A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Revisão Nefrologia

Pré-visualização | Página 1 de 1

REVISÃO NEFROLOGIA 
 
NEFROLITÍASE 
. Formação de cálculo/cristais dentro dos tubulos renais ou sistema 
coletor 
.Cálculo = estruturas cristalinas formadas devido ao desequilíbrio entre 
solubilidade e precipitação ocorrendo uma superssaturação da urina 
. Afeta: sexo M 30-50 anos,, genética, alteracao anatomica, fatores 
ambientais 
 
Ac urico (USG) 
Cistina – crianca 
Oxalato de Ca – mais comum 
Fosato de Ca 
Extruvita – ITU repeticao em mulheres 
 
Clínica 
.Assintomática (acha por acaso) 
.Sintomática 
- dor tipo cólica em flanco, lombar ou fossa ilíaca (irradiação). 
- Sem fator de melhora 
- Associado a: disúria, hematúria, náuseas 
 
Ex Fisico 
Taquicardia, palidez, sudorese 
Dor a palpaçãp costovertebral sem irritacao peritoneal 
Giordano + 
 
Diagnóstico 
USG (porem TC é padrao ouro) 
 
 
Anamnese – baixa ingesta de h20, excesso de vitaminas (polivitaminicos), 
HF, restrica de leite 
Exame Fisico 
Dx diferencial: apendicite, diverticulite, colesistite, cisto ovariano. 
TTO: <10mm: explusão com alfabloqueadores// >10mm intervencao urologica 
Crise aguda: AINE; dieta – diminuir sais, proteinas e aumentar ingesta 
de h2o. Repor citrato, suco de acerola e limão ajudam. 
 
NEFROESCLEROSE DIABÉTICA 
 
Esclerose e fibrose glomerulares causada por aalterações metabólicas e 
hemodinâmicas da DM 
FR: etnia (negros, mexicanos, polinesios, indigenas), duração DM, HAS< 
dislipidemia, tabagismo, variações genéticas, polimorfismos SRAA. 
 
Doença de pequenos vasos: glicolização de proteínas influenciada por 
citocinas, alterações hemodinâmicas glomerulares, hiperfiltração (IR). 
MBG torna-se espessa, hialinose. 
 
Classificação em 4 estágios. 
Avaliar albuminuria e TFG 
 
SS 
Inicialmente assintomático 
+ precoce – microalbuminuria 
Edema (HAS) 
+ grave – uremia (nausea, vomito e anorexia) 
 
Suspeitar se: proteinuria, retinopatia, hematuria macroscopica, 
cilindros hematicos, diminuicao do tamanho do rim e da filtracao glom. 
 
 
 
Diagnóstico : anualmente em pacientes DM – urina e RAC 
Clinico! 
Investigar: 
DM1 – 2 anos após Dx 
DM2: a partir do Dx 
 
Tratamento 
Manutenção hemoglobina glicada <7% 
Controle PA – inibidores de angiotensina (IECA) à diminui a P no 
glomerulo 
Controle da glicose 
Dislipidemia – estatina 
Vit D 
Restricao alimentar de proteinas 
Bicarbonato de sódio 
Diálise ou transplante em estagios graves 
 
HAS 2aria 
 
HAS estagio 3 antes de 30 anos ou depois de 55 anos 
HAS resistente: + 3 medicamentos sem controle à um deles é diuretico 
HAS refrataria: + 5 medicamentos (tiazidico e espirono) 
Hipopotassemia espontânea induzida por DIU 
 
Tratando a etiologia que provocou a HAS cura a HAS. 
 
C coartacao da aorta – analisar pulsos diferentes em membros (HAS jovem) 
E endocrinopatoas – Sd de chusing, acromegalia, hiperaldo, tireoide, feoc 
A AOS – sonolencia diurna, fadiga, ronco, aumento circunf do pescoco 
R rim – nefropatia parenquimatosa (urina 1). EAR (displasia e ateroescle) 
A ACO e outras drpgas (sibutramina, eritropoietina) 
 
 
Obs: FEO triade: cefaleia sudorese taquicardia 
 
Glomerulopatias 
 
Não biopsiar : 
Criancas com sd nefrotica; nefritica pos estreptococica/ infecciosa 
Sd Nefritica 
 
Inflamacao glomerular 
Hematuria + hipertensão + proteinuria < 3,5 
 
- Glomerulonefrite pós infeccao (GNDA) – difusa aguda 
Criancas 4-12 a 
Aparece após 1 a 6 semanas da infeccao 
 
- Nefropatia por IgA / D. Berger 
+ comum 
Homens brancos e jovens 
Hematuria recorrente após IVAS 
à HIV, cirrose. 
Clinica: Sd nefritica + alto IgA 
 
- Glomerulopatia membranoproliferativa 
Consome o sistema complemento 
Associado geralmente: hepatite C e crioglobulinemia 
 
- Nefropatia Lúpica / glomerulonefrite por imunocomplexos 
Manifestacao do LES 
Consumo complemento C3 e C4 
 
- Vasculites 
 
 
Anticorpo ANCA 
. Wegener (Poli. Infecciosa) 
. Churg Strauss (Poli. Eosinofilica) 
. Poliangite microscopica 
- Glomerulonefrite rapidamente progressiva 
Rapido declinio da funcao renal 
Triade + escorias nitrogenadas altas 
Diversas etiologias 
 
Sd Nefrótica 
 
Lesão na barreura de filtracao glomerular – perda da seletividade 
Proteinúria> 3,5 + hipoalbuminuria <3 + edema generalizado (anasarca) 
 
- Doenca por lesoes minimas (DLM) 
Masculino, criancas, 1-8 anos 
Causa: linfoma de hodgkin e uso de AINE 
Usar corticoide 
 
- Glomeruloesclerose segmentar focal (GESF) 
Mulher, 25-35 a 
HAS, anemi falciforme, drogas (heroina), HIV, obesidade, nefropatia de 
refluxo 
 
- Glomerulopatia membranosa 
Homem, branco, 30-50 a 
Proteinuria macica, niveis normais de complemento 
40% remissao espontanea 
Associado a tromboembolias 
 
- Amiloidose 
 
 
Deposicao de proteinas na amiloide a nivel renal 
Biopsia renal – teste vermelho de congo 
Mieloma multiplo, osteomielite, artrite reumatoide 
 
 
ITU 
 
Colonização de bactérias nas estruturas do trato urinario. 
contagem ≥ 105	UFC/mℓ	de urina 
 
+ comum em mulheres 
Homem – investigar (comum menor de 1 ano e > 60 a (hiperplasia prost)) 
 
Origens: infeccao ascendente; disseminacao hematogenica e via linfatica 
Patógenos mais frequentes:	 
• Escherichia coli. (+ incidente) 
• Proteus. 
• Klebisiella. 
 
Clínica 
PIELONEFRITE AGUDA 
• Infecção alta (rins e pelve).	 
• Febre, calafrio, prostração, dorsalgia, náuseas, vômitos.	 
• Pode ou não ter sintomas urinários.	 
• Sinal de Giordano pode ou não estar presente.	 
CISTITE 
• Localizada na bexiga.	 
• Disúria, polaciúria, dor suprapúbica.	 
• Pode vir acompanhada de outras doenças.	 
• Diagnóstico diferencial: vaginites, quando o paciente expele um 
cálculo.	 
 
 
BACTERIÚRIA ASSINTOMÁTICA: tratar apenas em gestantes e pós 
operatorio urologico 
 
Exame Lab: 
 
Leucocituria 
Hematuria 
Nitrito + 
 
TRATAMENTO 
Para todos: boa higiene (pos coito) 
Interromper uso de diafragma e espermicidas 
Bacteriúria assintomática: tratar gestantes e pré-operatório 
urológico. 
Cistite aguda: 
• Nitrofurantoína 100mg 6h/6h por 5 a 7 dias. 
• Fosfomicina 3g dose única. 
• Ciprofloxacino 500mg 12h/12h por 5 dias. 
• Norfloxacino 400mg 12h/12h por 5 dias. 
• Sulfametoxazol + Trimetropima 800/160mg 12h/12h por 5 dias. 
• Cefuroxima 250mg 12h/12h por 7 dias. 
• Amoxicilina + Clavulanato 875/125mg 12h/12h por 7 dias. 
Pielonefrite aguda (ambulatorial assistida): 
• Ceftriaxone 2g IV ou IM 1x/dia por 7 dias. 
• Ciprofloxacino 500mg 12h/12h 7 a 14 dias. 
• Amiacina 1g IM ou IV por 7 dias. 
 
ITU de repeticao 
(+ de 3 em 1 ano) – usar bactrin em baixa dose a noite por 6m 
 
Pedir USG dependendo do quadro 
 
 
DRC 
 
Anormalidades estruturais e/ou funcionais presentes por > 3 meses 
Leva a perda de nefrons 
Etiologias: HAS, DM, Glomerulopatias, DR cistica. 
FR: controle da PA, dislipidemia, obesidade, negros, tabagismo, homem, 
genetica. 
 
 
Clínica – aparece a partir de 3b 
Confusao mental, letarigia – casos graves 
Anemia (baixa eritropoietina) – pesqusiar Fe, ac folico e B12 
Fraqueza, palidez (hipocorada) 
Redução de vit D 
Baixo Calcio 
A primeira coisa que manifesta: aumento de fosforo 
Dores articulares 
Fraturas 
Sd uremica (nausea, vomito, anorexia) 
Alteração gastrointestinal – anorexia 
Edema 
 
 
 
Achado lab: 
++ ureia 
++ creat 
++ ac urico 
++ Mg 
++ P 
-- Ca 
-- Na à hiponatremia (vit D) 
 
Tratamento 
MEV 
IECA/BRA (renoprotetores) – cuidado com o potassio 
Ajuste nutricional hipossodico e hipoproteico 
Medicacoes nefrotoxicas 
Retardar progressao 
Tratar doenca base – complicacoes 
Tratar anemia se houver – reposicao de Fe e dps estimulador de 
eritropoietina