A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Sistema respiratório - Tuberculose bovina

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema respiratório
TUBERCULOSE BOVINA
· ETIOLOGIA
· É uma zoonose de notificação obrigatória, causada pela bactéria mycobacterium Bovis ou mycobacterium tuberculosis e M. Avium.
· É um agente de difícil fagocitose e tem evolução lenta. 
· tRANSMISSÃO
· Em bovinos a principal via de transmissão é o contato entre animais. É mais frequente na bovinocultura de leite em que reúne os animais com maior de frequência do que de corte.
· É transmitida para humanos por contato direto ou consumo de alimento contaminado como leite ou carne. O leite deve ser pasteurizado.
· patogenia
· Depois de entrar na cavidade nasal, o agente se multiplica nos linfonodos da cabeça causando Linfadenite granulomatosa. Depois migra para o pulmão causando pneumonia granulomatosa e em seguida para o linfonodo mediastino o causando lesões granulomatosas. Essas lesões são chamadas de complexo primário da tuberculose.
· É um processo crônico.
· Quando a infecção é por via digestiva, pode ter processo inflamatório inicial nos linfonodos da cabeça com lesão maior no intestino causando enterite granulomatosa, com comprometimento de linfonodos mesentéricos. Do intestino volta para o pulmão causando pneumonia granulomatosa.
· sinais clínicos
· Nos bovinos é assintomática e só pode causar diminuição da produção do animal.
· Após evoluir muito, pode causar tosse.
· Quando o animal é positivo, ele é marcado com um P na face e precisa ser abatido em 30 dias.