A maior rede de estudos do Brasil

Qual a relação dos ductos entre o pâncreas com o figado,vesícula biliar e duodeno


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O pâncreas é uma glândula alongada de 15-25 cm localizada posteriormente ao estômago e se comunica através de ductos com o duodeno. Ele pode ser dividido em cabeça, corpo e cauda.

O pâncreas pode apresentar até três ductos. O ducto pancreático percorre todo o seu comprimento e termina na segunda porção do duodeno. O ducto biliar comum que se origina na vesicula biliar percorre a cabeça do pâncreas atravessando-o trannversalmente da região superior para inferior.

O fígado também é uma glândula acessório do sitema digestório. Possui o formato aproximado de um trapézio achatado ântero-posteriormente. Localiza-se na parte mais alta da cavidade abdominal, logo abaixo do diafragma.

O fígado pode ser dividido em duas regiões principais: o lobo direito e o lobo equerdo. De cada um dos lobos partem um ducto que se une e origina o ducto hepatico comum que em seguida se une ao ducto cístico proveniente da vesícula biliar, originando então o ducto colédoco.

Assim, o pâncreas, o fígado e a vesícula biliar se comunicam através do encontro dos ductos que se unem (ducto pancreático e ducto colédoco) e originam a ampola hepatopancreática, a qual se abre na papila principal do duodeno.

O pâncreas é uma glândula alongada de 15-25 cm localizada posteriormente ao estômago e se comunica através de ductos com o duodeno. Ele pode ser dividido em cabeça, corpo e cauda.

O pâncreas pode apresentar até três ductos. O ducto pancreático percorre todo o seu comprimento e termina na segunda porção do duodeno. O ducto biliar comum que se origina na vesicula biliar percorre a cabeça do pâncreas atravessando-o trannversalmente da região superior para inferior.

O fígado também é uma glândula acessório do sitema digestório. Possui o formato aproximado de um trapézio achatado ântero-posteriormente. Localiza-se na parte mais alta da cavidade abdominal, logo abaixo do diafragma.

O fígado pode ser dividido em duas regiões principais: o lobo direito e o lobo equerdo. De cada um dos lobos partem um ducto que se une e origina o ducto hepatico comum que em seguida se une ao ducto cístico proveniente da vesícula biliar, originando então o ducto colédoco.

Assim, o pâncreas, o fígado e a vesícula biliar se comunicam através do encontro dos ductos que se unem (ducto pancreático e ducto colédoco) e originam a ampola hepatopancreática, a qual se abre na papila principal do duodeno.

User badge image

Lucas

Há mais de um mês

na arvore biliar, temos o seginte caminho: os ductos hepaticos direito e esquerdo que desembocam no comum, a esse é somado o ducto cístico. A junção do hepático e cístico formam o colédoco. Mais adiante, o ducto pancreatico se une ao coledoco na papila de Vater (esfincter de Oddi), localizado no duodeno, permitindo a secreção dos produtos biliares e pancreáticos

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas