A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
SINDROME DA ADOLESCENCIA NORMAL

Pré-visualização | Página 1 de 2

Saúde do adolescente Rafaela Alves Stabullo
SINDROME DA ADOLECÊNCIA NORMAL
· Termo muito utilizado, mas não se usa mais 
· Aspectos psicossociais do paciente normal 
· Os jovens da atual geração são tão diferentes dos de outrora, agressivos, desobedientes surdos aos conselhos dos mais velhos o que será deles no futuro?- século VII A.C 
Adolescência: é o estado de transição do desenvolvimento que ocorre entre a dependência relativa da infância e a independência relativa do adulto.
Adolescente: indivíduo entre 10 e 19 anos.
Jovem: indivíduo entre 10 e 24 anos.
Puberdade (púbere): conjunto de modificações neuro-hormonais, genitais e antropométricas levando à maturidade biológica adulta com dimorfismo sexual e capacidade reprodutiva -mudanças puramente orgânicas.
· São caracteristicas que sempre existiram e que antigamente não apareciam tanto mas agora é possivel percebe-las.
· Puberdade e adolecencia: aspectos psicoccociais e biologicos 
· Adolescente passa por uma fase que não entendo por que o corpo dele muda e não sabe como o corpo vai ficar na idade adulta 
· Síndrome da adolescência normal: Características normais do desenvolvimento psicológico e social do adolescente 
Crise do nascimento X crise da adolescência
*Fim da Etapa
· Nascimento = entrada do ser no mundo
· Crise do nascimento o fim da etapa da gestação
· Adolescência.
· Término das vinculações seguras e conhecidas
· Marcantes modificações no mundo relacional
· É o fim da infância: entrada no mundo social 
· O adolescente vive no mundo da infância onde está sobre o controle dos pais mais seguro
· Quando parte para o mundo social as vinculações não são mais seguras
· O bebê tinha uma relação com a mãe e na crise da adolescência tb passa a ter interrelação pessoal com outras pessoas
· Dividimos as fases da adolecencia em:
· Fase inicial entre 10-13 anos
· Entrando na adolescência 
· Começando alterações corporais 
· Média – 13 aos 16
· Tardia – 17 aos 20
Adolescência inicial
· Mudanças biológicas 
· Intenso narcisismo ele e o centro de tudo
· Busca de identidade (Estigma de rebeldia tem dificuldade de seguir conselhos, menor interesse pelas atv paternas)
· Tenta romper com os conselhos pois precisa romper e formar a própria identidade
· Pensamento abstrato desenvolvimento do pensamento de Piaget a criança 
· Formação de grupos são mais específicos de menina com menina e menino com menino 
· Questão da sexualidade com comportamento exploratório-masturbação
· Reclamação dos professores, pais.
· Formação dos grupos – comportamento exploratório – autoconhecimento
· Intermediaria 14-17 anos
· Corpo mais desenvolvido e ele passa por uma fase mais forte com relação as características da adolescência 
· Sai do seio da família e começa a se expor mais – fica mais vulnerável.
· Grande parte das transformações corporais já aconteceram.
· Maior preocupação com aparência.
· Processo de separação dos pais.
· Vinculação fundamental com o grupo.
· Comportamentos de risco.
· Desenvolvimento intelectual. com maior velocidade de raciocínio
· Experimentação sexual. mais em busca do prazer
· Começam preocupações com vida profissional
· Tardia de 17-20 anos 
· Consolidação da identidade.
· Separação final do núcleo familiar.
· Estabelecimento da Identidade sexual.
· Escolha profissional.
· Maturidade cristalizada
· Estigma do adolescente mal-amadofase da aborrecente
· Não chamar assim ele está se estruturando 
· E muito mais fácil amar um bebê do que um adolescente irreverente desorganizado
· Ih!! Esse não sou eu!! a crise da adolescência 
· Ele não se reconhece estava tão acostumado com a infância 
· Como vou ficar
· Como vai ser no fim
Arminda aberastury
· Luto pelo corpo infantil
· Luto pela identidade infantil 
· Luto pelos pais da infância perda de referência e o modo como eram tratados 
· Luto pela bissexualidade antes não tinha interesse
· Precisam de tempo para a aceitação das mudanças, aceitar e entender.
· Foram perdas importantes 
Mauricio Knobel
· Descreve todas as alterações do adolescente em características que são normais as fases que estão passando.
· Muitas vezes pode ter uma característica mais acentuada e outra menos quando são muitas características acentuadas começa a trazer problemas 
· Busca de si e da identidade
· Tendencia grupal
· Necessidade de fantasiar e intelectualizar 
· Crise religiosa
· Deslocamento temporal 
· Do autoerotismo a heterossexualidade
· Atitude social reivindicatória
· Contradições sucessivas em todas as manifestações de conduta
· Separação progressiva dos pais 
· Constantes flutuações de humor e do estado de animo
· Dinâmica familiar complicada 
 Ação e reação pais acham q ele faz de proposito e tratam ele de forma rude 
O adolescente não está tendo um quadro patológico, não é intenção afrontar ou desafiar Porque busca a identidade
Quando entra na adolescência leva a identidade dos pais para quebrar os paradigmas para construir a própria identidade
Busca de si mesmo e da identidade.
· Alterações corporais.
· Impressão de que os adultos são capazes de adivinhar o que estão sentindo sem que os tenha dito.
· Chateado com alguma coisa o pai vê q está chateado, mas o pai não sabe o adolescente pensa q o pai tem obrigação de saber o que ele está fazendo
· Preocupação com a imagem corporal é constante.
· Necessidade de autoafirmação.
· Autoafirmação está envolvida na questão do grupo autoestima e autoafirmação
Adolescência: constante busca e questionamento
· Tudo em busca da sua construção de identidade (Quem sou eu? Sou afetivamente importante para alguém? Minhas atitudes repercutem no meio em que vivo? Já ocupo algum lugar na sociedade?)
· Será q eu tenho um lugar no mundo 
· será q sou importante para isso
· será q as minhas atitudes são importantes e tem repercussão
Adolescência: constante tentativa de autoafirmação
· Eu sou mais eu!
· Ninguém manda em mim!
· Narcisismo
Separação progressiva dos pais:
· Visão da Criança X Visão do Adolescente.
· Começam as festas 
· Começam a naturalmente se distanciar dos pais 
· Começa a perder os pais da infância 
· Começa a se aproximar mais dos amigos
· Os pais se sentem mais excluídos
· começa a defender de maneira apaixonada suas opiniões
· crescimento físico
· independência relativa
· Ele é o mais inteligente 
· Ele que tem razão 
· Pais com sentimento de desacato
· Pai começa a interpretar q o filho estra querendo disputar espaço com ele dentro de casa
· O processo de separação dos pais é uma coisa que acontece, é natural, mas que tem que ter uma orientação efetiva
· Pais sempre estar mais ou menos por perto 
· Liberdade não pode tornar-se sinônimo de risco.
· Quando os pais são pais presentes, deixando ele viver a vida dele sempre com monitoramento e orientando tendem a sofrer menos e tem proteção para os riscos Preditivo que ele vai provavelmente não se expor a riscos 
· Deixar claro para o adolescente a responsabilidade com o corpo, a saúde e a responsabilidade com outro.
· Começar a assumir responsabilidade
Vinculação ao grupo
PRA Q PRECISA DE GRUPOS?
· Fortalecimento da autoestima 
· Todos no grupo estão no mesmo momento existencial 
· Calca rasgada e todos usam a mesma coisa
· Os grupos podem ser construtivos e destrutivos
· Isso e um perigo se no grupo a maioria usar droga ele tende a usar droga
· Ou tb podem ajudar com situações difíceis.
· Pode favorecer o espírito de equipe e aparecimento de lideranças construtivas.
· Pessoas q ele gosta e se identifica -- se ele é legal e anda comigo então tb sou legal
Os pais devem conhecer esse grupo -- Deixa mais supervisiona
Desenvolvimento do pensamento Abstrato. Necessidade de intelectualizar.
· O desenvolvimento intelectual o faz pensar no mundo de forma imaginária – “Como seria se...” e lhe dá instrumentos para avaliar, de forma crítica, a sociedade que o cerca.
· Ele se intelectualiza
· Tem o maior desenvolvimento do pensamento abstrato
Evolução da sexualidade
POR QUE A VIVÊNCIA DA SEXUALIDADE?
· O enamorar-se apaixonadamente

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.