A maior rede de estudos do Brasil

o que acontece com o tecido da asteroclerose


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O risco da aterosclerose se relaciona com dois fatores: aumento da produção de LDL, rica em colesterol, triglicérides e radicais livres, o que aumenta a quantidade de LDL que é oxidada, favorecendo o seu depósito na camada íntima das artérias; inflamação crônica do tecido adiposo, principalmente visceral, que irá aumentar os níveis séricos de citocinas pró-inflamatórias, favorecendo a ativação endotelial e o aumento da adesividade de monócitos que migram para a camada íntima, onde irão endocitar LDL oxidada, iniciando a formação do ateroma e contribuindo para a sua progressão.


A aterosclerose é caracterizada pelo depósito de colesterol, ésteres do colesterol, fosfolipídios e glicerídeos na íntima de artérias. A primeira reação é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.


Portanto, concluímos que a primeira reação na aterosclerose é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.

BOGLIOLO, Luigi; BRASILEIRO FILHO, Geraldo. Bogliolo patologia. Guanabara-Koogan, 2011.

O risco da aterosclerose se relaciona com dois fatores: aumento da produção de LDL, rica em colesterol, triglicérides e radicais livres, o que aumenta a quantidade de LDL que é oxidada, favorecendo o seu depósito na camada íntima das artérias; inflamação crônica do tecido adiposo, principalmente visceral, que irá aumentar os níveis séricos de citocinas pró-inflamatórias, favorecendo a ativação endotelial e o aumento da adesividade de monócitos que migram para a camada íntima, onde irão endocitar LDL oxidada, iniciando a formação do ateroma e contribuindo para a sua progressão.


A aterosclerose é caracterizada pelo depósito de colesterol, ésteres do colesterol, fosfolipídios e glicerídeos na íntima de artérias. A primeira reação é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.


Portanto, concluímos que a primeira reação na aterosclerose é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.

BOGLIOLO, Luigi; BRASILEIRO FILHO, Geraldo. Bogliolo patologia. Guanabara-Koogan, 2011.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

O risco da aterosclerose se relaciona com dois fatores: aumento da produção de LDL, rica em colesterol, triglicérides e radicais livres, o que aumenta a quantidade de LDL que é oxidada, favorecendo o seu depósito na camada íntima das artérias; inflamação crônica do tecido adiposo, principalmente visceral, que irá aumentar os níveis séricos de citocinas pró-inflamatórias, favorecendo a ativação endotelial e o aumento da adesividade de monócitos que migram para a camada íntima, onde irão endocitar LDL oxidada, iniciando a formação do ateroma e contribuindo para a sua progressão.


A aterosclerose é caracterizada pelo depósito de colesterol, ésteres do colesterol, fosfolipídios e glicerídeos na íntima de artérias. A primeira reação é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.


Portanto, concluímos que a primeira reação na aterosclerose é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.

BOGLIOLO, Luigi; BRASILEIRO FILHO, Geraldo. Bogliolo patologia. Guanabara-Koogan, 2011.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

O risco da aterosclerose se relaciona com dois fatores: aumento da produção de LDL, rica em colesterol, triglicérides e radicais livres, o que aumenta a quantidade de LDL que é oxidada, favorecendo o seu depósito na camada íntima das artérias; inflamação crônica do tecido adiposo, principalmente visceral, que irá aumentar os níveis séricos de citocinas pró-inflamatórias, favorecendo a ativação endotelial e o aumento da adesividade de monócitos que migram para a camada íntima, onde irão endocitar LDL oxidada, iniciando a formação do ateroma e contribuindo para a sua progressão.


A aterosclerose é caracterizada pelo depósito de colesterol, ésteres do colesterol, fosfolipídios e glicerídeos na íntima de artérias. A primeira reação é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.


Portanto, concluímos que a primeira reação na aterosclerose é a ativação do endotélio, que expressa moléculas de adesão e captura monócitos circulantes. A LDL oxidada se acumula em vacúolos, fazendo com que os macrófagos apresentem aspecto de células espumosas e, posteriormente, formando o núcleo lipídico, que é envolvido por uma capa fibrosa.

BOGLIOLO, Luigi; BRASILEIRO FILHO, Geraldo. Bogliolo patologia. Guanabara-Koogan, 2011.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas