A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Diodos LED

Pré-visualização | Página 1 de 1

LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA ANALÓGICA I 
EXP 04 – CURVA CARACTERÍSTICAS DO DIODO LED 
Caio César Chagas Frederico 
 
4.2 a) Teste do diodo 
No aplicativo de simulação Multisim foi realizado a verificação da tensão 
 condução (VF) do Diodo LED em polarização direta, como mostra a figura 1, 
devida à alta tensão de condução do diodo o multímetro não é capaz de medir a 
mesma, desta forma ele indica “OPEN”, considerando um circuito aberto, no 
entanto como dito, isto só acontece devido sua alta tensão de condução em relação 
aos outros tipos de diodos, desta forma vamos considerar o valor informado pelo 
aplicativo Multisim de 1.83V (conforme a figura 2). Já na figura 3 temos a 
medição da impedância reversa (ZR). Os dados obtidos foram concatenados na 
tabela 1. 
Figura 1: Medição da tensão de condução do diodo LED vermelho. 
 
Figura 2: Informação da tensão de condução do diodo LED. 
 
Figura 3: Medição da impedância reversa do diodo LED vermelho. 
 
VF 1,83 V 
ZR 6,083 GΩ 
Tabela 1: Medidas obtidas do diodo LED vermelho. 
4.2 b/c) Montagem de circuito 
 A fonte do circuito foi definida em 5V, com uma corrente máxima de 20mA. 
Conhecendo a tensão de condução do diodo podemos calcular o resistor necessário para 
controlar a corrente máxima no circuito, realizando os cálculos encontramos um resistor 
teórico de 158,5Ω, no entanto este valor não é encontrado comercialmente, então 
devemos utilizar um de 160Ω. A potência dissipada por esse resistor será de 0,00634W, 
a potência mínima para margem de segurança é de 3 vezes o valor da potência dissipada 
nominal, encontrando então 0,19W, sendo o valor comercial mais próximo 
1
4
𝑊. O 
circuito final está disposto na figura 4. 
 
Figura 4: Circuito da questão 4.2 b. 
 
 Podemos montar o mesmo circuito para um LED de alto brilho, neste caso iremos 
usar o LED azul, o qual o Multisim fornece o valor da usa tensão de condução, sendo esta 
3,45V. Realizando os mesmos cálculos para uma corrente limitada de 20mA, 
encontramos um resistor teórico de 77,5Ω, sendo o valor comercial mais próximo de 82Ω. 
A potência dissipada por ele será de 0,031W, assim como no primeiro caso a potência 
mínima será de 0,09W, sendo o valor comercial mais próximo de 
1
8
𝑊. 
 
 
 
4.2 d) Variação da fonte. 
 Nesta questão devemos ajustar a tensão da fonte e observar valores apresentados 
pelos multímetros que irão indicar a corrente no circuito e a tensão no diodo. Os dados 
obtidos para o diodo LED vermelho foram dispostos na tabela 2, enquanto os dados para 
o diodo de alto brilho foram dispostos na tabela 3. 
E (V) 0 1 2 3 4 5 6 7 
𝐼𝐷 (mA) 0 3,42nA 1,859 7,65 13,711 19,841 26,003 32,184 
𝑉𝐷 (V) 0 0,999 1,703 1,776 1,806 1,825 1,839 1,851 
Tabela 2: Medidas aferidas do circuito com o LED vermelho. 
E (V) 0 1 2 3 4 5 6 7 
𝐼𝐷 (mA) 0 999pA 2,176nA 56,066μA 7,642 18,974 30,712 42,596 
𝑉𝐷 (V) 0 1 2 2,995 3,373 3,444 3,482 3,507 
Tabela 3: Medidas aferidas do circuito com o LED azul de alto brilho. 
 
 
Figura 4: Circuito da questão 4.2 b com LED de alto brilho. 
 
 
 
 
 
5) a) Com os dados da tabela 2 podemos traçar a curva característica do diodo para 
polarização direta, onde podemos visualizar os valores de corrente correspondentes a 
tensão aplicada. 
 
5) b) O mesmo pode ser feito usando a tabela 3, para traçar a curva característica do diodo 
de alto brilho em polarização direta. Pelo gráfico percebemos como este opera somente 
em tensões mais altas, sendo esta uma característica deste tipo de LED. 
 
0
0,005
0,01
0,015
0,02
0,025
0,03
0,035
0 0,99999 1,703 1,776 1,806 1,825 1,839 1,851
ID
0
0,005
0,01
0,015
0,02
0,025
0,03
0,035
0,04
0,045
0 1 2 2,995 3,373 3,444 3,482 3,507
ID