lucro presumido?

01) Uma empresa, contribuinte do ICMS (alíquota 18%), vende seus produtos para indústria e distribuidores, que se creditam do respectivo imposto.

Desta forma, o custo do produto para tais compradores (sem considerar outros elementos formadores), para cada 100,00 faturado pela empresa será:

100,00 (preço de compra) – 18,00 (ICMS creditado) = 82,00

Entretanto, a administração da empresa decidiu aderir ao sistema simplificado de apuração do ICMS de seu estado, pedindo ao planejador uma estimativa dos ganhos gerados por esta decisão.

Prevê-se que a alíquota média efetiva de recolhimento do regime de ICMS simplificado vá a 4% sobre a receita.

Ainda por expressa vedação da legislação estadual, nesta sistemática o ICMS não pode ser destacado em nota fiscal, nem utilizado para crédito do comprador.

O planejador previu que, os compradores, de imediato, solicitaram à empresa um desconto nos produtos de 18%, para manterem o custo da mercadoria em 82,00. Vislumbrando:

100,00 (preço de compra) – “zero” (ICMS creditável) = 100,00

Desconto para manter o custo do produto em 82,00, 18%

100,00 – 18% x 100 – “zero” (ICMS creditável) = 82,00

Além disso, a legislação estadual veda o crédito de qualquer importância, paga a título de ICMS, para o contribuinte que optar pelo regime simplificado.

O planejador verificou que, nos últimos 12 meses, os créditos de ICMS foram de:

Mês

Receita

Crédito ICMS

Débito ICMS

Valor a recolher

1

100.000,00

7.200,00

18.000,00

10.800,00

2

120.000,00

8.856,00

21.600,00

12.744,00

3

150.000,00

10.935,00

27.000,00

16.065,00

4

180.000,00

12.636,00

32.400,00

19.764,00

5

170.000,00

12.240,00

30.600,00

18.360,00

6

140.000,00

10.080,00

25.200,00

15.120,00

7

200.000,00

16.200,00

36.000,00

19.800,00

8

210.000,00

15.120,00

37.800,00

22.680,00

9

150.000,00

15.960,00

27.000,00

14.040,00

10

180.000,00

12.960,00

32.400,00

19.440,00

11

190.000,00

13.680,00

34.200,00

20.520,00

12

250.000,00

18.000,00

45.000,00

27.000,00

Totais

2.040.000,00

150.867,00

367.200,00

216.333,00

Totais %

100%

7,4%

18%

10,6%

 

Como no regime simplificado o crédito do ICMS não ocorrerá, então teremos o seguinte:

Impacto tributário e financeiro, decorrente da opção pelo “regime simplificado”, baseando-se numa média mensal de receita sujeitas ao ICMS de 200.000,00 e cálculo pelo Lucro Presumido (para fins de cálculo do PIS, COFINS, IRPJ e CSSL).

Demonstre e justifique.

 

 

Disciplina:Planejamento Tributário1.519 materiais