A maior rede de estudos do Brasil

Gestão e Docência no Ensino Médio e Profissionalizante

De acordo com o portal do MEC, a nova redação dos artigos 37, 39, 41 e 42 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) propõe que a educação profissional integre-se aos diferentes níveis e modalidades de educação e às dimensões do trabalho, da ciência e da tecnologia. Os cursos poderão ser organizados por eixos tecnológicos; assim, possibilitam a construção de diversos itinerários formativos – um aperfeiçoamento do aluno na área escolhida. A lei também dispõe sobre os tipos de curso que a educação profissional e tecnológica abrangerá: de formação inicial e continuada ou qualificação profissional, técnica de nível médio e tecnológica de graduação e pós-graduação. As instituições de educação profissional também deverão oferecer, além de seus cursos regulares, cursos especiais, abertos à comunidade. Nesse caso, a matrícula não deve ser condicionada, necessariamente, ao nível de escolaridade, mas à capacidade de aproveitamento do aluno. A partir de sua aprovação, os objetivos dessa modalidade de educação passam a determinar que ela tem várias funções. Para tanto, a educação profissional, com o Decreto n. 2.208, de 1997, passou a ser dividida em três níveis. Analise e identifique corretamente esses níveis:

( 1 ) básico

( 2 ) Técnico

( 3 ) Tecnológico

( ) que dá formação superior, tanto graduação quanto pós-graduação;

( ) destinado a trabalhadores jovens e adultos, independente de escolaridade;

( ) para alunos jovens e adultos que estejam cursando ou tenham concluído o Ensino Médio de forma concomitante ou subsequente.

A - 1, 2, 3.cancelRespondida

B - 1, 3, 2.

C - 2, 3, 1.

D - 3, 1, 2.

E - 3, 2, 1.



Ainda não temos resposta. Você sabe responder?