A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
SISTEMA DE PRODUÇÃO MANDIOCA

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO- UFMA CENTRO DE 
CIÊNCIAS AGRÁRIAS E AMBIENTAIS- CCAA 
CAMPUS DE CHAPADINHA-MA 
 
BR. 222 - KM 04, s/n. Cep: 65.500-000 - Chapadinha, Maranhão - 
Brasil 
Fone: (98) 3471-1201 
 
 
 
Curso: Agronomia Disciplina: Sistema de produção de raízes e tubérculos (Ag) 
Discente: Savana da Silva Figueiras 
 
 
SISTEMA DE PRODUÇÃO MANDIOCA 
 
1) Comente sobre Ácido cianídrico entre as macaxeiras e mandioca para 
indústria. 
O ácido cianídrico (HCN) é o que vai diferenciar e classificar as mandiocas em 
mansas ou bravas, as características são geradas através de análises químicas, 
pois é praticamente impossível distingui-las a olho nu. O que vai definir sua forma 
de consumo e utilização, as mansas podem ser consumidas os tubérculos in 
natura e a brava, que geralmente é usada pela a indústria sendo processada e 
liberada o ácido cianídrico através de um processo de fervura e secagem para 
que elimine todos os resquícios de ácido cianídrico, esta é utilizada para 
fabricação de farinha. O teor de ácido cianídrico, ou HCN, da mandioca brava 
varia entre 22 a 1.000 mg/kg de mandioca pura, o que pode ser fatal ao ser 
humano, causando parada respiratória. Já o teor de HCN da mandioca mansa 
não chega a 100 mg/kg de mandioca pura, o que a torna apta para consumo. Na 
indústria podem ser utilizadas tanto cultivares de mandioca mansas quanto 
bravas. 
 
2) Botânica 
 
a) Família: 
Euphorbiaceae. 
b) Nome científico: 
Manihot esculenta supsp esculenta Crantz 
c) Sistema reprodutivo: 
Apresentam flores monóicas, possui os dois sexos na mesma planta. Porém 
para produção comercial, recomenda-se que a propagação seja pelo método de 
propagação vegetativa com o uso de manivas feitas de plantas sadias. 
3) Métodos de propagação, citando vantagens e desvantagens 
São propagadas por duas maneiras, por propagação vegetativa e por sementes. Na 
propagação vegetativa da mandioca, as vantagens de menor variabilidade genética, que 
vai causar uma maior uniformização da produção, além de que o ciclo é mais rápido. Já 
na desvantagem podemos citar a maior vulnerabilidade a pragas e doenças. O método de 
reprodução sexuada, que apesar de gerar uma maior variabilidade genética e 
desunifomização das plantas e aumentando o tempo do seu ciclo de produção, essa 
variabilidade é uma vantagem para se realizar os métodos de melhoramento genético e 
selecionar as plantas com as melhores características de interesse agronômico. 
1) Cite as características agronômicas da maniva-semente 
(comprimento,diâmetro, número de gemas, diâmetro) 
Variedade resistente, com boa sanidade, partes vegetativas propagativas, as 
manivas com 20 cm de comprimento, 5 a 8 gemas, 2 a 3 cm diâmetro, é 
recomendado que o corte e o plantio seja feito no mesmo dia para evitar perda 
do seu potêncial, além de que é importante ter atenção em relação a cor desse 
material, descartando o mesmo caso tenha coloração escura. 
2) Comente: 
a) Principais pragas/agente causal, sintomas e controle. 
 
O mandarová - Erinnyis ello 
 
Controle: Deve-se fazer inspeções periódicas principalmente nos primeiros meses 
do 
plantio e o controle deve ser feito quando forem encontradas de cinco a sete 
lagartas pequenas por planta, plantas invasoras podem servir como hospedeiras da 
praga. 
A mosca do broto 
causado por Neosilba perezi . As plantas mais jovens são mais suscetíveis, sendo que 
após vários ataques pode ocorrer nanismo da planta. 
Ácaros 
 
São os mais importantes para a cultura da mandioca no Brasil são o ácaro verde 
(conhecido como “tanajoá”) e o ácaro rajado. Podendo causar danos 
consideráveis, principalmente nas Regiões Nordeste e Centro-Oeste. 
 
 
b) Principais doenças/agente causal, sintomas e controle. 
 
PODRIDÃO DE RAÍZES 
Agentes causais: fungos Phytophthora sp e Fusarium sp. 
Sintomas: podridões “moles” nas raízes, com odores muito fortes, cor acinzentada. 
 
Controle: Químico/ manivas-semente (Fungicida sistêmico Aliete) adotar o uso 
de variedades tolerantes: Mãe Joana e Embrapa 8 (Estado do Amazonas) e 
Poti e Mani (Estado do Pará) BRS KIRIRIS (33, 8 ton/ha)- SERGIPE. 
 
VIROSES 
 
CsCMV (Cassava common mosaic 
virus); CsVMV (Cassava vein mosaic 
virus); CFSD (Cassava frogskin 
disease). 
 
 
1) Comente sobre clones de mandioca e macaxeira. Qual variedade 
Vocêrecomendaria o plantio no Maranhão? Justifique. 
 
Recomendaria o plantio das variedades de mandioca brava e mansa, para 
fabricação de farinha, fabricação de fécula, consumo dos tubérculos da 
macaxeira, fabricação da puba, uso de variedades resistentes da EMBRAPA e 
variedades locais melhoradas por seleção natural por antepassados como já 
fora encontrada em algumas comunidades que produzem mandioca brava e 
mansa. Ambas atendem boas qualidades e a sua produção comercial e 
industrial atendem bem o mercado, sendo que na produção comercial local 
também traria mais benefícios de desenvolvimento económico e social através 
do processamento e beneficiamento da mandioca.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.