A maior rede de estudos do Brasil

O cultivo e o horário da coleta da planta são os principais interferentes na qualidade

Farmacodinâmica II

Anhanguera


4 resposta(s)

User badge image

Wink Larso

Há mais de um mês

O cultivo e o horário da coleta da planta são os principais interferentes na qualidade

do fitoterápic

O cultivo e o horário da coleta da planta são os principais interferentes na qualidade

do fitoterápic

User badge image

Wink Larso

Há mais de um mês

RESOLUÇÃO Nº 459 DE 28 DE FEVEREIRO DE 2007 Dispõe sobre as atribuições do

farmacêutico no âmbito das plantas medicinais e fitoterápicos e dá outras providências.

RESOLVE: Art. 1º - Dispor sobre as atribuições do farmacêutico no âmbito das plantas

medicinais e fitoterápicos, nos termos do Anexo desta Resolução. Parágrafo único. Esta

Resolução abrange a atuação do farmacêutico na fitoterapia, nas plantas medicinais e seus

derivados: drogas vegetais, derivados de droga vegetal, na manipulação farmacotécnica e na

produção industrial de fitoterápicos. Art. 2º - O farmacêutico deverá participar da constituição

de todas as Câmaras Técnicas que envolvam assuntos pertinentes às atividades de produção

e utilização terapêutica das plantas medicinais, seus derivados e fitoterápicos. Parágrafo único.

Os Conselhos Regionais de Farmácia deverão instituir suas respectivas Câmaras Técnicas de

Plantas Medicinais e Fitoterápicos, propiciando a participação de profissionais de áreas afins.

O uso de fitoterápicos deve ser bem orientado pelo Farmacêutico, uma vez que a utilização

incorreta destes medicamentos pode acarretar problemas de saúde ao paciente.

Assinale a opção que indica a orientação farmacêutica completa correta, quanto ao uso de

fitoterápicos, a um paciente.

User badge image

Rayana Wink

Há mais de um mês

RESOLUÇÃO Nº 459 DE 28 DE FEVEREIRO DE 2007 Dispõe sobre as atribuições do

farmacêutico no âmbito das plantas medicinais e fitoterápicos e dá outras providências.

RESOLVE: Art. 1º - Dispor sobre as atribuições do farmacêutico no âmbito das plantas

medicinais e fitoterápicos, nos termos do Anexo desta Resolução. Parágrafo único. Esta

Resolução abrange a atuação do farmacêutico na fitoterapia, nas plantas medicinais e seus

derivados: drogas vegetais, derivados de droga vegetal, na manipulação farmacotécnica e na

produção industrial de fitoterápicos. Art. 2º - O farmacêutico deverá participar da constituição

de todas as Câmaras Técnicas que envolvam assuntos pertinentes às atividades de produção

e utilização terapêutica das plantas medicinais, seus derivados e fitoterápicos. Parágrafo único.

Os Conselhos Regionais de Farmácia deverão instituir suas respectivas Câmaras Técnicas de

Plantas Medicinais e Fitoterápicos, propiciando a participação de profissionais de áreas afins.

O uso de fitoterápicos deve ser bem orientado pelo Farmacêutico, uma vez que a utilização

incorreta destes medicamentos pode acarretar problemas de saúde ao paciente.

Assinale a opção que indica a orientação farmacêutica completa correta, quanto ao uso de

fitoterápicos, a um paciente.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes