A maior rede de estudos do Brasil

como a creatina atua em sujeitos com diabetes ?


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A diabetes é uma das doenças mais comuns na população brasileira podendo ocorrer, de forma geral, de duas formas distintas conhecidas por tipo 1 e tipo 2.

Com relação ao tipo 2, o organismo apresenta resistência à atuação da insulina. Ou seja, a insulina está presente, mas não consegue desempenhar suas funções de controle glicêmico. Uma forma de amenizar esse problema é manter uma suplementação de creatina. Esse composto é visto com bons olhos devido auxiliar no controle do nível glicêmico quando o paciente tem a prática de realizar exercícios físicos.

Portanto, a creatina atua no controle do nível glicêmico de pacientes com diabetes do tipo 2.

A diabetes é uma das doenças mais comuns na população brasileira podendo ocorrer, de forma geral, de duas formas distintas conhecidas por tipo 1 e tipo 2.

Com relação ao tipo 2, o organismo apresenta resistência à atuação da insulina. Ou seja, a insulina está presente, mas não consegue desempenhar suas funções de controle glicêmico. Uma forma de amenizar esse problema é manter uma suplementação de creatina. Esse composto é visto com bons olhos devido auxiliar no controle do nível glicêmico quando o paciente tem a prática de realizar exercícios físicos.

Portanto, a creatina atua no controle do nível glicêmico de pacientes com diabetes do tipo 2.

User badge image

Jéssica Cândido

Há mais de um mês

No portador de diabetes, o GLUT 4 não faz esse percurso e nem segue naturalmente. Com o uso da creatina, que atua diretamente no GLUT 4, esse procedimento é reativado com força total. A creatina é encontrada no consumo de carnes e também sintetizada no fígado e rim.

User badge image

Fernando Wellington

Há mais de um mês

No diabético, uma dieta com creatina permitiu que o usuário tivesse melhor sensibilidade a insulina para controle da glicemia, segundo pesquisas médicas.
User badge image

Weide Rocha

Há mais de um mês

creatina ajuda a controlar a taxa de açúcar no sangue, elevada em diabéticos. As melhoras ocorrem porque a creatina atua no deslocamento (chamado de translocação), da proteína GLUT-4. “Ela fica dentro das células. Sua função é se deslocar do interior até a superfície, “pegar” o açúcar que está fora, no sangue, e o transferir para dentro da célula”, Em diabéticos tipo 2, essa função não é realizada em níveis adequados. “A creatina atuou nesse aspecto, elevando a translocação de GLUT-4 a níveis similares aos observados em pessoas sem a doença”,

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas