A maior rede de estudos do Brasil

Quais são as propriedades da textualidade?

Português

FCAE


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

_Textualidade_ é um grupo de propriedades que fazem com que um texto seja considerado um texto.
Segue abaixo as propriedades textuais:

  1. Intencionalidade: intenção da informação deve ser clara para o receptor;

2. Intertextualidade: contém outros textos no próprio texto;

  1. Informatividade: texto deve trazer informações;

4. Aceitabilidade: o texto deve ser aceito pelo leitor;

  1. Situcionalidade: texto deve estar dentro do contexto;

6. Coesão: o texto deve ser organizado de forma a manter uma sequência;

7. Coerência: o texto deve ter logica.


Assim, as propriedades da textualidade são: Intencionalidade, intertextualidade, informatividade, aceitabilidade, situcionalidade, coesão e coerência.
_Textualidade_ é um grupo de propriedades que fazem com que um texto seja considerado um texto.
Segue abaixo as propriedades textuais:

  1. Intencionalidade: intenção da informação deve ser clara para o receptor;

2. Intertextualidade: contém outros textos no próprio texto;

  1. Informatividade: texto deve trazer informações;

4. Aceitabilidade: o texto deve ser aceito pelo leitor;

  1. Situcionalidade: texto deve estar dentro do contexto;

6. Coesão: o texto deve ser organizado de forma a manter uma sequência;

7. Coerência: o texto deve ter logica.


Assim, as propriedades da textualidade são: Intencionalidade, intertextualidade, informatividade, aceitabilidade, situcionalidade, coesão e coerência.
User badge image

Luan Sampaio Giovanna Allicia

Há mais de um mês

 

Unidade linguística concreta dotada de sentido, que é tomada pelos usuários da língua (falante/escritor, ouvinte/leitor), visando um dado objetivo comunicativo.

Modo como os emissores usam o texto para prosseguir e realizar suas intenções, produzindo, para tanto, textos adequados à obtenção dos efeitos desejados.

ANÁFORA

Grau em que as informações são esperadas/conhecidas ou não.

Devemos perceber por este fator o quanto é importante apresentarmos nossas informações num grau satisfatório de aceitabilidade.

E) SITUACIONALIDADE

Diretamente ligada à possibilidade de se estabelecer um sentido para o texto, ou seja, ela é o que faz com que o texto faça sentido para os usuários.

TEXTO (OU DISCURSO)

A) CONECTIVIDADE

Só haverá conectividade entre duas ocorrências textuais se as interpretações entre ambas forem semanticamente interdependentes.

Contraparte da intencionalidade.

Um dos postulados básicos que regem a comunicação humana é o da cooperação, isto é, sempre que ouvimos ou lemos, procuramos compreender para interagir completamente com nossos interlocutores.

Permite ao falante/ouvinte recuperar as marcas textuais que assinalam as relações que um texto estabelece com outros.

Quanto ao conteúdo

 

Diz respeito às relações determinadas, por exemplo, por fatores culturais, de época, de área de conhecimento etc.

 

Ex.: Segundo Koch (1990), “um subtipo de intertextualidade formal é a intertextualidade tipológica...”

 

 

COERÊNCIA

A: É telefone. (Você pode atender pra mim, por favor?)

B: (Não vou poder atender porque) Estou no banho

A: Tudo bem. (Eu atendo).

 

Ao pé dela, a moça loura, viu o homem que a perseguia

“Maria tinha lavado a roupa quando chegamos, mas ainda estava lavando a roupa.”

TEXTUALIDADE

D) INFORMATIVIDADE

Conjunto de fatores que tornam um texto relevante para dada situação de comunicação.

 

Se a condição de situacionalidade não ocorre, o texto tende a parecer incoerente, porque o cálculo de seu sentido se torna difícil ou impossível.

Quanto à forma: quando o produtor de um texto repete expressões, enunciados ou trechos de outros textos, ou então o estilo de determinado autor ou de determinados tipos de discurso.

A: É telefone.

B: Estou no banho

A: Tudo bem.

 

CATÁFORA

Relações existentes entre as ocorrências textuais.

PROF. DR. NUNES

F) INTERTEXTUALIDADE

“Nosso céu tem mais estrelas

Nossas várzeas têm mais flores

Nossos bosques têm mais vida,

Nossa vida mais amores.”

(Canção do Exílio – Gonçalves Dias)

 

Conjunto de características que fazem que um texto seja um texto e não apenas uma sequência de frases.

1) Conectividade Sequencial (Coesão)

B) INTENCIONALIDADE

PROPRIEDADES DA TEXTUALIDADE

2) Conectividade Conceptual (Coerência)

 

a) CONECTIVIDADE:

SEQUENCIAL = COESÃO CONCEPTUAL = COERÊNCIA;

b) INTENCIONALIDADE;

c) ACEITABILIDADE;

d) SITUACIONALIDADE;

e) INTERTEXTUALIDADE;

f) INFORMATIVIDADE.

 

 

O João bateu em Antonio e este ficou ferido.

TEXTO E PROPRIEDADES DA TEXTUALIDADE

“Do que a terra mais garrida

Teus risonhos lindos campos têm mais flores

Nossos bosques têm mais vida,

Nossa vida em teu seio mais amores.”

(Hino Nacional – Osório D. Estrada)

 

 

 

 

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas