APRENDIZADO MOTOR

Disciplina:TÓPICOS ESPECIAIS EM FISIOTERAPIA525 materiais3.342 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Componente de manipulação

Braço e mão funcionam como uma unidade

Extensão da mão p/ frente
Flexão em nível do ombro com certo grau de RE
Abertura da mão entre o polegar e os dedos
Extensão do corpo
Prono-supinação adequada à orientação do objeto

*
*

Preensão
Extensão dos dedos e abdução do polegar
Fechamento do polegar e dedos em torno do objeto

Distúrbio motor
Desvio do trajeto normal
Deficiências no tocante à velocidade do movimento
Falhas na escolha do momento certo p/ estabelecer o contato c/ o objeto
Ex.: Criança PC hemiplégica

Preensão

*
*

Distúrbio motor
Lesões no córtex motor ou nas vias corticomotoras
Perda do controle sobre os movimentos delicados dos dedos

Postura anormal
Flexão ou extensão persistente dos dedos
Flexão do punho
Pronação do punho
Desvio ulnar
Preensão

*
*

Preensão

*
*

Treinamento
Objetivo
Movimentos delicados
Função de apoio

Vantagens do treino precoce
Desenvolver a coordenação olhos-mão e objeto-mão
Controle dos músculos externos dos olhos
Interações com o ambiente

Preensão

*
*

Treinamento
Aprende a incorporar os ajustes posturais necessários à preensão e manipulação

Mão hemiplégica
É necessário imobilizar a mão normal
Preensão

*
*

É preciso treinar atividades bimanuais

Polegar aduzido
Posicioná-lo na tala

Preensão

*
*

Equilíbrio sentado e em pé
Depende dos ajustes posturais
Finalidade: estabelecer a ligação intersegmentar, mantendo o corpo firme

Distúrbio motor
Ausência das reações de endireitamento

Realização de ajustes posturais precários sobre uma base de sustentação fixa
Treinamento da Motricidade

*
*

Equilíbrio sentado e em pé

Distúrbio motor
Problemas encontrados
Incapacidade p/ realizar ajustes preparatórios eficazes na posição sentada e em pé
Incapacidade c/ os ajustes posturais durante os movimentos
Movimentos incoordenados
Comportamentos motores compensatórios
Alargamento da base de sustentação
Uso das mãos para se apoiar
Manutenção do corpo rígido

*
*

Treinamento

Evitar comportamentos motores compensatórios

Ajustes posturais são específicos em relação à tarefa e ao contexto

Equilíbrio sentado e em pé

*
*

Cuidado!!!!!
Sinais de hiperestimulação

Alterações de cor

Sudorese

Rubor das orelhas

Choro

*
*

Outros equipamentos utilizados
Caixa de tato
Tábua geométrica para encaixe
Parapodium
Cadeiras para posicionamento
Andadores

*