma entrada (receita) ou saída
(despesa) e na coluna Valor temos apenas valores positivos. Como então separar
entradas de saídas para calcular o saldo?
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Clique em Fechar e Aplicar, para começar a desenvolver o
relatório.
• Criando uma matriz onde a linha é o Ano, a coluna o Tipo
de Movimentação e os Valores o Valor de Lançamento,
conseguimos verificar o valor total de entrada e de saída,
mas não conseguimos calcular o saldo (Entradas – Saídas)