A maior rede de estudos do Brasil

São pressupostos processuais negativos


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

São eles: a perempção, a litispendência e a coisa julgada.

É que, presentes essas causa, o processo não terá segmento, conforme art. 485, V, do CPC:

"Art. 485. O juiz não resolverá o mérito quando:

[...]

V - reconhecer a existência de perempção, de litispendência ou de coisa julgada;"

Perempção ocorre quando o processo é extinto sem julgamento do mérito, por três vezes seguidas, por desídia do autor, o que obsta a propositura de nova ação.

Litispendência é a existência de duas causas idênticas;

Coisa julgada é o processo cujo mérito já foi avaliado, com impossibilidade de interposição de novos recursos.

São eles: a perempção, a litispendência e a coisa julgada.

É que, presentes essas causa, o processo não terá segmento, conforme art. 485, V, do CPC:

"Art. 485. O juiz não resolverá o mérito quando:

[...]

V - reconhecer a existência de perempção, de litispendência ou de coisa julgada;"

Perempção ocorre quando o processo é extinto sem julgamento do mérito, por três vezes seguidas, por desídia do autor, o que obsta a propositura de nova ação.

Litispendência é a existência de duas causas idênticas;

Coisa julgada é o processo cujo mérito já foi avaliado, com impossibilidade de interposição de novos recursos.

User badge image

LUCIANO

Há mais de um mês

 Os pressupostos processuais positivos têm que estar presentes para que o processo possa existir e ser válido. Então, por exemplo, sem citação não tem processo. Para que o processo exista é preciso que aconteça a citação do réu. Sem a imparcialidade do juiz o processo é nulo. Se o juiz for impedido (que é o termo técnico para designar um juiz parcial), o processo é nulo. E assim por diante.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas