A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Síndromes Psiquiátricas - Síndromes Maníacas

Pré-visualização|Página 1 de 1

Síndromes Psiquiátricas  - Síndromes Maníacas


O que é a Síndrome?

Síndrome é o conjunto de sinais ou sintomas que surgem de diferentes causas que se repetem com o decorrer do tempo.


O que são as Síndromes Maníacas

A síndromes maníacas se apresentam com a alteração em três grandes grupos de sintomas como:

o afeto, a cognição e a percepção, a atividade e o comportamento.

As síndromes maníacas se dividem em:

mania franca ou grave, mania irritada ou disfórica, mania mista, hipomania e ciclotimia.

E o que vai se constituir como base das síndromes maníacas são a euforia e a elação.

Nesse caso da elação é o aumento (expansão)do eu.

A pessoa dentro do quadro da síndrome maníaca se encontra geralmente: alegre, brincalhona ou irritada, arrogante, com o ritmo psíquico acelerado, o pensamento geralmente superficial e impreciso.


Sinais e sintomas nas síndromes maníacas:

O aumento da auto estima. Se sentindo superior, melhor, pessoa poderosa.

A elação. Aumento do seu EU.

A insônia. Dificuldade de dormir, diminuição do sono.

A loquacidade. Fala muito, sem parar. Fala bem, sem nenhuma dificuldade, uma pessoa eloquente.

A logorreia. Dentro de Psicopatologia, esse termo é utilizado pra expressar a pessoa que tem uma compulsão em falar, ou seja uma necessidade em falar.

A pressão para falar. Tendência incontrolável em falar sem parar.

A distraibilidade. Onde a pessoa tem dificuldade ou incapacidade para manter a atenção em qualquer coisa que venha tirar dele um esforço produtivo.

A agitação psicomotora. A excitação mental e atividade motora são aumentadas. 

A irritabilidade. Pode ocorrer em diversos graus, que pode ser desde a leve

A arrogância. Em alguns pacientes é um sintoma que se destaca.

A heteroagressividade. Qualquer conduta agressiva direcionada ao mundo externo, outras pessoas ou elementos. Pode se manifestar em diferentes graus, desde expressões verbais ou insultou até gestos agressivos ou violência física.

Desinibição social e sexual. A pessoa tem comportamentos inadequados diante das pessoas.

Tendência exagerada a comprar objetos ou dar seus pertences. Incontrolável.

Ideias de grandeza, de poder, de importância social. Ideias delirantes, alucinações.


Tipos de síndromes maníacas:

Mania franca ou grave, é a mais intensa com fuga de ideias, delírios de grandeza.

As pessoas com distúrbios cerebrais podem ficar confusos, desorientados e diminuição de consciência.


Mania irritada ou disfórica, é predominante a irritação da pessoa, o mau humor podendo ocorrer a destruição de objetos e agressividade em pessoas.


Mania mista, há vários sintomas maníacos ocorrendo ao mesmo tempo ou alternando-se rapidamente.

É mais frequente em adolescentes e idosos.


Hipomania, a pessoa fica mais disposta que o normal, mais alegre, mais falante, faz planejamentos e muitas vezes passa despercebidas pelo médico. Tem a diminuição do sono, não se sente cansado.


Ciclotimia, a pessoa apresenta um episódio completo de depressão ou de mania. Aos olhos das pessoas é normal e muitas vezes não é submetido a um médico. Na ciclotimia os períodos depressivos são parecidos com a distimia e nas fases hipomaníacas, a pessoa tem a sensação agradável de autoconfiança, consegue se socializar mais facilmente, tem aumento da criatividade.


Mania com sintomas psicóticos é um episódio maníaco grave com sintomas psicóticos como: delírio de grandeza ou poder, delírios místicos, podem conter também alucinações auditivas ou visuais. Um comportamento alterado, agitação psicomotora e desinibição social e/ou sexual.