Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
TCC- PAIF

Pré-visualização | Página 1 de 6

28
UNIVERSIDADE PITÁGORAS
Sistema de Ensino Presencial Conectado
BACHARELADO EM Serviço social
KARULINI BERGMANN DA ROSA manske
PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL À FAMILIA : TRABALHO SOCIAL COM AS FAMILIAS PARTICIPANTES DO PROGRAMA AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS
Camaquã
2019
KARULINI BERGMANN DA ROSA manske
PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL À FAMILIA : TRABALHO SOCIAL COM AS FAMILIAS PARTICIPANTES DO PROGRAMA AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS
Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Pitágoras - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel em Serviço Social. 
Tutor Orientador: Milene Alves Secon
Camaquã
2019
“A felicidade só é verdadeira quando é compartilhada”
Jon Krakauer
agradecimentos
A minha família pais Vladimir e Marilda e irmãos Vladimir Júnior e Guilherme, só cabe agradecer pelo simples fato de estarem perto e participarem da forma que foi possível durante este processo. As pessoas são importantes em nossas vidas pelo simples fato de, muitas vezes, estarem somente ao lado, presentes, agradeço por me fazerem sempre ver as coisas pelos melhores ângulos, por me mostrarem que sempre há luz no final do túnel e que toda dificuldade vem acompanhada de grandes ensinamentos, desta forma me ajudaram muito. 
Ao meu amável marido Lennon e minha sogra Clenir, Agradeço por participar tão intensamente deste momento, que me ajudou a construir este trabalho e passar por este processo que, em muitos momentos, pareceu tão difícil, vocês me trazem apoio para que eu não desanime ,pela atenção e carinho com que ouvia meus anseios, estando sempre muito presente. . 
Agradeço a minha amável orientadora Catiane Rodrigues, que exerceu maravilhosamente o seu papel de me orientar, de me ouvir e de me guiar quando eu já não sabia mais que caminho seguir, sou muito grata por nossos caminhos terem se cruzado.
Gestora Clair Rodrigues que participou de forma direta deste processo, sempre com palavras de incentivo e carinho, acreditando no meu potencial. Ao meu local de estágio Centro de Referencia e Assistência Social-CRAS Getúlio Vargas, que me possibilitou conhecer o espaço e o trabalho desenvolvido.
A Assistente Social Elibia Goulart, que se dispôs a me orientar no campo de estágio, pela sua disponibilidade, e incentivo que foram fundamentais para realizar e prosseguir este estudo. Saliento o apoio incondicional prestado, a forma interessada, extraordinária e pertinente como acompanhou a realização deste trabalho. As suas críticas construtivas, as discussões e reflexões foram fundamentais ao longo de todo o percurso. Não posso esquecer a sua grande contribuição para o meu crescimento como investigadora Eternamente grata por todo o apoio. 
Agradecer a todas as pessoas que contribuíram para a minha formação profissional e pessoal, pois todo esse processo de construção de conhecimento nos modifica e nos transforma em pessoas melhores. Todas as pessoas que encontramos no nosso caminhar, contribuem de alguma forma na pessoa que nos tornamos, agradeço a todos que por algum momento tivemos alguma troca. 
MANSKE, karulini Bergmann da Rosa. Proteção e Atendimento a Familia - Trabalho Social com as Famílias Participantes do Programa Aquisição de Alimentos. Sistema de Ensino Presencial Conectado. Universidade Pitágoras – UNOPAR, 2019. 
RESUMO
A Assistência Social, inicialmente, era realizada por pessoas da classe dominante, e vista como caridade ao s necessitados. Desde a Constituição de 1988, a realidade vem se transformando e as políticas sendo elaboradas para conscientizar o cidadão que ter uma assistência social é um direito. Além disso, hoje existe uma Política Nacional de Assistência Social, uma Lei Orgânica de Assistência Social, um Sistema Único de Assistência Social e diversos programas, dentre eles, o de Proteção e Atendimento Integral a Família. Em meio a uma realidade em que o serviço social se faz presente, torna-se indispensável: informações básicas sobre a atual situação da Política Nacional de Assistência Social. O desenvolvimento desta Política iniciou-se em 1988, mas, esta em desenvolvimento e carece de muito estudo para ir ao encontro da realidade brasileira. 
Palavras-chaves: Política. Assistência Social. Lei Orgânica. PAIF. 
MANSKE, Karulini Bergmann da Rosa. Protección y cuidado familiar: trabajo social con familias que participan en el programa de adquisición de alimentos. Sistema de educación atendida en línea. Universidad de Pitágoras - UNOPAR, 2019.
RESUMEN
El Bienestar Social, inicialmente, fue realizado por personas de la clase dominante, y visto como caridad para los necesitados. Desde la Constitución de 1988, la realidad ha cambiado y las políticas están siendo diseñadas para que los ciudadanos sean conscientes de que contar con asistencia social es un derecho. Además, hoy existe una Política Nacional de Bienestar Social, una Ley Orgánica de Bienestar Social, un Sistema Unificado de Bienestar Social y varios programas, incluyendo la Protección de la Familia y la Atención Integral. En medio de una realidad en la que el trabajo social está presente, se hace indispensable: información básica sobre la situación actual de la Política Nacional de Asistencia Social. El desarrollo de esta Política comenzó en 1988, pero está en desarrollo y necesita mucho estudio para cumplir con la realidad brasileña.
Palavras-chaves: Política. Asistencia social. Ley Orgánica PAIF
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS
	
BPC – Benefício de Prestação Continuada 
CNAS – Conselho Nacional de Assistência Social 
CRAS – Centro de Referência de Assistência Social 
CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social 
CEP – Comitê de Ética e Pesquisa 
CF/1988 - Constituição Federal de 1988
ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente
IDHM – Índice de Desenvolvimento Humano Municipal
LOAS – Lei Orgânica da Assistência Social 
MDS – Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome 
PAA- Programa Aquisição de Alimentos 
PNAS – Política Nacional de Assistência Social 
PAIF – Programa de Atenção Integral à Família 
PBF – Programa Bolsa Família 
PSB – Proteção Social Básica 
PSE – Proteção Social Especial 
SEMPLA – Secretária de Planejamento Orçamento e Gestão 
SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos 
SUAS – Sistema Único de Assistência Social 
TCC – Trabalho de Conclusão de Curso
SUMÁRIO
1.	INTRODUÇÃO	 9
2.	POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL	11
2.1	Política Nacional de Assistência Social – PNAS....................................18
2.2	lei orgânica de assitência social – LOAS................................................18
2.3	Sistema Único de Assistência Social – SUAS........................................21
2.4	PAIF............................................................................................................23
3.	CONSIDERAÇÕES FINAIS	28
REFERÊNCIAS	29
1. INTRODUÇÃO 
No decorrer da história brasileira, registra-se pessoas que viviam em situação de pobreza ou miséria, estas recebiam ajuda de pessoas ligadas ao governo. Geralmente as primeiras damas eram quem desenvolviam projetos sociais assistencialistas.
E assim, no decorrer de muitos anos, os cidadão brasileiros recebiam ajuda assistencial, caridade para enfrentarem seus problemas sociais. Para sobreviverem se submetiam a projetos desenvolvidos que visavam o cunho assistencial. Por decorrência, criou-se a ideia de que o cidadão recebia ajuda por ter a necessidade e existir um grupo caridoso que ajudava.
Mas, foi a Constituição de 1988 que mudou todo este panorama, após a mesma, receber ajuda para enfrentar sua realidade e seus problemas é um direito de todo cidadão brasileiro. E, em um país onde os problemas são muitos e a sociedade enfrenta sérios problemas para sobreviverem com dignidade, abordar as políticas de assistência social e a realidade de determinada clientela é uma tarefa que exige seriedade
Página123456