A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Atividade Pratica Direito Trabalho

Pré-visualização | Página 1 de 1

CASO CONCRETO EXPOSTO:
A empresa BH BILIGTON EMPREENDIMENTOS E SOLUÇÕES S/A lhe contrata para responder as seguintes indagações, conferindo as soluções necessárias a cada questionamento realizado pela empresa ou seus funcionários:
4. A empresa recebe uma demanda especifica e particular de produtos de um cliente, para entrega no prazo máximo de 12 meses, ocorre que, não conseguirá a empresa com o número de funcionários que possui atender a respectiva demanda, pelo que será obrigada a contratar novos profissionais. Em razão dessa condição indique qual modalidade prevista na CLT é a mais adequada para atender essa demanda da empresa? Justifique.
Resposta:
Para atender a demanda de produção no prazo máximo estipulado, a opção assertiva será contratar novos colaboradores em conformidade com a lei, para tanto a contratação mais adequada seria na versão por prazo determinado. 
Esclarece-se que o contrato por prazo determinado é aquele em que se determina início e término antecipadamente ao vinculo empregatício. Desta forma a duração do contrato é previamente combinado entre empregado e empregador. Cabe enfatiza que essa versão de contrato por prazo determinado está previsto no art. 443 caput, §1 e §2. 
O trabalhador tem todos os seus direitos assegurados e o empregador tem o dever de arca com todos os deveres trabalhistas. A única diferença entre o contrato de trabalho determinado e indeterminado é que ao final do contrato não haverá mais nenhum vínculo entre as partes. 
No caso em tela, a contratação pela modalidade contrato determinado só será valido em consonância com o §2 do art. 443, que preceitua que o contrato de trabalho só será válido quando em se tratar de serviço de natureza ou transitoriedade que justifique a predeterminação do prazo, ademais que tenha o caráter de atividades empresariais transitório ou em caso de contrato de experiência, respeitar o período máximo (90 dias). 
Todavia, essa modalidade se encaixa na transitoriedade e na natureza da contratação, uma vez que a empresa não precisara dos serviços desses colaboradores quando a demanda momentânea se encerrar. Sendo assim, o contrato se extingue. Em suma, o novos colaboradores serão contratados especificamente para aquela tarefa, ou seja, trata-se de um contrato breve e transitória. Não é uma atividade permanente 
Cabe alertar ao empregador que se for do desejo de ambas as partes, o contrato de trabalho poderá ser prorrogado por uma única vez, desde que não ultrapasse dois anos de contrato, em conformidade com caput do art.445 da CLT, sob pena de perde o efeito de contrato determinado e se transforma em contrato com prazo indeterminado. 
Também fica o alerta para contratos de trabalhos no período de experiência, que pode ser prorrogados por uma única vez (45 dias + 45 dias) e não pode ultrapassa o período de 90 dias, conformo parágrafo único do art. 445 da CLT, também sobre pena de transmutar em contrato por tempo indeterminado. 
Ao final do contrato de trabalho por prazo determinado, o empregador terá que arcas com todas as verbas rescisórias, quais sejam: férias acrescidas de 1/3 proporcional ao período do contrato de trabalho; gratificação natalina proporcional e liberação dos depósitos existentes em sua conta do FGTS.