A maior rede de estudos do Brasil

Metodologia e pratica do ensino da lingua portuguesa na alfabetizaçao

No início da década de 1990, por exemplo, não havia ainda os chamados “livros de alfabetização”, tal como hoje. Existiam, predominantemente, cartilhas que concretizavam exclusivamente as etapas e processos de um método, fosse ele alfabético, fônico, ou, mais frequentemente, global ou silábico. Quando apresentavam textos, estes se restringiam, na maior parte das vezes, a um conjunto de frases sem muito sentido (ou com sentidos surpreendentes) e com pouca articulação entre si, destinado à exploração das relações entre letras e sons (como em “o bebê baba” ou “a girafa está na geladeira”). 


 

BATISTA, A. A. G. Alfabetização, leitura e ensino de Português: desafios e perspectivas curriculares. Revista Contemporânea de Educação., v.6, n.12, 2011, p. 246-272.

 

O texto base informa que, no início da década de 1990, as cartilhas enfatizam:

somente a alfabetização, sem trabalhar com o letramento.a alfabetização e o letramento.somente o letramento, sem trabalhar com a alfabetização.a alfabetização e o letramento, com foco maior na alfabetização.a alfabetização e o letramento, com foco maior no letramento.


Ainda não temos resposta. Você sabe responder?