Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
guerra fria

Pré-visualização | Página 1 de 2

Conceito 
A Guerra Fria é entendida como uma disputa ideológica entre o 
comunismo e o capitalismo, representados, respectivamente pela 
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) e pelos Estados 
Unidos. Esta conflagração teve início após a Segunda Guerra 
Mundial (1939-1945) e ficou assim conhecida porque ambos os 
países nunca se enfrentaram diretamente num conflito em seus 
territórios. 
 
 
Durante as mais de quatro décadas de duração, Estados Unidos e 
URSS buscavam aumentar sua área de influência, tanto por meios 
materiais quanto por suas distintas ideologias. Procurando se afirmar 
como maior potência global, ambos iniciaram uma corrida 
armamentista: eles tentavam sempre superar o poder bélico de 
seu oponente e avançar em criações tecnológicas voltadas à 
guerra. 
Outro meio em que a disputa ocorreu de modo muito claro foi no 
espaço: a conhecida corrida espacial. Os soviéticos contaram com 
algumas vitórias iniciais: lançaram o primeiro satélite artificial (1957), o 
primeiro foguete tripulado com um ser vivo (1960) e mesmo o 
primeiro voo espacial tripulado por um humano (1961). Entretanto, a 
chegada do homem à lua, realizada pelos Estados Unidos em 1969, 
foi o ápice dessa corrida. 
Apesar do nome “Guerra Fria” e das superpotências não terem 
entrado em conflito direto em nenhum momento, houve conflitos 
na periferia do sistema que contaram com a influência dos EUA e 
da URSS. A Guerra da Coreia, do Vietnã e do Afeganistão são 
alguns dos exemplos mais conhecidos, onde ocorreu o 
enfrentamento indireto entre as duas superpotências em disputa. 
 
 
 
Economia de Recuperação 
Além do pagamento de restituições da dívida de guerra pelos 
alemães, os países europeus contaram com uma grande ajuda 
estadunidense, com o destaque dos soviéticos no cenário mundial 
os Estados Unidos tinham que demonstrar a sua força, tanto 
militarmente quanto nos campos econômicos, culturais etc. A força 
militar foi demonstrada com as bombas atômicas lançadas no Japão, 
e sua força econômica seria demonstrada no Plano Marshall. (ajuda 
aos países europeus após guerra, ate mesmo os socialistas) 
Coreia, Vietnã e Crise dos Mísseis 
Com a Coreia desocupada os aliados decidiram seu futuro sem a 
consulta popular, em 1945 a Coreia estava sob outro governo, foi 
nomeada uma comissão americano-soviética que governou o país, 
ficou decidido que em 1950 a Coreia seria Independente, em 1948 
depois de muita convulsão social e política nos anos anteriores por 
causa dos anos de dominação estrangeira aconteciam duas eleições 
simultâneas na península, uma no norte e outra no sul fundando 
assim dois países separados. 
Os Estados Unidos a fim de afirmar sua presença na Ásia apoiaram 
os sul-coreanos para manter sua influência e o governo do sul 
capitalista. Já pelo outro lado o apoio a empreitada comunista feito 
diretamente pelos chineses e em segundo plano da URSS, a guerra 
durou até 1953 e terminou com as ameaças dos EUA de 
bombardear com armas nucleares a China e a Coreia do Norte se 
as hostilidades não parassem, assim os nortistas e sulistas assinaram 
o armistício que estabelecia uma zona desmilitarizada. 
Outro conflito que foi influenciado e levado a cabo pelos Estados 
Unidos foi a guerra do Vietnã, que depois da vitória Ho Chi Min 
instaurou um regime comunista no norte enquanto no sul a derrota 
se deu pela mão dos ingleses. 
Assim em 1954 havia duas repúblicas, no Vietnã do Norte o regime 
era socialista e o Vietnã do Sul era uma ditadura militar capitalista 
apoiado pelos EUA. A guerra começa oficialmente em 1959 quando 
os guerrilheiros socialistas do Sul os Viet Congs atacaram uma base 
dos Estados Unidos no Vietnã do Sul dando início ao conflito, que 
nessa época não tinha o apoio direto dos EUA, porém, em 1964 
estes passam a mandar soldados e equipamentos para lutarem ao 
lado dos sulistas que fraquejava diante dos socialistas. 
A oposição interna somada ao terreno de florestas tropicais 
desconhecido pelos estadunidenses e as apuradas técnicas de 
guerrilha dos Viet Congs e do exército do norte culminaram com a 
derrota dos capitalistas em 1973 com a assinatura do Acordo de 
Paris e a retirada definitiva em 1975. 
Em outubro de 1962 uma crise entre as duas maiores potências 
quase levou o mundo a sua aniquilação, os russos estavam 
instalando em Cuba uma série de mísseis nuclearas, assim que os 
Estados Unidos souberam o presidente John Kennedy anunciaria o 
ocorrido na televisão estadunidense, começava um bloqueio naval e 
o presidente ameaçara invadir a ilha caso os soviéticos não 
retirassem os mísseis. 
Uma negociação foi instalada entre as duas potências que terminaria 
com os Soviéticos e Estadunidenses cedendo um pouco, os 
soviéticos desinstalariam os misseis com a promessa de Kennedy 
não invadir Cuba e os EUA tiraria os mísseis da Turquia que 
estavam muito perto da URSS, depois desse episódio foi inaugurada 
um canal direto entre os líderes do EUA e da URSS além dos dois 
países reduzirem seus armamentos nucleares. 
 Détente e Recrudescimento 
os presidentes estadunidenses Richard Nixon e Gerald Ford Jr em 
conjunto com Leonid Brejnev que também estava com dificuldades 
econômicas com a crise do petróleo e enfrentava movimentos 
nacionalistas e reformistas como a Primavera de Praga de 1968, 
tomaram uma série de medidas de aproximação diplomáticas 
econômicas e militares 
. Os acordos começam com o Tratado de Moscou sobre a 
regulação das pesquisas nucleares e a neutralidade da Antártida, 
depois desses seguem-se mais três acordos sobre armas nucleares 
o TPN (1968), SALT I (1972) e SALT (1979). 
Doutrina truman: contenção do comunismo e do socialismo 
cortina de ferro: divisão da Europa em duas partes (EUA X URSS) 
 Mudanças Culturais 
As lutas dos movimentos feministas, negros e LGBTs se 
intensificavam nessa época, no campo da luta pelo direito das 
mulheres, isso foi fruto de uma grande participação feminina no 
esforço de guerra nos campos de batalha e nas fábricas, assim 
pretendia-se acabar com a descriminação de gênero no âmbito 
social, como por exemplo a separação de papéis masculinos e 
femininos além de uma igualdade e consolidação da mulher nos 
ambientes de trabalho, um dos grandes nomes que influenciaram 
essa geração foi o da filósofa francesa Simone Beauvoir. 
Outro movimento famoso de resistência eram os Panteras Negras, 
fundado em 1967 inicialmente era um grupo de autodefesa dos 
bairros de maioria negra contra os abusos policiais, mais tarde o 
grupo ganhou contornos de um marxismo revolucionário, sendo 
que algumas alas mais radicais eram a favor da revolução armada. 
Muitos membros foram executados ou presos, uns de seus 
adeptos mais famosos foi a ativista Angela Davis. 
A queda do Muro de Berlim e o fim da União Soviética terminaram 
com uma era de disputas mundiais entre a URSS e os Estados 
Unidos, durante o período houve uma enorme tensão não 
somente nas nações
Página12