A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Pré-natal

Pré-visualização | Página 1 de 1

Pré-natal
	Como são organizadas as consultas no pré-natal do MS?
	1 no primeiro trimestre, 2 no segundo, 3 no terceiro.
	Quais as recomendações de vitaminas?
	Ferro:
Profilático: 40/60 mg Fe elementar a partir de 20a semanas. Para Hb>11, até no mínimo 3 meses pós-parto (não lactante).
Ácido fólico:
Profilático: 0,4 mg para prevenir defeitos de tubo neural. Ideal→ iniciar 3 meses antes da gravidez.
Se alto risco: filho anterior acometido/uso de anticonvulsivante=4 mg.
Pode dar 5mg (normalmente é o disponível pelo SUS).
*vit. A é teratogênica em doses altas.
	Recomendações sobre exercícios físicos?
	Normal (moderado).
	Recomendações sobre atividade sexual?
	Normal.
	Calculo de DPP?
	Regra de Nagele
+7 ao dia +9 ao mês.
Se ultrapassar o mês 13 pode -3.
Regra de Macdonald
IG= fundo uterino x 8/7
	Como é a vacinação?
	Proscritas → Atenuadas: Tríplice viral, Sabin, Varicela, BCG e Febre amarela (exceto se for para área endêmica).
Permitidas → Inativo
Obrigatórias:
dT/Tpa
Mesmo se tomar 3X fora da gravidez sempre tomar 1 dTpa após 20 semanas.
Nunca tomou: 2X dT e dTpa (última).
 Hepatite B (3X) e Influenza H1N1.
	Quais os exames pré-natal?
	Tipagem sanguínea e fator Rh,
Hemograma,
Glicemia de jejum,
VDRL(teste rápido/treponema se disponível),
HIV(pode ser o rápido ou o ELISA),
HbsAg,
Urina I,
Urocultura e
Toxoplasmose.
Coombs indireto para Rh- (pelo MS).
Tipagem de Rh (coombs ind?)
EAS e urocultura
Sexuais (HIV, HbsAg e VDRL)
Toxoplasmose
Anemia(hemograma) e Açucar
Repetir
Repetir no 3tri.
EAS e urocultura
Sexuais (HIV, HbsAg e VDRL)
Anemia (hemograma) e Açucar,
2016: inclui eletroforese de hemoglobina.
	Deve ser feito de USG?
	É de bom senso pedir mas não é obrigatório pelo MS.
1 trimestre e 2 trimestre (pelo menos, se possível).
USG 11- 14 semanas → TN (<2,5mm), osso nasal e ducto venoso.
USG 20-24 semanas → morfológico 2o trimestre.
	Como é feito o rastreio de infecção GBS?
	Swab vaginal e retal entre 35-37 semanas.
Pela ACOG 36-37 semanas e 6 dias.
Não precisa rastrear se:
Bacteriúria atual p/ GBS (nesse caso tem que anotar mesmo se tratada).
Filho anterior teve GBS.
	Quem faz profilaxia intra parto?
	Mesmos critérios anteiores +
Swab + 35-37 semanas,
Sem rastreio c/ risco: T. de parto <37 semanas ou Tax maior que 38o C intraparto ou bolsa rota >18 horas.
	Como é realizada?
	Penincilina cristalina: IV 5x10^6 (A) e 2,5x10^6(M) 4/4 horas.
NÃO FAZER:
-Cesariana eletiva
-Swab neg <5semanas
-Sem rastreio e sem risco.
Toxoplasmose
	O que significa os resultados?
	IgG- IgM-: Sem Imunidade (pedir 3/3 meses)
IgG+ IgM-: Com Imunidade (não repete)
IgG- IgM+: Infecção Aguda (repetir teste ou fazer IgA// Pode tratar já)
IgG+ IgM+ Antiga ou Recente? Fazer teste de avidez se menos de 16 semanas.
Avidez:
>60% (alta) → > 4 meses → Não precisa tratar.
<30% (baixa) → < 4 meses → Tratar
	Qual o TTO?
	Infecção aguda (IgG – IgM+// IgG+ IgM+ até vir o teste, baixa avidez ou IgA+): Espiramicina e rastrear feto (amniocentese).
Infecção fetal: Intercala com Sulfadiazina, Pirimetamina e Ac folínico.