A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entra a alfa hélice e a beta pregueada e como podemos diferenciar uma cadeia terciaria de uma quaternária?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os aminoácidos consistem em substâncias orgânicas que caracterizam-se pela existência e uma carboxila e um amino em sua composição. Eles são classificados em essenciais e não essenciais, sendo que os essenciais são aqueles que, de alguma forma conseguem ser sintetizados pelo nosso organismo, cerca de 10 são sintetizados. Os outros 10 tipos de aminoácidos - aminoácidos não essenciais - que são traduzidos pelo nosso DNA não são sintetizados pelo nosso corpo e são adquiridos por meio da nossa dieta.

Nesse contexto, as proteínas tratam-se de macromoléculas formadas através da união de cadeias lineares de aminoácidos por meio de ligações peptídicas. Elas são de vital importância no organismo, uma vez que fornecem tudo que é preciso para a manutenção dos órgãos e tecidos. Mais especificamente, as proteínas são formadas por um conjunto de 20 aminoácidos que se combinam. Assim, uma proteína diferencia-se de outra em razão das sequências e do arranjo de tais aminoácidos.

Acerca da ligação peptídicas, a mesma é uma ligação covalente entre o grupo amino de um grupo amino e carboxilo de um outro aminoácido. Peptídeos e proteínas são formados pela ligação de aminoácidos por ligações peptídicas. A ligação peptídica envolve a perda de uma molécula de água e a formação de uma ligação covalente de CO-NH. É, na realidade, uma ligação amida substituída.

Por fim, quanto aos níveis estruturais das proteínas, tem-se que:

  • A estrutura primária de um polipeptídio é sua sequência de aminoácidos, especificada pela sequência nucleotídica de um gene;
  • A estrutura secundária de um polipeptídio é determinada pelas inter-relações espaciais dos aminoácidos em segmentos do polipeptídio;
  • A estrutura terciária de um polipeptídio é seu dobramento global no espaço tridimensional;
  • A estrutura quaternária diz respeito à associação de dois ou mais polipeptídios em uma proteína multimérica.

Nesse contexto, a alfa-hélice ocorre na estrutura secundária dos níveis de organização das proteínas e tem o aspecto parecido com uma escada em espiral. A figura abaixo exibe uma imagem da configuração alfa-hélice.


Configuração alfa-hélice de proteínas com estrutura secundária. Fonte: Wikipédia. Acesso 13 set. 2019

Já a folha-beta é uma padrão encontrado em diversas proteínas que se caracteriza pela associação de regiões vizinhas da cadeia peptídica associada à cadeia por meio de ligações de hidrogênio e acarretando em uma estrutura achatada e rígida.** A figura abaixo exibe uma configuração em folha-beta.


Configuração em folha-beta de uma proteína. Fonte: Wikipédia. Acesso 13 set. 2019

Os aminoácidos consistem em substâncias orgânicas que caracterizam-se pela existência e uma carboxila e um amino em sua composição. Eles são classificados em essenciais e não essenciais, sendo que os essenciais são aqueles que, de alguma forma conseguem ser sintetizados pelo nosso organismo, cerca de 10 são sintetizados. Os outros 10 tipos de aminoácidos - aminoácidos não essenciais - que são traduzidos pelo nosso DNA não são sintetizados pelo nosso corpo e são adquiridos por meio da nossa dieta.

Nesse contexto, as proteínas tratam-se de macromoléculas formadas através da união de cadeias lineares de aminoácidos por meio de ligações peptídicas. Elas são de vital importância no organismo, uma vez que fornecem tudo que é preciso para a manutenção dos órgãos e tecidos. Mais especificamente, as proteínas são formadas por um conjunto de 20 aminoácidos que se combinam. Assim, uma proteína diferencia-se de outra em razão das sequências e do arranjo de tais aminoácidos.

Acerca da ligação peptídicas, a mesma é uma ligação covalente entre o grupo amino de um grupo amino e carboxilo de um outro aminoácido. Peptídeos e proteínas são formados pela ligação de aminoácidos por ligações peptídicas. A ligação peptídica envolve a perda de uma molécula de água e a formação de uma ligação covalente de CO-NH. É, na realidade, uma ligação amida substituída.

Por fim, quanto aos níveis estruturais das proteínas, tem-se que:

  • A estrutura primária de um polipeptídio é sua sequência de aminoácidos, especificada pela sequência nucleotídica de um gene;
  • A estrutura secundária de um polipeptídio é determinada pelas inter-relações espaciais dos aminoácidos em segmentos do polipeptídio;
  • A estrutura terciária de um polipeptídio é seu dobramento global no espaço tridimensional;
  • A estrutura quaternária diz respeito à associação de dois ou mais polipeptídios em uma proteína multimérica.

Nesse contexto, a alfa-hélice ocorre na estrutura secundária dos níveis de organização das proteínas e tem o aspecto parecido com uma escada em espiral. A figura abaixo exibe uma imagem da configuração alfa-hélice.


Configuração alfa-hélice de proteínas com estrutura secundária. Fonte: Wikipédia. Acesso 13 set. 2019

Já a folha-beta é uma padrão encontrado em diversas proteínas que se caracteriza pela associação de regiões vizinhas da cadeia peptídica associada à cadeia por meio de ligações de hidrogênio e acarretando em uma estrutura achatada e rígida.** A figura abaixo exibe uma configuração em folha-beta.


Configuração em folha-beta de uma proteína. Fonte: Wikipédia. Acesso 13 set. 2019

User badge image

Jefferson Estudos

Há mais de um mês

Alfa hélice o nome já diz, é uma sequência linear em forma de espiral(hélice). Já a beta é em formato de folha, com sequência linear também. Cadeia você quis dizer estrutura né. Estrutura terciária é em formato tridimensional (3D) e a quaternária contém duas ou mais terciárias.
User badge image

Caline Silva

Há mais de um mês

Claras de ovo contêm grande quantidade de proteínas chamadas albuminas, e as albuminas normalmente têm um formato 3D específico, graças às ligações formadas entre os diferentes aminoácidos na proteína. O aquecimento provoca a quebra destas ligações e expõe aminoácidos hidrofóbicos (que repelem a água) que normalmente ficam dentro das proteínas^{1,2}1,2start superscript, 1, comma, 2, end superscript. Os aminoácidos hidrofóbicos, tentando escapar da água em torno deles na clara do ovo, vão grudar, formando uma rede de proteína que dá à clara do ovo estrutura enquanto faz com que ela fique branca e opaca. Outro ovo cozido delicioso graças à desnaturação de proteínas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas