A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Eixo 1 Parte 2 Questionário Avaliativo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Eixo 1 – Parte 2 – Questionário Avaliativo
1. Considerando os temas debatidos nesta aula, assinale a alternativa correta:
Escolha uma opção:
a. A doutrina da proteção integral se sustenta em dois importantes pilares teóricos e práticos: a criança e o adolescente são sujeitos de direitos e a criança e o adolescente são pessoas em desenvolvimento. 
b. As Regras Mínimas das Nações Unidas para a Administração da Justiça da Infância e da Juventude, de 1985, também conhecidas como Regras de Beijing, trazem normativas sobre o tratamento a ser dispensado a jovens em conflito com a lei, prevendo, por exemplo, que os procedimentos devem ser rigorosamente formais, o que implicou uma diminuição do instituto da remissão no Brasil.
c. A doutrina da proteção integral, no Brasil, foi instituída formalmente apenas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, que posteriormente inspirou a inclusão do artigo 227 na Constituição Federal.
d. No caso de ato infracional praticado por criança, o Estatuto da Criança e do Adolescente, ao prever um procedimento específico para essas hipóteses, estabelece que compete ao Ministério Público a aplicação das medidas de proteção cabíveis, já que as crianças não podem ser submetidas às medidas socioeducativas.
2. O procedimento para apuração e aplicação de medida socioeducativa ao adolescente a quem se atribui a prática de ato infracional é composto por diversas fases, que devem ser seguidas em respeito e atenção às garantias processuais do investigado. Sobre esse tema, assinale a alternativa incorreta:
Escolha uma opção:
a. Na fase ministerial será realizada audiência para a oitiva informal do adolescente e, após isso, três caminhos são possíveis ao Ministério Público: a promoção de arquivamento da notícia de ato infracional; a concessão da remissão ou o oferecimento de representação para a aplicação de medida socioeducativa.
b. A competência material para processar e julgar adolescentes em conflito com a lei será sempre da Justiça da Infância e da Juventude, diante da regra fixada no art. 148, inciso I, do Estatuto. Assim, mesmo os atos infracionais equiparados a crimes contra a União, cuja competência pertenceria à Justiça Federal, deverão ser remetidos à Justiça da Infância e da Juventude, órgão do Poder Judiciário Estadual.
c. Na fase policial, o adolescente poderá ser apreendido tão somente em duas circunstâncias: no caso de ordem judicial escrita e fundamentada e na hipótese de flagrante de ato infracional.
d. Durante a fase judicial, poderá ser oferecida, pela autoridade judiciária, a concessão de remissão, desde que antes da sentença, a qual, considerando que já houve a movimentação da máquina judicial, deve ser sempre condicionada ao cumprimento de medida socioeducativa. 
3. Sobre as medidas socioeducativas aplicáveis aos adolescentes em conflito com a lei, assinale a alternativa incorreta:
Escolha uma opção:
a. a internação é medida socioeducativa privativa de liberdade que, na forma do art. 121 do Estatuto da Criança e do Adolescente, está sujeita aos princípios da brevidade, da excepcionalidade e do respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento.
b. A medida socioeducativa na modalidade de advertência consiste na “admoestação verbal”, a ser reduzida a termo e assinada pelo adolescente e por seu responsável.
c. Considerando que o adolescente não possui patrimônio próprio, o Estatuto da Criança e do Adolescente deixou de prever qualquer medida socioeducativa de reparação do dano, a qual só pode ser imposta como medida de proteção. 
d. A jornada da medida socioeducativa de prestação de serviços à comunidade não poderá ser superior a oito horas semanais e nem prejudicar a frequência escolar ou a jornada normal de trabalho do adolescente trabalhador, podendo, dessa forma, ser cumprida, até mesmo, em sábados, domingos ou feriados.
4. Assinale V para as alternativas corretas e F para as falsas:
	Em caso de discordância com a remissão ou o arquivamento promovido pelo Ministério Público, havendo discordância o Juiz poderá devolver os autos ao Promotor de Justiça para que refaça sua promoção, cabendo a este o manejo do recurso competente para fazer valer a sua posição jurídica. 
	Resposta 1 
	O prazo máximo da internação, antes da sentença, também conhecida como “internação provisória”, pode ser determinada pelo prazo máximo de quarenta e cinco dias, conforme o artigo 108 do Estatuto da Criança e do Adolescente. 
	Resposta 2 
	No Brasil, a Constituição Federal e posteriormente o Estatuto da Criança e do Adolescente estabeleceram a responsabilidade tripartida (chamado também de “tripé da proteção”), na qual o Estado, a sociedade e a família compartilham a responsabilidade de promover e proteger os direitos das crianças e dos adolescentes. 
	Resposta 3 
	Em razão de sua tenra idade, criança não comete ato infracional, devendo receber apenas as medidas de proteção cabíveis.
	Resposta 4 
5. Assinale V para as alternativas corretas e F para as falsas:
	O instituto da remissão é forma de exclusão, de suspensão ou de extinção do processo para a apuração do ato infracional, que tem paralelo com determinação contida nas Regras de Beijing e tem como objetivo minimizar os efeitos negativos que o procedimento judicial pode acarretar ao adolescente, tal como os danos decorrentes dos processos da estigmatização e da rotulação. 
	Resposta 1 
	Nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente, considerando o caráter protetivo das medidas socioeducativas, mesmo que não exista prova de ter o adolescente concorrido para o ato infracional, o juiz poderá aplicar qualquer medida caso reconheça na sentença que o adolescente está em situação de risco. 
	Resposta 2 
	O instituto das medidas socioeducativas sustenta-se em três pilares: 1) na necessidade de responsabilização do adolescente quanto às consequências de seu ato; 2) a integração social do adolescente, fazendo uso de instrumentos de cunho social e pedagógico; e 3) na desaprovação da conduta infracional. 
	Resposta 3 
	É cabível recurso contra a sentença que aplica medida socioeducativa ao adolescente em conflito com a lei, devendo ser observadas as regras especiais capituladas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, que segue os procedimentos do Código de Processo Penal de forma adaptada. 
	Resposta 4 
Falso
Verdadeiro
Verdadeiro
Falso
Verdadeiro
Falso
Verdadeiro
Falso

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.