A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre renúncia e submissão ?

Autotutela de conflitos.


2 resposta(s)

User badge image

Daianny Cristina

Há mais de um mês

 a Renúncia e a Submissão são espécies de autocomposição, assim como a transação. São instrumentos de solução de litígios, que o Estado coloca a disposição.

A renúncia é ato unilaterla pelo qual a parte abdica do direito, de modo que apenas ela sai perdendo.

A submissão é o ato de se submeter à pretensão da outra parte, mesmo podendo reistir legitimamente.

A transação é o acordo entre as partes para extinguir ou prevenir obrigações controversas, mediante concessões recíprocas, ou seja, cada um cede um pouco.

 

 a Renúncia e a Submissão são espécies de autocomposição, assim como a transação. São instrumentos de solução de litígios, que o Estado coloca a disposição.

A renúncia é ato unilaterla pelo qual a parte abdica do direito, de modo que apenas ela sai perdendo.

A submissão é o ato de se submeter à pretensão da outra parte, mesmo podendo reistir legitimamente.

A transação é o acordo entre as partes para extinguir ou prevenir obrigações controversas, mediante concessões recíprocas, ou seja, cada um cede um pouco.

 

User badge image

Mayra Oliveira

Há mais de um mês

autocomposição é um método primitivo de resolução de conflitos entre pessoas e consiste em: um dos indivíduos, ou ambos, abrem mão do seu interesse por inteiro ou de parte dele.

A autocomposição pode ocorrer de três formas:

  • Desistência: consiste na renúncia à pretensão.
  • Submissão: consiste na renúncia a resistência oferecida à pretensão.
  • Transação: consiste em concessões recíprocas.

Pode-se dizer que a autocomposição, mesmo advinda dos primórdios da civilização, continua existindo até hoje no direito brasileiro.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes