A maior rede de estudos do Brasil

Durante a quebra de um triacilglicerol, momentos antes da beta oxidação, podemos concluir que


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Posteriormente, um transportador, carnitina , deve ser usado para translocar moléculas de acil-CoA na matriz mitocondrial , uma vez que a membrana mitocondrial interna é impermeável ao acil-CoA. A carnitina é responsável por trazer grupos acil para a matriz mitoncondrial através do seguinte mecanismo. A carnitina é fortemente inibida pelo malonil-CoA , uma das etapas regulatórias do processo de lipogênese. A enzima carnitina palmitoiltransferase I (CPTI) da membrana mitocondrial externa remove a coenzima A da molécula acil-CoA e, ao mesmo tempo, liga-a à carnitina localizada no espaço intermembranar, originando a acilcarnitina; o CoA é livre no citosol para ativar outro ácido graxo.

Em seguida, uma proteína transportadora, chamada translocasa, localizada na membrana mitocondrial interna, transfere a acilcarnitina para a matriz mitoncondrial e, paralelamente, a carnitina palmitoiltransferase II (CPTII) liga uma molécula de CoA da matriz ao ácido graxo, regenerando assim a acil-CoA. A carnitina é devolvida ao espaço intermembranar pela proteína transportadora e reage com outro acil-CoA, repetindo o ciclo. Carnitina, também reconhecida como a vitamina B11, é um derivado de aminoácido que participa no circuito vascular redução dos níveis de triglicéridos e colesterol no sangue. É produzido naturalmente no fígado a partir dos aminoácidos L- metionina e L- lisina.

Posteriormente, um transportador, carnitina , deve ser usado para translocar moléculas de acil-CoA na matriz mitocondrial , uma vez que a membrana mitocondrial interna é impermeável ao acil-CoA. A carnitina é responsável por trazer grupos acil para a matriz mitoncondrial através do seguinte mecanismo. A carnitina é fortemente inibida pelo malonil-CoA , uma das etapas regulatórias do processo de lipogênese. A enzima carnitina palmitoiltransferase I (CPTI) da membrana mitocondrial externa remove a coenzima A da molécula acil-CoA e, ao mesmo tempo, liga-a à carnitina localizada no espaço intermembranar, originando a acilcarnitina; o CoA é livre no citosol para ativar outro ácido graxo.

Em seguida, uma proteína transportadora, chamada translocasa, localizada na membrana mitocondrial interna, transfere a acilcarnitina para a matriz mitoncondrial e, paralelamente, a carnitina palmitoiltransferase II (CPTII) liga uma molécula de CoA da matriz ao ácido graxo, regenerando assim a acil-CoA. A carnitina é devolvida ao espaço intermembranar pela proteína transportadora e reage com outro acil-CoA, repetindo o ciclo. Carnitina, também reconhecida como a vitamina B11, é um derivado de aminoácido que participa no circuito vascular redução dos níveis de triglicéridos e colesterol no sangue. É produzido naturalmente no fígado a partir dos aminoácidos L- metionina e L- lisina.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas