Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
53 pág.
Sistema Eletrônico de Informações

Pré-visualização | Página 1 de 9

Sistema Eletrônico de Informações - SEI! ADMINISTRAR
1. Painel
2. Meus cursos
3. Sistema Eletrônico de Informações - SEI! ADMINISTRAR
4. Introdução
Introdução
1. Visão Geral do PEN
No ano de 2013, foi firmado um Acordo de Cooperação Técnica entre o então Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), Embrapa, Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Governo do Distrito Federal (GDF) e Anatel, objetivando a prospecção de uma solução de gestão de processos administrativos eletrônicos que atendesse às definições do PEN.
Nessa consulta pública, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) apresentou o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) o qual, naquele momento, se mostrou uma solução adequada aos propósitos do PEN, em especial por ter sido desenvolvido utilizando linguagem livre e pela possibilidade de ser implantado em diferentes ambientes e realidades tecnológicas.
Mas o projeto não terminou por aí! Após a adoção do SEI pelo PEN e da evolução da iniciativa, foram previstas na configuração atual das principais entregas do projeto as seguintes ações:
· O SEI é o software de processo administrativo eletrônico selecionado no âmbito do PEN.
· O Barramento de Serviços do PEN é a solução desenvolvida para viabilizar o trâmite entre órgãos que utilizam sistemas de processo administrativo eletrônico.
· O Protocolo Integrado foi desenvolvido para permitir que os cidadãos consultem o andamento dos processos de seu interesse, independentemente do órgão em que estiver tramitando. Trata-se de uma ferramenta que auxilia na promoção da transparência ativa.
Além das soluções tecnológicas, o PEN se preocupou com as questões normativas para amparar o paradigma da mudança do meio analógico para o digital.
Quem são os usuários do SEI?
Podem utilizar o sistema conselheiros, membros, servidores, estagiários do CNMP e usuários externos.
Qual é meu login e minha senha no SEI?
Para conselheiros, membros, servidores e estagiários do CNMP, o login e senha utilizados para acessar o sistema são os mesmos usados para acessar a rede do CNMP. Os usuários externos devem fazer um cadastro.
Como é o acesso ao SEI?
O usuário interno deve entrar na página inicial do SEI e inserir seu login ou senha. O ícone para acesso ao sistema está disponível para usuários internos na intranet do CNMP, na área de serviços e sistemas. Os usuários externos podem acessar pelo Portal do CNMP.
O que é assinatura eletrônica?
A assinatura eletrônica no SEI consiste em utilizar o usuário (login) e a senha para assinar digitalmente o documento. A assinatura eletrônica garante ao destinatário que o documento não foi alterado ao ser enviado (integridade) e ainda comprova a autoria do emitente (autenticidade), sem a necessidade de impressão em papel. Os documentos assinados no SEI exibem as assinaturas eletrônicas ao final da página.
A assinatura eletrônica é legalmente válida?
A regulamentação da assinatura eletrônica está prevista na resolução de implementação do SEI. A validade está estabelecida na Lei nº 12.682, de 9 de julho de 2012, e no Decreto nº 8.539, de 8 de outubro de 2015, que regulamenta o uso do meio eletrônico para a realização do processo administrativo no âmbito dos órgãos e das entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional.
Todos os usuários têm assinatura eletrônica? Como funciona?
Todos os servidores do CNMP têm assinatura eletrônica. Basta informar a senha de login da rede, escolhendo o cargo adequado.
Os usuários externos podem ter assinatura eletrônica?
Sim. Os usuários externos devem solicitar acesso por meio do link : https://sei.cnmp.mp.br/sei/controlador_externo.php?acao=usuario_externo_logar&id_orgao_acesso_externo=0. Após clicar no link, o usuário deve seguir as instruções para acesso ao sistema. Ao receber o acesso, o usuário deve entrar em contato com a área do CNMP responsável pela demanda e solicitar instruções para a assinatura.
É possível uma pessoa redigir um documento e outro assinar?
Sim. Os usuários podem assinar documentos de processos que estiverem tramitando em sua unidade, mesmo que redigidos por outro servidor.
A modelos padronizados de documentos?
Sim. Os modelos disponíveis obedecem ao Manual de Padronização da Atos do CNMP. Os documentos específicos de cada unidade também foram padronizados.
Estrutura Organizacional
1. Criação de Órgãos
Aprenderemos a seguir que o SEI pode ser configurado para ser utilizado por um único órgão ou para ser compartilhado por um conjunto de órgãos por meio de uma instalação multiórgãos.
No caso da utilização do sistema por uma única instituição, a indicação do nome e sigla do órgão é feita durante o processo de instalação da ferramenta.
Mas, caso a opção seja por uma instalação multiórgãos, cada novo órgão deve ser cadastrado no SIP e configurado no SEI.
Início de destaque importante.
Para cadastrar novos órgãos no SEI, utiliza-se o SIP, porém, para configurar os órgãos recém-criados, utiliza-se o menu "Administração" do SEI.
Fim de destaque importante.
Para facilitar o entendimento e exemplificar de forma prática o conteúdo tratado aqui, utilizaremos o seguinte organograma do ministério fictício XPTO:
1.1. Funcionalidade "Novo Órgão" no SIP
A criação de órgãos no SIP deve ser utilizada para os casos de utilização do SEI por mais de uma instituição, no formato multiórgãos. Nesses casos, os demais órgãos que utilizarão a ferramenta serão criados no SIP.
Para inserir um novo órgão no SIP, o usuário com perfil "Administrador", deverá acompanhar o caminho descrito a seguir.
Acompanhe, na imagem a seguir, a disposição dos campos na tela inicial do SIP.
1.2. Explorando a Funcionalidade "Novo Órgão" no SIP
Ao clicar na opção “Novo”, aparecerá a tela chamada "Novo Órgão" com os campos a seguir:
Sigla
Deverá ser preenchido com a sigla oficial do órgão. No nosso exemplo, utilizaremos a sigla "XPTO".
Descrição
Deverá ser preenchido com o nome completo do órgão. No nosso exemplo, utilizaremos o nome "Ministério fictício XPTO".
Ordem
Trata-se de um campo que permite alterar a posição do órgão na lista da tela de login do SEI. Órgãos compartilhando o mesmo valor para esse campo (por exemplo “0”) serão ordenados alfabeticamente pela sigla.
Autenticar Usuários neste Órgão
Ao selecionar esta checkbox, aparecerá outro campo para a indicação dos servidores de autenticação associados, caso existam.
Acompanhe, na imagem a seguir, a disposição dos campos na tela “Novo Órgão”
Ao finalizar o preenchimento, é necessário clicar no botão “Salvar”. Com isso, o órgão será criado e será exibida a lista de todos os órgãos pertencentes àquela estrutura. Ao clicar na imagem a seguir, você terá acesso à tela que aparece após salvar a operação.
1.3. Ações Disponíveis na Tela "Órgãos" do SIP
Ressaltamos que, na tela de listagem de órgãos, ainda é possível realizar quatro ações:
1. Consultar órgão: permite consultar os dados cadastrais do órgão (os mesmos cadastrados da etapa anterior).
2. Alterar órgão: permite alterar os dados cadastrais do órgão.
3. Desativar órgão: permite desativar o órgão. Essa ação remove o órgão da lista, porém, é possível consultar a lista de órgãos desativados, bem como reativá-los, acessando o menu “Órgãos” e clicando em “Reativar”.
4. Excluir órgão: permite excluir definitivamente o órgão. Não é possível recuperá-lo posteriormente.
Acompanhe, na imagem a seguir, a disposição dos campos na tela “Órgãos”.
Fique atento! Não é recomendado excluir o órgão raiz do sistema (ID 0), pois essa operação fará com que seja necessário reinstalar o sistema.
Feedback
Com relação à criação de órgãos no SIP, marque a alternativa correta:
a. Em qualquer situação, todos os órgãos devem ser cadastrados no SIP acessando o menu “Órgãos” e clicando em “Novo”. 
b. Na tela de cadastro de órgão, o campo “Descrição” deverá ser preenchido com a sigla oficial do órgão. 
c. Na tela de cadastro de órgão, o campo “Ordem” permite alterar a posição do órgão na lista da tela de login do SEI. Órgãos compartilhando o mesmo valor para esse campo serão ordenados pela sua data de criação.
Página123456789